[RESENHA] Fifty Shades #2: Cinquenta Tons Mais Escuros

5/18/2017 Aninha Goulart 17 COMENTÁRIOS


Oiii seus lindos, a muito tempo atrás a Carol fez a resenha de Cinquenta Tons de Cinza (que vocês podem conferir aqui), mas ela não fez da sequencia (que vergonha Carol :O), então para ficar bonitinho e para vocês saberem o que nos achamos desta sequencia que bombou no mundo inteiro, eu assumi a missão de vir contar um pouquinho desta história e do porque é o meu livro preferido desta trilogia (Sim eu adoro a trilogia, me julguem!), e como esta é a sequencia do primeiro livro, já aviso que possivelmente teremos alguns SPOILERS.

Em Cinquenta Tons Mais Escuros temos a volta do relacionamento de Anastásia e Christian, desta longaaa separação (que não chegou a uma semana) e todo o processo do nosso nem tão mocinho assim em um cara que quer deixar de lado os gostos estranhos (para não dizer outra coisa) e querer viver um relacionamento que para ele é estranho, mas que para o mundo (acredito eu) é normal, e assim temos uma espécie de redenção, em que ele descobre que não precisava daquilo, ele somente não conhecia nada diferente (é tipo quando a gente usa só um tipo de shampoo, mas ai testa um outro e descobre que o cabelo fica bem melhor com o novo produto), e ai vemos Chirstian em um processo de tentar reconquistar Ana, e aqui temos uma Ana não tão submissa (pra não dizer idiota mesmo) e que mostra para o que ela que e espera do relacionamento deles.

Neste livro nos compreendemos as atitudes de Christian no primeiro livro, e entendemos de uma maneira clara o real motivo de ele gostar de bater em mulheres morenas e de ter se encontrado no estilo de vida que Ellena (Mis. Robnson) apresentou a ele, bem como o porquê de ele não suportar ser tocado (embora já dê a entender no primeiro livro, toda a historia se encaixa aqui). Alguns conflitos surgem no meio do caminho e de uma maneira bem interessante todos os fatos são apresentados de maneira fluida e de fácil compreensão.

Como eu disse este livro é o meu preferido, se eu tiver que pegar algum livro para ler da trilogia com toda certeza será ele, pois a analise psicológica (sim eu fiz uma a minha maneira) e a maneira como apesar de Christian ter gostos "peculiares" ele aceita deixar isto de lado em nome do que ele quer, e a maneira como a Ana se mostra mais madura (sim é um amadurecimento relâmpago, levando em conta a separação de uma semana), então a história deles vira uma de evolução, eles crescem em diversos aspectos juntos.

Para ser bem sincera é a velocidade com que o relacionamento deles anda, em um mês eles se separam, em uma semana voltam e dai tudo rola em uma velocidade RIDICULAMENTE RÁPIDA, e isto me incomoda muito (me incomodou no primeiro também o namoro na velocidade da luz) porque acho irreal de mais esta rapidez toda em relacionamentos, e não é só aqui em todos os livros isto me incomoda.

E como estamos falando do segundo livro só agora, acho valido falar um pouquinho para vocês o que achei do filme. Como todo mundo sabe os filmes são uma versão mais romantizada dos livros (não tentem me convencer que nos livros o Christian é este cara fofo e gentil que aparece no filme porque ele não é), mas no primeiro filme a atuação da Dakota e do Jamie me incomodam muito, porque é Bela e Edward de mais (fãs de crepúsculo não me matem por favor) e tanto nos livros quanto nos filmes a Ana e o Christian não são assim (embora seja uma fanfic de crepúsculo, em diversos aspectos os personagens são diferentes), e aí que veio a maior surpresa de Cinquenta Tons Mais Escuros porque a Dakota e o Jamie deram vida aos personagens, com expressões que eles não tinham antes e está foi uma surpresa mais do que agradável. 

Eu adorei o filme, pois todas as cenas importantes do livro apareceram lá (somente uma do aniversário do Christian é que foi modificada pelo que eu me lembro), mas algumas das cenas que eu estava muito ansiosa para assistir e aí eles não fizeram como eu imaginava (não sou roteirista, mas eu imaginei a cena e queria que ela fosse assim! Me deixem rs), mas de uma forma geral eu gostei muito do filme, mais do que do primeiro rs. Daqui a um tempinho eu venho contar para vocês o que achei de Cinquenta Tons de Liberdade, e prometo vir antes que lancem o filme rs.








Título: Cinquenta Tons Mais Escuros | Série: Cinquenta Tons de CinzaPáginas: 512
Autor(a): E.L. James | Editora: Intrísseca

17 comentários:

Unknown disse...

Ola! Vim aqui conhecer o blog e acabei vindo direto para esse post.
Primeiro pq eu me apaixonei pela trilogia cinquenta tons ( muitos julgamentos contra mim) e eu tb gosto mais do segundo livro!
Concordo com vc em muitos aspectos e vou fazer a resenha dele em breve, depois da uma passada la pra dar uma olhada!
O blog esta incrível! Parabéns a vocês! Day santana

F disse...

Ola
eu também gosto da trilogia, não posso negar, achei bem legal sim, apesar de que faz tempo que os li. Então nada de julgamentos... Adorei poder acompanhar suas impressões e foi ótimo poder relembrar um pouco da trama e especialmente dos personagens.
Beijos, F

Kamilla Evely disse...

Olá!
Infelizmente ainda há um preconceito com quem gosta do gênero, principalmente com 50 tons. Mas assim como você, eu adoro. hahaha Eu também gosto muito desse segundo livro, porque as coisas ficam mais claras para o leitor, a gente consegue entender melhor o Grey e os seus gostos peculiares. Em relação ao filme, o primeiro concordo com você, mas o segundo não deu uma melhorada significativa pra mim, ainda não consigo visualizá-los como Ana e Grey, sabe? Falta algo, não sei explicar o quê. E sobre a romantização do livro no filme é muito evidente, né? Mas acho que não agradaria ao público que não leu, por isso assim o fizeram.
O filme vai demorar um pouquinho ainda, acho que dá tempo de postar a resenha do último livro. haha
Beijos

www.lendoeapreciando.com

Rízia Castro disse...

Oi
Sou suspeita para falar pois adoro essa trilogia. E especialmente esse livro, que é o meu favorito.
Inclusive adorei a adaptação para o cinema! Senti falta de algumas coisas, mas no geral amei.
Gostei de ler suas impressões.
Beijinhos
Rizia Castro - Livroterapias

Jessie disse...

Oi Aninha!

Eu não sou a maior fã de 50 Tons, na verdade acho Christian um sociopata e a Anastasia uma idiota, mas tenho que admitir que este segundo livro é melhor que o primeiro, mas eu não consigo achar a escrita da EL James legal, acho infantil e carente de recursos.

Enfim, a sua resenha expressou direitinho e sei que tem um monte de gente que concorda com você.

Beijinhos

Mica disse...

Eu passei muita raiva com essa trilogia Aninha e o terceiro livro quase me infartou (de tanto ódio) para ser bem honesta e por isso tomei antipatia q acabei até dando meus livros pra uma amiga q mora aqui perto de casa.

OIe,
Minha experiencia com a trilogia não é muito boa. Não terminei o primeiro livro porque descobri que a série era uma fanfic de crepúsculo, que eu amava, daí não consegui mais ler. Vi o primeiro filme e gostei, mas ainda não vi o segundo. O ruim é que a série foi tao famosa que eu já sei tudo o que acontece sem ter lido ou assistido, daí perde a graça. Gostei do fato de você falar que gostou do filme, o que é raro entre leitores. Vou assistir ao filme pra ver tbm!!
Beijos
Blog Relicário de Papel

Tamara Padilha disse...

Oie, gosto das análises psicológicas que dá para fazer em relação a esse livro também, mas como li há anos, não lembrava em qual livro dá para fazermos essa maior associação emocional. Bom que você gostou do filme, eu não assisti nenhum e nem pretendo, não gosto de filmes no geral.

Nay Sartor disse...

Oie! Tudo bem?

Fico feliz que tenha gostado da leitura, mas eu infelizmente tenho pavor dela! Li somente o primeiro volume e não cheguei acabar ele de tanto que odiei a história, sei o que acontece em cada um dos livros por conta das resenhas, mas não sinto nem um pouco de vontade de lê-los novamente!

Bjss

Olá!
Li essa trilogia logo que foi lançada, mas não consegui concluir a leitura, pois os personagens não me convenciam. Fico contente que você tenha gostado, mas é um universo para o qual não quero voltar. É muito bacana você ter feito essa analise psicológica da trama.
Beijos,
Um Oceano de Histórias

Grazi Moraes disse...

Oie amore,

Matei a saudade do CG... li essa série quando lançou um atrás do outro... e amei na época.
Adorei a resenha... me fez lembrar de quando li o livro...
Quero ler a resenha do terceiro!

Beijokas!

Olá.
Já faz tempo que li essa trilogia, mas lembro que fez muito sucesso na época, para todo lugar que eu olhava, tinha alguém com ele na mão.
Sua resenha ficou bem completa.
Eu não gostei tanto dos filmes quanto gostei do livro. Achei o primeiro ruim, mas este segundo conseguiu se superar com aquela cena do helicóptero.
Abraços.

Livros & Tal disse...

Oi..
Ai então... eu tenho um sério problema com essa série. Os livros são meio que nada a ver, concordo com o que disse da velocidade e tudo mais... Mas pra quem gosta do romance hot e tudo mais é uma boa, apesar de eu não concordar muito por achar que falta história, falta enredo e tem uma apelação muito grande pro romance hot.

beijos
Livros & Tal

A essa altura do campeonato, acho raro encontrar alguém que ainda não tenha lido algum livro dessa trilogia, huahuah

Eu achei o filme fraco, muita coisa relacionado a Laila mudou, mas enfim... Foi o que deu pra fazerem né? Acho que meu preferido é o terceiro livro, que o encanto com o Christian quebrou, pois parecia que ele já estava esperando o dinheiro ser roubado pela Anna. Então a parte de "crush" acaba e vimos a realidade de Christian \o\ um cara bobão e temeroso que só se faz de bonzão u.u

Abraços!
www.asmeninasqueleemlivros.com

Sabrina Finoti disse...

Oi!
Então, eu li esse livro há muito tempo, mas sinceramente hoje com a carga de leitura que tenho hoje não conseguiria ler esse livro sem analisar mais a fundo e ver as coisas 'erradas' do livro e tals.

Cah Couto disse...

Olá!
Adorei sua resenha, adorei a parte do shampoo kkk
Esse também é meu favorito da trilogia. Eu gostei do filme e louca pelo terceiro.
Parabéns pela resenha.

Beijos
Leitora Dramática
https://blogleitoradramatica.blogspot.com.br/

Olá, tudo bom?
Então, não curti muito essa série, então não compartilho esse amor que você sentiu por ela. Mas curti saber os motivos pelos quais você gostou mais desse livro que dos outros e de saber que para você, ao contrário de tanta gente, o filme deste livro foi melhor que o primeiro e que apenas uma de suas cenas favoritas (a do aniversário) não foi reproduzida como você imaginou. Gostei muito de sua resenha!!

Beijos!

Obrigada por compartilhar conosco a sua opinião