Tenho que dizer que esse livro foi um marco na minha vida. Eu sou a louca das séries com 500 volumes por que eu não consigo desapegar das histórias, falei isso aqui na resenha do Fury, acho que essa foi a primeira vez que um livro único me pegou e me jogou no chão.

Eu só queria que a Penelope Ward desse um jeito de transformar esse livro em uma série, só por que eu fiquei tão apegada a ele que li duas vezes num intervalo de 2 dias. RoomHate entrou pro meu hall de favoritos, daí você deve estar pensando, o que esse livro tem de tão bom para esse reboliço todo? Bem, eu diria que nada e tudo ao mesmo tempo, é um conjunto de fatores que valem muito a pena e tem até nome: Justin. Por que vocês bem sabem, eu vim a esse blog com a missão de encher isso de boys maravilhosos.

A história toda começa com uma cláusula no testamento de Nana, avó da personagem principal a Amélia. A bendita cláusula dita que ela e Justin., melhor amigo de infância dela, herdaram a casa de praia e terão que dividí-la, ou nada feito, ninguém herda nada. 

O problema é que eles não se falam desde a adolescência quando algumas tretinhas aconteceram e a Amélia fugiu deixando tudo para trás, inclusive o amor de Justin, que obviamente, não superou ainda. Para piorar, quando os dois voltam a se encontrar, num verão na casa de praia, Justin tem uma linda e simpática namorada a tira colo. Entre ressentimento, paixão reprimida e bom senso, Justin e Amélia tem de se virar em muitos para passar aquele verão sem se matarem ou se comerem. 

Todos os dois viveram em famílias desfuncionais, com pais que não ligavam a mínima para eles e cada um deles tem seus próprios traumas sobre isso que afetaram e ainda vão afetar seu relacionamento. Nana é o encaixe entre eles, foi na infância e continua sendo, agora que faleceu. Ela não é muito citada na história, mas isso não vai fazer você gosta menos dela, então o primeiro motivo para adorar roomhate é Nana. 

O próximo é Justin, mesmo na fase dele "odeio muito a Amélia e vou fazer o verão dela ser uma penitência", você não tem como odiá-lo. Primeiro, ele é músico, e desde o primeiro minuto que viu Amélia, ele já fez músicas para ela. Já bateu uma invejinha né, queria um wannabe rockstar para mim também. Segundo que ele é o maior fofonildo do mundo e você vai percebendo isso quando a namorada dele tem de voltar para NY. 

Até a namorada do Justin é legal. Então você vai torcer para ele e Amélia ficarem juntos, mas que isso não afete muito a vida da Jade, por que ela não merece isso. Para sorte dela, Justin é um dos caras legais e o coração dela vai sobreviver e esse é o nosso motivo número três para gostar do livro. Porque de caras idiotas, basta a vida real e o Adam, o ex babaca da Amélia. 

Enfim, o livro tem vários motivos maravilhosos para ser bom. Você tem duas pessoas com muito amor reprimido, anos de mágoa e uma vida de seguir em frente para fazer com que eles trabalhem duro para ficar juntos. A escrita da Penelope é rápida, os diálogos são divertidos, tem momentos MUITO NO SENSE, que você fica se perguntando: por que? por que?

 Mas isso não tira nem um pouco a graça da leitura, que é tão espontânea, divertida e fluída que faz você querer (pelo menos fez com que eu quisesse) ler várias vezes, Eu amo reler livro, por que você pode ir direto para as partes mais legais. Sério, não dá para superar fácil a história do Justin e da Amélia, como a Bia Travessos disse, leva um tempo para você superar a ressaca literária que vem com eles.

Essa foi minha primeira leitura da autora, que tem no Brasil o título Meu Querido Meio Irmão pela editora Pandorga, no qual já ouvi falar muito bem e desejo ler bem em breve. Então por favor leiam e me digam se é algum problema comigo, ou o livro é bom mesmo, por que enquanto escrevia essa resenha eu senti vontade de ler ele mais uma vez.

Título: RoomHate | Páginas: 281| Autor(a): Penelope Ward
Tradutor(a): Sem Tradução | Editora: Penelope Ward Books Inc

24 Comentários

- fecprates disse...

Olá
Adorei sua postagem! Já quero ler esse livro, especialmente diante de sua empolgação e por conta da premissa do livro. Eu nunca tinha ouvido falar dele mas anotei a dica.
Beijos, Fer
www.segredosemlivros.com

Manoel Alves disse...

