[RESENHA] A Garota do Calendário #2: Fevereiro

9/12/2016 Carol Oliveira 12 COMENTÁRIOS

Oi gente hoje vou falar para vocês do segundo livro da série sensação do momento, A Garota do Calendário de Audrey Carlan lançado aqui no Brasil pela Editora Verus. Fevereiro, foi lançado junto com Janeiro e vem nos mostrar como continua a jornada de Mia como acompanhante para conseguir o dinheiro e livrar seu pai da divida de 1 milhão de dólares.

Em fevereiro Mia vai para Seattle trabalhar como musa do artista Alec Dubois, sua tarefa é simplesmente tirar a roupa e posar para o francês. Então durante 3 semanas Mia vive e descobre através da arte fortes emoções que contem dentro dela, e aprende a se amar.


O livro continua exatamente de onde o anterior acabou o que é bem legal, para quem (como eu) esta lendo um seguido do outro, mas não tão legal pra quem tem que esperar meses pela continuação, o que não está sendo muito já que a editora vem lançando dois por vez a cada mês praticamente... Mas voltando ao livro, nele vemos a personagem crescer mais um pouquinho e descobrir novas emoções, e também aprender a curtir mais um pouco da vida, diferente de Janeiro, em que vemos ela dentro de sua zona de conforto, em Fevereiro, Mia tem que se desafiar em várias partes, aprendendo que nem tudo é o que parece quando se trata da arte, e Alec é um excelente professor da vida.

Vemos também mais um pouco do seu relacionamento com sua irmã que na verdade é praticamente sua filha, e esse é outro ponto dos livros dessa série, eles nos inserem no meio da vida da personagem nos dando apenas uma vaga ideia de como é a relação de Mia com sua irmã, pai, tia e melhor amiga. E conforme vão passando os meses vamos descobrindo fragmentos desses relacionamentos e entendendo como a foi a vida da personagem e porque esse novo trabalho esta sendo uma coisa boa para ela, e esta ajudando-a a crescer.

Diferente de Janeiro também, nesse livro Mia decide que não vai mais tentar a todo custo não se apaixonar pelos seus clientes (um feito de Alec, com certeza) e sim aprender a amar cada um deles do seu jeito e juntar isso ao seu crescimento pessoal. Afinal eles são homens totalmente diferentes dos homens com quem ela já havia se envolvido em sua vida. Wes (meu personagem favorito de todos os tempos <3) aparece bastante nos pensamentos da nossa mocinha e também em algumas trocas de mensagens e telefonemas bem dramáticos.

Alec, o cliente da vez é um verdadeiro artista, e nos faz suspirar em várias partes com suas tiradas em francês, quem não suspiraria com um francês lindo sussurrando palavras de amor, ao pé do ouvido? Espero muito que ele apareça em algum livro futuro como um grande amigo de Mia, pois ele tem aquele ar de personagem que queremos manter por perto, por ser o principal fator de crescimento dela!

No próximo livro Mia irá para Chicago, e mal posso esperar para descobrir o que vira a seguir! Aguardem as cenas dos próximos capítulos!


Título: Fevereiro | Série: A Garota do Calendario | Páginas: 135 
Autor(a): Audrey Carlan | Tradutor(a): Andréia Barboza | Editora: Verus

12 comentários:

Oiii, tudo bem?
Confesso que fiquei completamente apaixonada pela sua resenha e tenho uma certa vontade de realizar a leitura dessa obra, por me tirar da zona de conforto e sempre ter comentários positivos a essa série, dica anotada.
Beijinhos

Olá,

Mesmo essa série tendo opiniões bem contraditórias, eu estou muito curiosa para saber o porquê de tanto burburinho em torno da série. Por ser um gênero que goste muito, estou empolgada para ler, mas como li algumas opiniões negativas, estou receosa também :/ mas, pretendo ler para tirar minhas próprias conclusões.

Beijos,
entreoculoselivros.blogspot.com.br

Thatyane disse...

Oi, assim como o primeiro, esse segundo livro não conseguiu atrair a minha atenção e na verdade a serie num todo não me atraiu, pois achei meio clichê e meio cópia, fragmentos de outros livros conhecidos do mesmo gênero que não fazem o meu estilo, por isso, não leria.
bjus

Olá Carol! Tudo bem?

Adorei sua resenha. Com relação à série...Não gostei, abandonei no mês de Abril. Achei a Mia muito mimizenta, contraditória, invasiva, chata, insuportável. O fato dos livros serem pequenos e as histórias contarem com personagens secundários divertidos, ajuda numa leitura mais rápida, em poucas horas a gente finaliza. Mas achei a protagonista tão intragável que desisti de continuar comprando os exemplares pra acompanhar. Não entendo o marketing imenso que fazem pra essa série...

Beijo

Lilian Huzyk disse...

Todo mundo falando dessa série e eu ainda não tive a oportunidade de ler! Sua resenha ficou ótima, simples e objetiva! Com certeza anotarei a dica para próxima leitura!

Leticia Golz disse...

Oi, tudo bem?
Gosto bastante do gênero e apesar de não estar morrendo de curiosidade, eu leria a série . Espero que continue gostando dos próximos livros e que os personagens te agradem. É ruim mesmo ler fora da ordem.

Olá, no começo fiquei bem empolgada nessa série, mas confesso que depois de tanto fuzuê eu peguei certo estranhamento com ela, não tenho mais tanta vontade de fazer a leitura como antes, talvez daqui a muito tempo quando o marketing em cima dela diminuir um pouco eu mude de opnião

Olá!
Eu estou com esse volume para ler mas dei uma desanimada, porque não fui muito com a cara do Alec hahaha Mas achei legal mostrarem um pouco desse relacionamento dela com a irmã, achei muito interessante.
Beijos.

https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

BelGoes disse...

Olá, tudo bem?

Que resenha delícia, mas o livro não me pegou, ainda estou tentando entender porque a leitura para mim foi tão fria e arrastada .

bjss

Catharina M. disse...

Oie
que legal sua resenha, eu tenho os dois primeiros livros mas infelizmente ainda não li por falta de tempo, tenho uma leve curiosidade por achar o enredo interessante

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

A divulgação dessa série está sendo fantástica. Já li inúmeras resenhas, e todas positivas. Eu, no entanto, confesso que não me sinto muito motivada a ler os livros da série, pois não são um gênero que me agrade. Não consigo me sentir interessada pela leitura. Gostei muito da forma como você estruturou a sua resenha, pois tornou a leitura agradável.

Tatiana

Livros & Tal disse...

Oie!
Adorei a sua resenha
Confesso que esse livro eu gostei mais do que o primeiro, mesmo o Wes sendo 1000 vezes o meu homem preferido.
Que bom que você gostou e continue a leitura, porque menina, Março foi o melhor mês para mim até agora.

beijos
Mayara
Livros & Tal