[RESENHA] Ten Tiny Breath #1: Respire

7/29/2016 Tiffannyk 0 COMENTÁRIOS

Meus hábitos literários mudam de tempos em tempo, algumas vezes são os livros policiais que estão na cabeceira, outras as biografias e os livros hot, mas entre uma leitura e outra, sempre têm um romance. Desde que li o primeiro romance New Adult, eu entrei numa enxurrada de romances do gênero, e Respire foi o que eu mais gostei.

Não é segredo nenhum, para ninguém que me conhece, que eu gosto mesmo é de um bom drama. Sabe aquele tipo de história em que o vilão é quase intocável, que nada parece dar certo por muito tempo, na vida dos mocinhos? Então, quanto mais drama assim, melhor.Por outro lado, eu sou bem chata. Têm de ter drama, mas não pode ser forçado e Respire é assim, ao mesmo tempo que tem bastante drama, cacetada em cima de cacetada, você consegue suspirar e ir se envolvendo com a história.

Tudo começa com um acidente de carro, que matou quase todo mundo que a personagem principal amava. O trauma de ter ficado em meio às ferragens assistindo a todos ao seu redor morrer, enquanto esperava pelo socorro, fizeram a personalidade expansiva e alegre de Kacey murchar. E como uma boa mocinha cabeça dura, pra que tratamento pós-trauma? Na verdade Kacey teve uma boa luta com o último psicólogo e acaba num loop sem fim de alto destruição com drogas e álcool que só são contidos quando ela descobre o Kickboxing.

É com a luta, que ela tem a força necessária para fugir de mais problemas e desembarcar em uma nova vida em Miami. E através de um senhorio durão, uma vizinha suspeita com uma filhinha fofa, um vizinho estranho e um nerd que tira seu fôlego e sua determinação, Kacey consegue ir reerguendo sua vida.

O que eu mais gosto nesse livro, é que as coisas não vão ficando cor de rosa da noite para o dia. A autora trabalha bem as etapas que a personagem tem de vencer para chegarmos ao ápice do livro. Os personagens secundários são muito bem trabalhados, até pelo fato de ser uma série.

E a trama central? Dá até vontade de sair fazendo spoiler e contando qual é o maior drama do livro. Gostei muito da forma como foi exposto e explicado, as coisas se encaixam de forma bem coerente. E o Trent é um motivo a parte para ler esse livro. Ele é o típico mocinho perfeito, carismático, prestativo e bem misterioso. Até quando ele está sofrendo com seus próprios problemas ele consegue ser perfeito.

E se tudo que eu falei não for suficiente, leia o livro pela Mia. Ela é a garotinha mais fofa e sacana do mundo, não tem como não se apaixonar. Aliás, vai ser difícil não se apaixonar por todos os personagens.



TEN TINY BREATH
Respire | Uma Pequena Mentira |  Four Seconds to Lose
Five Ways to Fall | In Her Wake 

Título: Respire | Páginas: 320 | Autor(a): K. A. Tucker
Tradutor(a): Maira Parula | Editora: Fábrica 231

0 comentários: