[LISTA] As 5 Piores Mães da Minha Estante

5/12/2017 Aninha Goulart 30 COMENTÁRIOS


Oiiii seus lindos, dando continuidade ao nosso Especial dia das Mães, hoje eu venho trazer para vocês aquelas que eu considero as cinco piores mães da minha estante. Porque nem tudo são flores e nos sabemos que assim como existem mães maravilhosas, existem aquelas que talvez não devessem ter tido um filho, então vamos ao que interessa não é mesmo?




5- Jocellyn ( Os Instrumentos Mortais)

Em ultimo lugar eu coloquei a Jocellyn, porque ela é uma mãe bem ruim, que mentiu para a filha alegando que era o melhor para ela, quando na verdade ela só queria fugir de seu passado, mas de uma certa maneira ela foi uma boa mãe pra Clary, apesar de pensar nela primeiro e não na filha, como a maioria das mães faria.




4- Sra. Bennet (Orgulho e Preconceito)

Eu não sei vocês, mas a Sra. Bennet pra mim é um ótimo exemplo de mãe que faz o filho fugir de casa, porque ela só pensa no status social, só quer casar as filhas e não pensa EM MAIS NADA, e nem no que as filhas delas pensam a respeito disto. Sei que naquela época as mulheres não tinham muitas opções (para não dizer nenhuma), mas ainda assim a Sra. Bennet poderia ter sido uma mãe que se preocupasse com as convenções sociais, bons casamentos e no bem estar das filhas, o que não foi o caso dela.



3- Mônica (Cross Fire)

Gente o que dizer da mãe da Eva? Ela vive em um mundo completamente dela e não sabe nem porque teve uma filha, ela se preocupa tanto em parecer bem e tanto em se mostrar sempre a melhor mulher, que não via as coisas que aconteciam de baixo do nariz dela, e aí depois ela fica sufocando a própria filha pra poder se sentir bem. Sinceramente era melhor a Eva nem ter mãe do que ter uma que só agravava os problemas dela.



2- Julie (Os Bons Segredos)

Julie é aquela mãe que quer um filho modelo, e quando seu filho modelo comete um crime e acaba preso, ela prefere agir como se ele estivesse fazendo um curso fora do que aceitar que o menino é realmente um inconsequente e acabou ferindo outra pessoa neste processo. Fora isto tem o fato de que ela simplesmente começa a tratar a filha mais nova como se ela fosse a criminosa, foi o Peyton quem cometeu um crime, é ele quem está preso, mas na cabeça dela a Sidney precisa ficar presa dentro de casa e com todas as atividades restritas, para não acontecer o mesmo que aconteceu com o mais velho. Ela só não para pra perceber o que o amor incondicional e cego que ela tem pelo filho mais velho acaba causando a filha mais nova.


1- Mérope Riddle (Harry Potter)

E meu primeiro lugar ficou para a mãe do maior vilão que você respeita! A mãe do nosso saudoso e tão amado (meio exagerado? Talvez muito, mas vamos entrar no clima do dia das mães) Lord Voldemort. Muita gente trata a Mérope como uma coitada que foi abandonada por seu amado e maltratada pela família, mas eu tenho uma opinião um tanto quanto particular a respeito dela. Não que eu acredite que se ela fosse mãe realmente o Tio Voldi se tornasse um ser humano melhor, porque acredito que a maldade esta intrínseca nele. Mas acredito que ela teve a opção de ser alguém diferente daqueles que a cercavam, ela teve a opção de não causar a ninguém a dor que seu pai e seu irmão lhe causavam, mas ela optou por ser completamente egoísta e decidir que se ela gostava de um cara, ele deveria ficar com ela (porque a opinião dou outro não vale nada né?) e aí o seu egoismo refletiu na maneira como ela se tornaria mãe, porque na verdade ela não se tornou né? Ela preferiu agir como bem quis, "forçar" alguém a ficar com ela e não se importou com o que isto pudesse trazer a ela, e quando ela gerou uma criança todo esse egoismo e esse desamor foi gerado junto. Então de diversas maneira não acho que ela seja uma coitada, acho ela uma egoísta que não devia ter sido mãe.


E estas foram aquelas que eu considero as piores mães da minha estante, e vocês? Quais personagens maternas são as piores da estante de vocês? 

E não se esqueçam de participar do sorteio Especial Dia das Mães AQUI.

30 comentários:

F disse...

Ola
adorei o post e as suas escolhas. Concordo com o primeiro lugar, porque né, não tem justificativa, mas não concordo com a última opção, acho que Jocellym quis proteger muito a filha sim. A mãe da Eva é bem chatinha mesmo!
Beijos, F

Feliciity disse...

Olá!
Das 5 mães que você citou, conheço 3 e concordo com as 3.
A que me deixa com mais ódio é a Jocellyn. Que diz que tudo que fez foi para o bem da Claire, mas que só acabou fazendo ela sofrer mais.
Também concordo que mesmo que a Mérope tivesse outra atitude, o Voldemort não teria sido uma pessoa melhor.
E quanto a mãe da Eva? Só acho que a Eva deu muita sorte de não ter ficado igual a mãe...

Olá!

Bem, não posso opinar sobre as 4 primeiras mães que você citou, pois não conheço nenhuma delas. Mas quando o assunto é Mérope, com certeza, péssima mãe é um terrível eufemismo para adjetivá-la. Eu sempre gosto muito de vilões e vilão bom pra mim é vilão que tem motivos para ser mal e o Lord Voldemort, com a mãe que teve, com certeza tem todos os motivos do mundo pra ter sido tão horrível. Não que a culpa dele ser mal esteja nela, mas se ela tivesse sido um pouco menos louca ou egoísta, como você mesma disse, talvez ele tivesse tido um pouco mais de pudor quanto à maldade. Vai saber, né?! Enfim, gostei muito da matéria.

Ingrid Cristina
Plataforma 9 3/4

Nossa! Que diferente! Muito bacana essa postagem. Bacana e divertida!
Das mães citadas, gostaria muito de conhecer a Sra. Bennet. Foi a mãe do livro que mais me chamou atenção. rs
Adorei!

Eliziane Dias

Olá!! :)

Eu não conhecia alguns dos livros! :) QUero ler Orgulho e Preconceito em breve, não conhecia essa mae...

Enfim, não achei a Jpcelyn tao ma mae mas ainda não cabei de ler a coleção, por isso... E quero saber sobre a do HP!

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Dicas Rodapé disse...

Olá adorei a Tag, as leituras também são excelente tenho visto muitas Tags com a temática mãe estou adorando, beijos!

Thiana Santana disse...

Olá!!!
Só conheço mesmo a Mônica e a Mérope.
Não sei se já leu o último livro dessa série da Sylvia, mas você vai entender algumas coisas da Mônica. Não que ela passe a ser uma mãe maravilhosa, mas ela tem muito mais segredos do que imaginamos. Porém ela é um porre mesmo.
Mérope sem comentários né.kkkk
Bjs,
Garotas de Papel

Carol Mendes disse...

Adorei sua lista, haha!
Dela só conheço a Jocelyn e acho ela bem egoísta também; e a mãe do Voldy, claro (quem não conhece?).
Não consigo pensar em nenhuma mãe da minha estante que seja ruim, haha.

Virando Amor

Nay Sartor disse...

Oie! Tudo bem?

Já vi essa tag em outro blog e estou me surpreendendo com a quantidade de "mães" que existe nos livros refletindo na vida real e isso me preocupada, de resto achei a tag bem diferente e bacana, a única coisa que eu não me lembrava era o nome da mãe do Lord das Trevas, até quando li o nome fiquei pensando quem é? kkkk

Bjss

Thayza Fonseca disse...

Olá!!

De todas que você citou a Monica é a que maia me tirou do sério, o negocio dela é ser idolatrada e na verdade ela não se importa com a filha e sim com o que a Eva possa fazer para afetar a imagem dela. Tenho uma opinião conflituosa sobre a Mérope, eu acho ela uma pessoa de merda e que fez tudo errado, mas como mãe acredito que não tenha como opinar porque ela não teve a possibilidade real de ser mãe, então fica complicado.

Adorei o post!

Beijos e Sucesso!!

Diana Brito disse...

