[RESENHA] Red Queen #1: A Rainha Vermelha

6/27/2017 Jessie 14 COMENTÁRIOS

Foto por: Meu Faz De Conta
Quando a Editora Seguinte anunciou que lançaria A Rainha Vermelha fiquei completamente entusiasmada porque o livro com certeza tinha tudo pra ser uma leitura avassaladora. E foi.


A sociedade para a qual somos transportados tem uma divisão bastante simples de compreender: aqueles que possuem sangue prateado pertencem à nobreza e possuem poderes incríveis. Já aqueles que têm sangue vermelho são camponeses, vivem para servir os nobres e são usados como "bucha de canhão" nas guerras que acontecem.

A jovem Mare, nossa protagonista, e toda a sua família possuem sangue vermelho, isso quer dizer que eles vão servir aqueles que pertencem à nobreza e têm sangue prateado, mas essa parte nem é a pior: assim que completar 18 anos ela provavelmente será recrutada, como aconteceu com seus irmãos mais velhos, para combater os inimigos.

Ela é uma pessoa bastante incomum por sua personalidade, Mare quebra as regras roubando, pequenos furtos que vão garantir a sobrevivência de sua família, mas a pobre camponesa não consegue vislumbrar um futuro esperançoso, tudo o que consegue fazer é se conformar com o seu destino, que lhe parece bem certo.

Mas o que a adolescente sabe de seu destino? Pois é, o mesmo que todos nós: nada! Por isso ela fica extremamente surpresa ao se deparar com uma mudança que jamais sonharia. Ao invés de ir para a guerra ela é recrutada para servir no palácio e é lá onde reviravoltas ainda menos possíveis, segundo o que ela sabe sobre si mesma, poderiam acontecer e eles mudam o rumo de tudo na vida da garota. Será que ela vai ser forte o suficiente para aguentar as surpresas que lhe aguardam?

Preciso que vocês imaginem um livro que tem de tudo, onde o enredo é vibrante e te prende desde o primeiro parágrafo até a última linha escrita. Preciso que vejam um mundo inédito, onde a crítica à segregação se faz presente em cada capítulo, um universo que mostra a desigualdade de uma maneira fantasiosa, mas não irreal. Uma fantasia onde a mitologia te prenda e te faça refletir e uma personagem que te inspira a cada pensamento. Conseguiram? Bom, eu duvido! Mas caso queiram ajuda podem mergulhar no livro de Victoria Aveyard sem nenhum receio de se decepcionar.

O mundo para ao qual somos apresentados em A Rainha Vermelha é fascinante e viciante ao mesmo tempo. Durante todo o tempo o leitor é convidado a refletir sobre questões importantes que permeiam as relações humanas como, por exemplo, a exploração exercida pelos mais fortes, as várias formas com as quais pode se subjugar alguém e a opressão há tanto tempo sofrida por um povo que acaba se tornando um fator cultural. Tudo isso permeado por uma fantasia muito bem criada.

Mare é uma personagem singular, a forma como ela encara o seu mundo e as suas possibilidades — sem esperança, mas fazendo o melhor que pode com o que lhe foi dado — torna a história mais estimulante para aqueles que decidem mergulhar nas páginas da obra. O mais interessante é que as reviravoltas na vida dela e, principalmente, a forma que a garota reage a elas a torna quase real para o leitor.

Para quem não sabe Red Queen, título original da obra, é apenas o primeiro livro dessa trilogia, e o livro de estreia de  Victoria Aveyard que, na minha opinião, não poderia ter começado melhor! Os livros foram lançadso no Brasil pela Seguinte, selo da Companhia das Letras então o que eu posso dizer é: esperem qualidade da edição e da tradução.

Uma outra notícia que pode interessar a alguns é que os direitos para a adaptação do livro para o cinema já foram adquiridos pela Universal Studios e a roteirista responsável é ninguém menos que Gennifer Hutchison, fãs de Breaking Bad certamente reconhecem o nome.

Só posso tecer comentários ao livro, o fato de estarmos em um período medieval, mas com discussões recentes só me fez ficar ainda mais apaixonada pela história. Com toda certeza do mundo A Rainha Vermelha já faz parte dos livros do meu Top 5 do ano. E com alguns contos e as sequências já publicadas pela Editora Seguinte só posso dizer que estou mais do que empolgada para continuar mergulhando cada vez mais fundo na narrativa da Victoria.