Olá
Nossa,que livro incrível é esse que fez uma criatura ler ele duas vezes em um intervalo tão curto? Acho que preciso conhecer um livro assim. Não conhecia essa obra,nem sua escritora. Acho que é pelo fato de ainda não ser lançado por aqui, mas também não sou muito fã de livros nesse gênero! Adorei ler a sua resenha mais do que empolgante! Mas infelizmente passo a sua dica por não ter afinidade com o estilo! Até mais vê
Bjs

Dayhara Martins disse...

Fiquei sem respirar lendo o primeiro parágrafo da sua resenha, tô curiosa! Quero esse livro pra amanhã! Hahaha adoro livros assim, nos deixam sem respirar e ao mesmo tempo sem vontade de terminar! Seria meu sonho? Adorei seu blog e a maneira leve e divertida que você escreve.

Ivi Campos disse...

Pela capa, eu não leria. O modelo é lindo e explosão de magya, mas acho apelativa. Porém sua resenha me deixou mais animada para encarar o livro e acho que vou curtir demais!!!
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Michele Lopez disse...

Olá,
Menina, releu em menos de 2 dias rsrs deve ter se apegado mesmo ao livro.
Também gosto de séries com 500 volumes por ter o mesmo problema e me apegar demais aos personagens. Quando um livro termina fico pensando "Porque já acabou!?"
Estou bastante curiosa para saber o que irá acontecer com Amélia e Justin e fico extremamente feliz por você nos trazer os boys maravilhosos kkkk

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Bruna Costabeber disse...

Olá!
Esse livro te pegou de jeito, hein? Adorei saber que o Justin não é um babaca e achei legal a cláusula para que eles fiquem com a casa, apesar de não achar justo, mas ok. É muito difícil quando temos um triângulo com personagens legais que ficariam bem juntos. Acho que meio que amaria a namorada do Justin, mas, só saberei quando ler, porque eu preciso hahah
Beijos,
Um Oceano de Histórias

Borrões Da Mary disse...

Mulher você jogou a resenha maravilhosa no meu colo e eu tava lendo e catando mais informações no google sobre esse livro (sério). OK tem o triangulo amoroso que eu ODEIO.
Mais depois de tu babar elogios sobre o enredo tenho que tentar néh?
Vou te falar que diferente de você eu não gosto de séries mesmo que eu fique com aquela saudade dos personagens acho series prolongam a tortura queria todas as series fosse calhamaços um volume só sabe eu ia ser tão feliz. Odeio quando tem aquela série com 6 livros 250 paginas cada PARA QUÊ FAZ ISSO?
E por ultimo mais não menos importante nada melhor que ler um livro voltar nele dias depois e olhar as melhores partes faço isso sempre.
Bju
Mary Reis

Carolina Ramires disse...

Olá!
Esse livro realmente parece muito bom, fiquei muito interessada nele, apesar de você ter falado que tem uns momentos nonsense. Será que vou ficar apaixonada que nem você? Vou ler e depois te digo se realmente é tão bom assim.
Beijos.
https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

Carol Mendes disse...

Uau, sua resenha me passou uma sinceridade que, mesmo que a trama não tenha chamado minha atenção, me fez ficar curiosa pra ler só pelas coisas que você disse!
É ótimo saber que mesmo nos momentos sem sentido, isso não atrapalhou sua leitura.
E que você ficou tão apaixonada pela trama que teve vontade de ler novamente!
Eu prefiro livros únicos à livros de série, e saber que você, mesmo sendo ao contrário, gostou tanto desse, só me fez adicionar ele à minha wishlist!

Virando Amor

Beatriz Andrade disse...

Eu ainda não conhecia e, diferentemente de você, não gosto muito de séries longas mas às vezes é impossível de resistir kkkk. Enfim, não curti a premissa e a trama não me atraiu para a leitura mas gostei de conhecer a história dele aqui na sua resenha e de ver seus comentários sobre a obra.

Tiffannyk disse...

Sou suspeita pra falar, mas lê sim, o livro é ótimo.

Tiffannyk disse...

Ahhhh :(((
Mas gosto é assim mesmo, né?

Tiffannyk disse...

Foi exatamente o que eu senti, queria terminar o livro, entretanto não queria que ele acabasse.

Obg pelo elogio faço sempre o que posso.

Tiffannyk disse...

Odiei a capa também.
Conheci a sinopse primeiro e depois vi a capa, que é trash demais haha

Fique animada mesmo, pq o livro é maravilhoso.