Oieee! Olha, das 5 mães que você citou eu só conheço a Julie e concordo com você. Aliás, acho teu post bem interessante primeiro porque foge do cliché melhores mães do mundo e segundo porque é mais real do que muita gente imagina. Queria te parabenizar porque achei essa tag bem criativa e dizer que eu to pensando, pensando e não lembro de uma personagem "mãe" que me fizesse ter ódio kkkkkk Bjossss

www.porredelivros.com

Nayara Borges disse...

Olá!
Primeiramente eu adorei esse especial, falar sobre as piores mães da literatura, muito legal. E segundo, eu super concordo com o seu primeiro e quinto lugar. Eu odieeeeei Jocellyn, na verdade eu não me dei muito bem com a história de Cidade dos Ossos, mas ela realmente deixou a filha dela totalmente sem respostas e ela acabou sendo jogada em um mundo completamente desconhecido e cheio de perigos sem qualquer informação. Quanto a mãe do Tio Vold, ela foi realmente uma das piores mães da literatura. Forçar alguém a ficar com você, usando uma porção tão poderosa, só poderia gerar nosso amado vilão (O que foi bom, né? Olhando para outro lado hahahaha). Adorei!
Beijos,
Nay
Traveling Between Pages

Tamires Marins disse...

Só conhecia a mãe so Voldi. Sempre nos deparamos com mães terríveis, mas se tem uma que me deu verdadeiro asco foi a mãe de Lochan e Maya em Proibido! Eu realmente fiquei com nojo da personagem!

Beijos

Oii, tudo bem?
Adorei a matéria, ahahah. 5 piores mães? Bem diferente.
Confesso que não li nem um dos livros citados acima, mas assisti ao filme orgulho e preconceito e tenho que concordar. Uuh muié chata sauhsuahs
Parabéns pelo post, achei bem divertido

Olá!
Achei o post super criativo, adorei hahahaha realmente, eu adoro a Sra. Bennet, mas é muito difícil defender! hahaha a Jocellyn me irritou bastante mais pelas atitudes que ela teve depois de todo o problemas nos três primeiros livros. Faz mais posts assim!!
Beijos,

Luana

Sabrina Finoti disse...

Oi!
Adorei sua lista hahahah.
Realmente a Jocelyn mereceu estar nessa lista, afinal mentir para a filha deu origem a todo um drama de Clary não ser bem preparada para o que um dia iria enfrentar e tals.
A mãe de Eva nem se conta, mulherzinha detestável, toda cena que ela aparece eu fico pra morrer com tanta chatice

Olá, tudo bom?
Gostei muito da sua lista e a achei bem diferente! Concordo com quatro das cinco mães da lista. A senhora Bennet era totalmente sem noção e só pensava em casamentos, mas, para época ela já era muito mais que muitas mães, que não tinham quaisquer contato com seus filhos. Acho que a questão da personagem é algo cultural mesmo.

Beijos!!

Jamily Moura disse...

Oi! Vou ter que discordar de ti. Duas vezes. kkkkkkkkk Tanto na Bennet quanto na Mérope. Em relação à Bennet, ela é uma pessoa que tem lá seus defeitos, mas temos que pensar as coisas de acordo com a sociedade da época. Eles mal tinham o que colocar na mesa e mulher, naquela época, não gerava renda. Ou casava ou morria de fome. A expectativa de vida deles era baixa também. Ela só queria o bem das próprias filhas. Como nenhuma era casada, ela tentava ao máximo que ao menos um casamento rico salvasse todas.
Em relação à Mérope, não se pode esperar daquela estrutura familiar qualquer tipo de educação ou caráter dela, não é? Ela simplesmente nunca foi educada. Nunca. Não houve ensino de certo/errado, não houve atenção, carinho. Era uma criança carente no corpo de mulher. Era de se esperar o que ocorreu. Enfim. Isso não as tira da lista, de forma alguma, kkkkkkk Mas temos que analisar as coisas nos contextos em que elas estão. Adorei sua postagem. Acho que nunca comentei tanto em uma antes :D

Ivi Campos disse...

Fiz um post parecido no meu blog, mas com 5 mães diferentes, mas igualmente imbecis. Das suas escolhas, Merope Riddle ganha pra mim d epior.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Dani Jardim disse...

Olá, tudo bom?

Também acho a Jocelyn uma pessima mãe. Não li os outros livros da série ainda, mas não achei nada legal ela mentir para a filha.
Ainda não li Orgulho e Preconceito mas gostei de já saber que a mãe da principal não é tão boa, assim já sei o que me espera.

