[RESENHA] Procura-se Um Marido

2/28/2013 Carol Oliveira 0 COMENTÁRIOS

Oi gente, sabe quando você ta no skoob sem fazer nada e acaba encontrando um livro super interessante? Então esse foi o meu caso com Procura-se um Marido, estava eu zapeando pelo skoob quando me deparo com a capa do livro, achei bonita né e logo fui ler a sinopse, depois de ler ele logo foi parar na minha lista de desejados. 

Até aí tudo bem e normal, mas ai quando tava chegando do trabalho tinha uma feirinha de livros perto do trabalho da minha mãe e com qual livro me deparo lá? Sim, ele mesmo. Logo minha conclusão foi que era um sinal e que tinha que comprar e lê-lo.  Enfim, depois da minha historinha é melhor eu começar a contar a história do livro né? 


Alicia é apresentada no inicio do livro, uma menina protegida e mimada desde muito nova pelo avô, que pensando em todas as perdas que a neta teve ainda criança sempre quis tudo do bom e do melhor para a ela. Sendo assim, sempre que Alicia se metia em alguma confusão bastava dar uma ligação que o vô Narciso e seus advogados a tiravam dela. Vô Narciso é um homem muito rico que sempre soube administrar seus negócios e até mesmo a neta, que apesar de ser desnaturada como é sempre se importa com ele, independente de qualquer coisa. Quando Alicia se vê sem vô Narciso descobre que ele veio escondendo dela sua doença e a protegendo como sempre, mas depois da leitura de seu testamento, onde ele deixa tudo para ela e ao mesmo tempo não deixa ela começa a achar que ele estava armando uma contra ela. 

No testamento vô Narciso deixa toda sua fortuna para a neta, porem com a condição de que ela só poderia assumir os bens após estar 1 ano casa e estabelecida, onde lê-se, não se pode trapacear se não poderá ser deserdada. Enquanto isso ela tem um emprego vitalicio em uma das empresas do avô e o advogado Clóvis, fica sendo o tutor de toda a herança.

Alicia fica muito irritada com o que acontece mas não recorre da vontade de seu avô, primeiro porque não queria sujar o nome do avô que tanto ama e também porque uma das clausulas do testamento era de que se ela recorresse seria deserdada.

Sendo assim para pagar suas contas, Alicia é obrigada a começar a trabalhar. E ao mesmo tempo ter que lidar com Clóvis e sua mulher se mudando para a casa que era de sua família. Quando ela descobre que além de ter que aturar ser tratada pessimamente na empresa, ela também começa a ter que aturar Telma, a mulher de Clóvis, fazendo a redecoração da casa de seu avô. Não aguentando mais, Alicia se muda para a casa de sua melhor amiga, Ana. 

Ficando na casa de Ana, ela e Alicia começam a pensar em uma forma de tira-la desse mal entendido e conseguir reaver sua herança de volta, e é assim que Alicia tem a sua brilhante não tão assim ideia.




"Procura-se um marido por curta temporada. Homem entre 21 e 35 anos, que tenha imóvel próprio e emprego estável, disponível para matrimônio. Boa aparência não é exigida. Apresentação de antecedentes criminais obrigatória. Casamento de aparência. Sexo está excluído do acordo. Paga-se bem no término do contrato. Tratar com Lili pelo telefone..."
 
 Sendo assim Alicia começa a entrevistar os candidatos, todos muito estranhos. Quando já estava desistindo ela recebe um ultimo telefonema, e então é onde tudo meio que começa.

Max. Ela conhece ele em seu primeiro dia de trabalho na empresa, quando entre uma ida e vinda da xerox tromba com o tal e acaba misturando todos os documentos dele e dela. Ao primeiro contato, Max se apresenta arrogante como todos os outros funcionários e Alicia acaba formando uma opinião muito forte e negativa sobre o mesmo.

Bom, para eu não dar muito spoiler o que posso dizer é que Alicia não podia estar mais errada. 


"Alicia Lima diz: Como foi que você me pediu em casamento?
Max_Comex diz: Não faço ideia.
Espera, deixa eu pensar.
Diz que foi na noite em que te levei ao teatro.
Alicia Lima diz: O que fomos assistir?
Max_Comex diz: Tanto faz. 
Depois do espetáculo te levei até o mirante para admirarmos a cidade toda iluminada.
Levei vinho.
Você gosta de vinho?
Alicia Lima diz: Adoro
....
Max_Comex diz: Sei que a gente mal se conhece, mas tenho certeza que algo extraordinário vai acontecer se ficarmos juntos. Prometo que vou te amar, te respeitar, te proteger e te apoiar em todos os momentos da nossa vida. Case comigo e me faça um homem completo.
E você respondeu...
Alicia Lima diz: Eu caso!!!
Max_Comex diz: Eu te tomei em meus braços
....
Olhei novamente para ele, que dessa vez me encarava de volta. Havia um brilho novo em seus olhos, dançando alegre nas íris iridescentes. Minha respiração acelerou..."

O livro tem um ótimo desenvolvimento e te deixa mais curioso a cada página virada. Os diálogos da Alicia são divertidos de mais, sempre com um tom sarcástico ou com alguma citação. 

Não tem como não dar umas boas risadas ao longo do livro, mas também ele não é totalmente comédia, tem um toque de drama que é o que realmente te prende, pois tudo o que você quer saber é se Alicia e Max vão ficar juntos. 

Os personagens são maravilhosos, e a Carina Rissi ta de parabéns! Procura-se um Marido é um dos melhores livros que já li. A capa do livro é linda. A diagramação esta impecável. Tudo o que posso dizer é que o livro é maravilindo LEIAM!  

Gente, sério, o livro é muito muito bom e pela minha resenha um pouco grande podem imaginar que ele vai ganhar 5 estrelas e também entrou nos meus favoritos!!!


Classificação final:





Título: Procura-se um Marido
Autora: Carina Rissi
Páginas: 474
Editora: Verus