Sinopse

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra. Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...

Faz um tempinho que postei a resenha de Amante Eterno e pratricamente só elogiei, a de Amante Sombrio também não foi diferente. Amante Desperto também não vai fugir dessa linha já que, junto com o primeiro livro da série, está entre meus favoritos. Antes que comece a ler devo avisar que esta resenha contem alguns spoilers do livro anterior.

Zsadist é o Irmão mais complicado, insano e descontrolado de todos. Depois de ser roubado de seu berço quando ainda era um bebê e passar anos e mais anos sendo escravo de sangue a personalidade do vampiro se tornou totalmente imprevisível. Mas o problema não para por aí, para piorar as coisas sua senhora costumava abusar dele, o que tornou o sexo uma coisa completamente traumática para o guerreiro... Até ele conhecer a Bella.

Z. se encontra com Bella pela primeira vez no livro anterior e não é lá muito gentil com ela, mas é inegável que ela mexe com ele, isso por se só já é um fato extraordinário já que nenhuma outra vampira ou humana conseguiu chegar nem perto de despertar ao menos a curiosidade dele, mas é só quando a linda mulher é sequestrada (ainda no livro anterior) que o Irmão começa a notar o quão envolvido ele realmente está.

O Sr. O. é o novo líder da Sociedade Redutora e ele tem uma terrível obsessão pele mulher por achar que ela se parece com sua antiga esposa, morta já algum tempo e o principal motivo de ele aceitar entrar para a Sociedade, já que sua esposa havia morrido ele não via um objetivo em sua vida, até ser "recrutado" para entrar na Sociedade Redutora.

Os dias se passam e Z. se torna ainda mais inconstante com a falta de notícias de Bella, sua fúria ganha novas proporções e ninguém consegue fazer com que ele recupere o sutil controle que vinha tendo. Então depois de algumas reviravoltas eles conseguem encontrar a linda vampira e resgatá-la, mas ela está frágil e por isso é levada para o complexo da Irmandade. Zsadist tenta se manter afastado, mas essa não é uma opção para ele já que Bella está totalmente apaixonada pelo terrível vampiro. 

Como se isso não fosse o bastante o irmão mais velho, Rehvenge, quer que um antigo benefício lhe seja concedido, se isso acontecer Rehv terá direito de decidir absolutamente tudo sobre a vida de Bella. A jovem vampira está perdida e o único que pode ajudá-la é um guerreiro cujo temperamento pode acabar com os dois, mas como se afastar de alguém quando tudo o que deseja é estar ainda mais perto?

Como disse antes: dos livros da série IAN que li até agora Amante Sombrio e Amante Desperto são os melhores para mim, inclusive já decidi que, quando o assunto é livro, invariavelmente tenho uma queda por aquelas personagens masculinas que são totalmente deslocadas e/ou emocionalmente destruídas, sendo assim claro que me apaixonaria perdidamente pelo Z. e não poderia ser de outra forma, quanto mais páginas eu devorava do livro mais o Zsadist me cativava.

A Bella também é uma personagem interessante, acredito que por ela ser tão corajosa e determinada acabou deixando o livro ainda melhor. Da para notar mudanças na personalidade dela do anterior para este e quem pode culpá-la? A jovem vampira foi sequestrada, torturada e ameaçada durante semanas! Outra coisa: graças a Bella eu ri um bocado com esse livro. Ela entra no seu período fértil e deixa todos os homens do complexo da Irmandade com os nervos a flor da pele, só lendo pra saber o quão engraçado é!

Bem, sobre a capa brasileira: eu gosto, mas não é a minha favorita, ainda assim, é muito melhor do que a americana, na minha opinião. Encontrei pela internet outras capas também e algumas eu realmente adorei. Qual dessas vocês mais gostaram?



Uma coisa que sempre detesto em todos os livros são os capítulos focados na Sociedade Redutora, mas sei que é necessário e no final ajuda a compreender ainda melhor o que aconteceu e porquê.


Minha nota para esse livro não poderia ser outra que não cinco estrelas, realmente sou apaixonada por Amante Desperto algo bem diferente do que acontece toda vez que começo Amante Consagrado, o livro do Phury, irmão gêmeo do Zsadist, vou ver se termino nas férias.


IRMANDADE DA ADAGA NEGRA
Amante Sombrio | Amante Eterno | Amante Desperto | Amante Revelado | Amante Liberto | Amante Consagrado | Amante Vingado | Amante Meu | Amante Libertada | Amante Renascido | Amante Finalmente | O Rei | Os Sombras | A Besta | The Chosen (lançamento 2017)


O LEGADO (Spin-Off de IAN)
Beijo de Sangue | Blood Vow (Lançamento dez/2016)



Título: Amante Desperto | Série: Irmandade da Adaga Negra | Páginas: 464
Autor(a): J.R.Ward | Tradutor(a): Jaqueline Valpassos | Editora: Universo dos Livros

Deixe um comentário