Beijos:*

Wesley Italo disse...

Que time de mães , hein?? Não propriedade para falar dessas mães , pois não as conheço, mas a mãe da protagonista em "Tudo e Todas As Coisas" não é uma mãe tão boa, por que inventar uma baita de mentira daquelas.... (não falar não dar spoiler) hahahaha Achei o post hiper criativo, adorei!!! Beijos do Wes^^

Carla disse...

Oie!
Adorei a postagem!
Sabe que não parei para pensar nas mães da história? E ainda não parei para pensar nas piores mães. Realmente, a mãe da Clary mentiu muito para a filha, e muitos dos problemas que ela enfrenta, poderia ser eviado.
Uma ótima postagem!
Bjks!
Histórias sem Fim

Oie, tudo bem? Eu adoro livros que retratam a relação mãe e filho, já li vários, e conheci mães realmente, realmente terríveis. Acho que meu troféu de pior mãe vai para a Maria Lúcia, do livro Uma Duas, da Eliane Brum. Da sua lista eu só conheci a Jocellyn e a senhora Bennet. Eu também não gostei nada das atitudes da primeira com a filha, mas sobre a Bennet, eu não concordo com ela sobre alguns aspectos, mas entendi suas atitudes, levando em consideração as convenções sociais da época.

Ótimo post.
Beijos!

Oi, tudo bem?
Antes de tudo quero parabenizar pelo post, pois a ideia foi muito bacana e adorei ler os comentários sobre essas mães. Bom, eu ainda não conheço nenhuma das mães citadas, mas fiquei curiosa para conhecer elas e uma das que acho que conhecerei antes vai ser a Julie, pois tenho o livro aqui.

Beijos :*

Olá, tudo bem?
Adorei o post! Desses livros, li Orgulho e Preconceito, Os Instrumentos Mortais e Harry Potter. Eu entendo as críticas feitas à sra. Bennet e a Jocellyn, mas eu até entendo o lado delas. No caso da Jocelyn, considerando quem era o pai da Clary, dá para entender o motivo dela esconder a verdade. E no caso da sra. Bennet, ela realmente acredita estar fazendo o melhor para as filhas. Falta bom senso e bons modos? Falta. Mas acho que não falta amor e bos intenções haha.
De todo modo, amei o post!
Beijos!

Michele Lopez disse...

Olá,
Adorei a postagem e achei até bem divertida, afinal podemos conhecer um pouco mais sobre essas personagens escolhidas a dedo de uma forma diferente ao invés de ser em uma resenha.
Confesso que ainda não li nenhum dos livros aqui citados, mas tenho muita vontade de conhecer o clássico Orgulho e Preconceito. Meu irmão vive me perturbando para que eu leia as obras da Cassandra, então ele também está na minha listinha de futuras leituras.

LEITURA DESCONTROLADA

Carol Souza disse...

Ahhh, eu amei a criatividade do post. Jamais teria pensado nisso hahahaha.
Olha... não conhecia nenhuma dessas mães, mas só pela descrição que você fez, já dá para ver que são realmente horríveis. Deve ter sido dificil ler esses livros nas partes que envolviam essas personagens né?! Você deve ter passado muita raiva hahaha.

ourbravenewblog.weebly.com

Ana Gabriela disse...

A sra. Benett é um porre, muito chata mesmo. Haha adorei o post!
www.belapsicose.com

Olá,

Conheço todas as mães citadas no post, com exceção de Sra. Bennet e Julie, pois ainda não li esses livros, mas quero! Anyway, sempre haverá mães boas e ruins, algumas provocam raiva como a Mônica, porém tem outras que só tomaram decisões ruins por achar estar protegendo os filhos, caso da Jocelyn. Achei bem legal seu tipo de postagens, geralmente a gente só vê as melhores mães.

Olá!
Que postagem mais diferente!
Até ler seu post, não tinha pensado em personagens assim, mas gostei. Também acho a Sra. Bennet um saco, sério, ô mulherzinha. A Julie de - Os Bons Segredos - é terrível, ela vê apenas um filho, coisa feia demais. Não acho a mãe de Instrumentos Mortais tão ruins, acho que tem piores.
Beijos