[RESENHA] RoomHate

Tenho que dizer que esse livro foi um marco na minha vida. Eu sou a louca das séries com 500 volumes por que eu não consigo desapegar das histórias, falei isso aqui na resenha do Fury, acho que essa foi a primeira vez que um livro único me pegou e me jogou no chão.

Eu só queria que a Penelope Ward desse um jeito de transformar esse livro em uma série, só por que eu fiquei tão apegada a ele que li duas vezes num intervalo de 2 dias. RoomHate entrou pro meu hall de favoritos, daí você deve estar pensando, o que esse livro tem de tão bom para esse reboliço todo? Bem, eu diria que nada e tudo ao mesmo tempo, é um conjunto de fatores que valem muito a pena e tem até nome: Justin. Por que vocês bem sabem, eu vim a esse blog com a missão de encher isso de boys maravilhosos.