Oiii gentee lindaaaa, demorou um pouquinho, mas estou aqui para contar para vocês um pouquinho do que rolou na Bienal do Livro de Minas. Vamos falar sobre a estrutura e as atrações, todos os espaços e autores que estavam lá. Então vamos ao que realmente importa não é?


Quem foi na Bienal nos últimos anos (2012, 2014) consegue perceber a nítida diferença na disposição do espaço e na organização do evento. O espaço foi o mesmo, que foi no ExpoMinas, mas haviam mais expositores e consequentemente a disposição do espaço mudou, mas ficou bem distribuído embora deva admitir que achei alguns stands muito pequenos o que dificultava bastante transitar dentro deles (mas qual a Bienal que não tem um pouco de muvuca não é? Rs). A organização do evento estava bem preparada, ainda que as filas para comprar ingresso em alguns dias estivessem GIGANTESCAS, a compra estava andando rápido, a entrada era liberada rápido e dentro do salão do evento bastava olhar para encontrar alguém com a blusa do evento disposto a ajudar. Então mesmo que estivesse bem tumultuado, pois eu fui em alguns dias mais cheios (Fui nos dois fins de semana e no feriado) não achei a organização de todo ruim, tem sempre aqueles detalhes como os banheiros (que só tem de um lado do salão e sempre estão lotados), mas que infelizmente são componentes da realidade de um evento grande e que tem um grande fluxo de pessoas. De um modo geral a organização do evento foi bacana.

Quanto aos expositores, fiquei realmente feliz de ver muitas das editoras que eu queria muito os livros delas lá rs, e também haviam vários stands (não só de uma editora especifica) com preços ótimos, embora tenhamos que ressaltar que alguns stands estavam com preços absurdos, e não me julguem mal ok? Mas era um evento grande em que as pessoas vão na esperança de encontrar muitas promoções nos livros de suas listas de desejados e o que eu vi foram algumas pessoas (incluindo eu mesma) saindo decepcionadas e sem alguns dos livros que queria, pois o preço de alguns livros no stand da editora ou de algumas distribuidoras estava muito alto (para não dizer que literalmente estava enfiando a faca). Porém ainda assim se andássemos e olhássemos bastante os stands dava para achar preços ótimos e sair de lá carregados de livros. Realmente em se falando de preços de livros é necessário mencionar as editoras Universo dos Livros, Qualis e Ler Editorial, pois os valores dos livros estavam bem acessíveis e eu vi muita gente (aqui eu me incluo novamente) com vários livros destas editoras.

Agora vamos falar das atrações: Houveram muitasssss, de todos os tipos e para todos os gostos! E foi realmente incrível vivenciar tudo isto, pois tive a oportunidade de conhecer autores nacionais incríveis (E tietar também eu admito U.U) e de ver muitas pessoas felizes por terem conhecido seus autores preferidos. Eu vi na programação que haviam desde cartoonistas a autores badalados (Como FML Pepper, Isabela Freitas, Thalita Rebouças, Carina Rissi, Paula Pimenta e vários outros). E foi realmente incrível ver a interação dos autores com os leitores, pois muitos deles nos fizeram realmente sentir próximos e acolhidos em seu universo.

E agora eu vou falar para vocês (em ordem cronológica para eu não fazer bagunça) e trazer algumas fotinhas de alguns dos momentos (e de minhas tietagens mesmoooooo) que nós vivemos na Bienal de Minas 2016.


Encontrei a FML Pepper (autora de Não Pare, Não Olhe e Não Fuja) no stand da livraria Leitura e tive a oportunidade de conhecer pessoalmente essa pessoinha maravilhosa que é ela. A seção de autógrafos estava realmente cheia e bem movimentada e ainda assim ela deu muita atenção a cada um dos fãs que foram lá para prestigiá-la. Ela bateu papo com a gente (um papo breve com cada um? Sim, mas o suficiente para todo e qualquer fã que tenha ido vê-la pudesse compartilhar de sua simpatia) e foi realmente incrível, pois de uma forma bem simples ela fez com que os fãs se sentissem parte importante da vida dela. Eu admito que tietei mesmo! Tirei foto Mesmo! E amei cada segundinho que pude passar com ela no sábado do dia 16 ;D



Bom, para quem foi à Bienal, não pode deixar de notar talvez uma das atrações mais esperadas e mais disputadas também (pois era quase necessário lutar contra selvagens para conseguir tirar a foto rs) que foi o Trono de Ferro de Game Of Trones que estava exposto no stand da LeYa para quem quisesse tirar foto e se sentir um pouquinho reinando Westeros. E como eu não poderia perder a oportunidade fui lá tirar minha fotinha também rs.









No Stand da Qualis na quinta do feriado eu encontrei a linda da Janaina Rico (autora de 100 Dias de Sensualidade e As Aparências Enganam) que é um amor de pessoa e pura simpatia, e assim como muitos autores ela não estava divulgando só seus livros, estava ajudando na divulgação dos livros das colegas também, e toda essa simpatia só nos faz querer ler o livro dela. Por que se a autora é assim nos já esperamos maravilhas de sua história não é mesmo?




No sábado, no stand da Qualis, teve o lançamento de Despedida de Solteira da Mila Wander (autora também de O Safado do 105 que teremos resenha em breve aqui no blog e de Dominados) e o stand estava bem cheio e foi muito legal, ela autografou todos os livros e nós tiramos muitas fotinhas  (Não sei se eu sou muto pequena ou se ela é muito alta rs, e eu tietei bastante mesmoooo rs), e foi muito legal. Teve entrega de marcadores lindos e um brinde especial para quem comprou Despedida de Solteira no stand. Foi tudo muito legal ;D





E não poderia faltar nossas parceiras maravilhosas não é mesmo? Então eu fui no stand da D’Plácido tietar a Lavínia Rocha e no da Ler Editorial tietar a Thais Lopes, e bom foi ótimo como sempre é, pois sempre é incrível estar com elas. E devo dizer que os livros da Lavínia estavam desaparecendo do stand rs, em breve teremos aqui no blog a resenha de Entre 3 Mundos, que estava bombando na Bienal, e vocês realmente devem dar uma olhada na nova edição de Um Amor em Barcelona (é só clicar aqui para ver os livros dela), porque ela está maravilhosa! Os livros da Thais também tiveram uma boa saída pelo que eu vi (e se vocês ainda não adquiriram o seu é só correr aqui e adquirir rapidinho :D) e o Stand estava bem cheio e com vários autores nacionais, o que foi realmente bom, pois a sacola de nacionais saiu bem cheia rs.



Bom gente estas foram um pouco das atrações que eu presenciei, e que eu procurei, mas como eu havia mencionado antes, tinham atrações para todos os gostos, incluindo youtubers, cartonistas, cosplays, programação infantil e muito mais. Valeu muito a pena ter participado do evento, e agora estamos ansiosos esperando 2018 ;D





Deixe um comentário