Heloísa disse...

Olha, eu li esse livro em julho e amei! Sério, já separei mais livros dessa autora porque achei a forma com que ela desenvolveu esse enredo muito inteligente. Eu não tive uma crítica quando estava lendo, e saber que outras leitoras também pensam assim, me agrada! Ah, e não, você não está errada, porque eu também quero lê-lo mais uma vez! rs
Abraços, Helô

Gabrielly Marques disse...

Como assim leu duas vezes em dois dias?! hahaha Deve ser muuuito bom. Adorei a premissa de Roomhate e já anotei a dica. Espero ler um dia e gostar bastante também. Mas me fala, o inglês dele é de fácil compreensão? Adorei sua resenha, ficou ótima!

beijos!

Filipe Penasso disse...

Infelizmente esse não é o tipo de livro que eu leria, isso pelo fato de eu não fazer parte do público alvo. Contudo, li sua resenha e percebi que você foi capaz de passar de forma clara e direta os principais aspectos a respeito da obra, as características marcantes e o porquê que o livro deve ser lido. Em síntese, trata-se de uma resenha completa! Parabéns!
Filipe Penasso - Pena Pensante

Camila Coelho disse...

Oi! Nossa você deve ter gostado muito desse livro mesmo para ter lido ele duas vezes seguida em um intervalo de apenas dois dias. E toda a sua resenha foi super empolgada. Eu não me atrai muito pelo enredo mas acho que é pelo fato de eu não gostar muito de romance.
Bj

Diana Brito disse...

Oieeee! Vou dizer a verdade: não gosto de capa com gente kkkkkk mesmo essa "gente" sendo esse boy magia aí da capa. Tambémnão é muito meu gênero. Sabe o que me chamou mais atenção??? A parte em que você leu o livro duas vezes em um intervalo de dois dias. Oi?? eu achava que lia muito? que iludida ne? kkkkkkk enfim, tua crítica acabou despertando meu interesse mas confesso que eu preferia se virasse série como vc sugeriu. De toda forma, dica anotadísima! Grande Bjooo

http://porredelivros.blogspot.com.br

Larissa - Srta. Bookaholic disse...

Oi, tudo bem?
Eu não conhecia o livro e foi meio impossível não ficar curiosa depois de ler essa sua resenha tão entusiasmada. Bom, o Justin parece ser um personagem apaixonante mesmo, mas confesso que não sou lá apaixonada por músicos kkkkk A premissa em si é interessante, mas não chamou tanto a minha atenção a ponto de eu querer ler, sabe? Enfim, apesar dos comentários maravilhosos sobre o livro, não pretendo ler tão já.

Beijos :*

Ingrid Cristina disse...

Olá!

Okay, você não precisa me dizer mais nada, eu quero muito ler esse livro. Todos os seus comentários lindos e divertidos me deixaram mais que disposta a comprar esse livro e conhecer Justin, que já gostei só pelo nome e pelo fato de ser músico. E tenho certeza que muitas outras coisas nesse livro me farão amá-lo também.
Super obrigada pela indicação.

Ingrid Cristina
Plataforma 9 3/4

Fabrica dos Convites disse...

Não conhecia o livro e seus argumentos me convenceram a ler. Até o fato de torcer para a namorada não se dar mal, mesmo torcendo para os protagonistas ficarem juntos é algo raro de se ver.
Continue trazendo estes deuses para nós, eu particularmente agradeço :)
Rose

Maria Fernanda Pinheiro disse...

Não tinha lido nada sobre o livro, mas saber que você até releu ele em um intervalo tão curto aumentou minha curiosidade, infelizmente mesmo com a narrativa na medida certa da autora, sabendo ser humorada e descrever as cenas ao mesmo tempo, eu não leio livros do gênero, vou deixar a dica passar, mesmo com a premissa bacana

Licavargas disse...

Eu já tinha visto o livro mas não tinha parado para saber sobre o que era a história e de alguma forma imaginava algo bem diferente...rs
Acho que me apaixonei pelo livro só pela sua resenha. Ficou tão empolgante que deu a maior vontade de conhecer melhor os detalhes dessa história e ficar torcendo com você para que ele deixe de ser livro único... Nem li ainda mas já fiquei com a sensação de sentir falta dos personagens.
Livro mais do que na lista. Espero curtir tanto quanto você :)
Beijinhos,
Lica
Amores e Livros

Deixe um comentário