Faz anos que li esse livro da Novo Conceito e  fiquei completamente apaixonada pela capa logo de cara, afinal, ela é linda e esperava que a história também fosse interessante, mas para manter um certo suspense li apenas a sinopse e evitei resenhas de todos. Preciso deixar claro uma coisa sobre este livro: O Céu Está Em Todo Lugar é completamente apaixonante. Estava em uma fase "quero romance" e então decidi que ele seria minha próxima leitura e como gostei dele... Eu me apaixonei, fiquei completamente Joelirante.

Lennie acabou de perder a irmã e seu mundo simplesmente desabou com isso. Ela não sabe mais quem é, não gosta mais tanto das mesmas coisas e sua melhor amiga parece não entender o turbilhão que ela está passando no momento. Para completar, ela se vê muito próxima de Tobby, namorado da sua irmã morta. E com tudo o que eles estão passando acabam se envolvendo mais do que poderiam imaginar ou desejar e ambos sentem-se culpados por isso.


A vida da garota que foi abandonada pela mãe quando ainda era um bebê vira realmente de cabeça para baixo (se é que já não estava) quando um certo Joe Fontaine, que toca milhares de instrumentos diferentes, aparece e mexe com as emoções já completamente conflitantes. Len não se achava no direito de se sentir feliz, de poder sorrir e muito menos se apaixonar por alguém, mas com a relação se estreitando entre ela e Joe, e os acontecimentos recentes com o cunhado fazem a adolescente querer explodir, além de descobrir certas coisas sobre a irmã que não podia sequer imaginar...
Anos atrás, estava deitada no jardim da vovó e Big perguntou o que estava fazendo. Disse-lhe que olhava para o céu. Ele respondeu — Essa é uma concepção errada, Lennie, o céu está em todo lugar, começa aqui, aos nossos pés.
Eu só tenho uma palavra para descrever esse livro, perfeito! Cada mínimo detalhe parece ter sido pensado, cada componente do livro te faz ter vontade de continuar lendo e lendo e lendo mas esse desejo de ler briga com a vontade de parar para que ele não chegue ao fim. Já deu para notar que O Céu Está Em Todo Lugar nos faz sentir emoções conflitantes além de ser intenso.

Havia algum tempo que não me emocionava tanto com um livro e que, ao mesmo tempo, a leitura me fizesse refletir de maneira tão peculiar quanto este fez. Como disse pouco acima, ele provoca emoções conflitantes entre os leitores, e particularmente, fiquei lutando com as lágrimas boa parte da leitura. Além disso os personagens são tão bem construídos que não parecem personagens, acertam, erram, comentem erros, sentem-se desconfortáveis com certas situações e adoram outras. 

Vou direto para a cama com todas as minhas roupas e rezo para que o sono venha. Mas ele não vem. O que chega é a vergonha, semanas dela, ondas, passando por mim rapidamente em flashs rápidos como náusea, fazendo-me gemer em meu travesseiro.
Mais uma qualidade desse livro para mim é que eu achei que ele seria um drama, carregado de sentimentalismos e tudo mais, ele realmente tem, mas há passagens tão divertidas, que fazem qualquer um dar umas boas gargalhadas. Esse livro tem tudo o que é necessário em uma obra, tudo o que procuramos na maioria dos livros.

No aspecto diagramação e capa a Novo Conceito fez um trabalho esplêndido, primeiro mudando a capa original, fazendo uma capa baseada de dar orgulho, e me deixando extremamente feliz por isso. Durante o livro Lennie escreve uns bilhetes, e eles estão em folhas separadas mostrando-nos o que foi escrito (porque durante a narração da personagem ela não fala o que escreveu). Os capítulos começam com uma imagem do céu, feita por programa de manipulação de imagens... Enfim, o trabalho ficou magnífico! E eu me apaixonei por cada mínimo detalhe do livro. Sinto falta desse trabalho nos novos livros da editora.


Todo mundo já entendeu que amei esse livro, por tudo, pelo conjunto da obra, pela história, parece que as personagens estão do nosso lado ou, talvez, estejamos entrando na história. Livros como este são leitura obrigatória mesmo que você não seja o maior fã de literatura ou desse tipo de leitura.





Título: O Céu Está Em Todo Lugar | Páginas: 423 | Autor(a): Jandy Nelson
Tradutor(a): Marsely de Marco Martins Dantas | Editora: Novo Conceito

Um Comentário

Georgia @stupidlambgirl disse...

Eu lembro quando a NC lançou o livro e mandou para os parceiros um kit muito fofo, com mini lápis de cor, um mimo só! Minha melhor amiga disse que eu pre-ci-so ler este livro, porque é muito bom!

Deixe um comentário