Título: A Rainha Vermelha | Série: Red Queen | Páginas: 422


Autor(a): Victoria Aveyard | Editora: Seguinte

14 comentários:

F disse...

Ola
Eu gosto muito dessa série, e particularmente, o primeiro volume continua sendo o meu queridinho, mesmo porque foi um dos que mais me surpreendeu e mostrou que não dá para confiar em ninguém nesse enredo né?! Tem de tudo nesse enredo mesmo, mas não deixe de ler os outros.. ah, suas impressões refletem as minhas próprias, e que bom que curtiu a leitura.
Beijos, F

Carla disse...

Oie!
Eu já tive a oportunidade de ler o livro, assim como os dois seguintes, e gostei bastante da história. COnfesso que estou bem curiosa com a sequencia, pois depois de tudo que acontece na trama, não tem como não fica curiosa rsrs
Bjks!
Histórias sem Fim

Nay* disse...

Oii!
Eu tenho esse livro desde o ano passado,mas ainda não o li,confesso que desanimei pelo que li do último lançado, sinceramente tenho medo que vire uma "a Seleção da vida" que se pronlogou e se perdeu.
Mas provavelmente eu o estarei lendo,sua resenha me animou um bocado!

Ivi Campos disse...

Li este livro ano passado e embora tenha sido uma leitura prazerosa, eu vi tantos elementos de outras histórias que isso me deixou um pouco cansada e não segui com a série. Que bom que pra você a leitura funcionou.
Meu Amor Pelos Livros
Beijos

Fiquei impressionada com seu entusiasmo pela leitura desse livro e vou aguardar a adaptação para o cinema. Fiquei curiosa para saber mais sobre esse mundo apresentado em "A Rainha Vermelha"!! Espero que a leitura me contagie!

Abraços,
http://contosdacabana.blogspot.com.br/

Olá! Este livro, não é novidades, para mim, já li muitas resenhas favoráveis a ele. Já esteve na minha lista de leitura, mas, não me sinto atraída, pela leitura. A capa é linda, creio que é uma leitura viciante. Porém, não sei ao certo, o que me mantem desinteressada por esta livro.
Passo a dica, espero um dia poder dá uma chance para este livro. Que só sei desdenhar.

Abraço

Olá,

Concordo super com você! Adorei esse livro, os personagens foram bem trabalhados, senti raiva de vários no decorrer da história. Me envolvi 100% com esse livro, a autora soube como desenvolver e criar um universo incrível, mal posso esperar para ler os outros livros dessa série, espero que se mantenha o ritmo.

Beijos,
entreoculoselivros.blogspot.com.br/

Eu já vi várias pessoas falando sobre esse livro, e sem exceções todas falam bem. Apesar de não ser meu gênero favorito, desde a primeira que o vi me interessei pela leitura. Mas infelizmente o tempo anda curto, espaço inexistente, e a grana também anda escassa :/ ... Mas adorei ver mais uma opinião positiva sobre a obra, só reforçou meu interesse.

;D
Nelmaliana Oliveira

olá!
Ainda não li esse livro, mas já li muitos elogios para ele, inclusive de pessoas que conheço e confio. Acho que a personalidade da Mare é o que mais vai me agradar na trama. Também gostei de você ter dito que o mundo é fascinante. A obra parece ser uma mistura de muitas coisas que, juntas, parecem ter funcionado bem.
Dica anotada.
Beijos,
Um Oceano de Histórias

Olá!
Resolvi começar essa série esse ano e simplesmente fiquei apaixonada pelo que li! Não entendo todas as críticas negativas que tem, já que entrega aquilo que promete, além de amar as referências. Não sabia que os direitos tinham sido vendidos! Espero que a adaptação chegue para a gente em breve.
Beijos.

Livreando disse...

Até o momento só li esse livro da trilogia e lendo sua resenha, concorde com todos os predicados que você deu para a história. Todo esse universo, com bastante dinamismo me encantou. Pretendo ler os outros em breve, espero terminar antes de saírem os filmes, hahaha.
Amei a foto,ficou linda.
Bjim!
Tammy

Oi Jessie, como está?
Já li várias resenhas de "A rainha vermelha" e quase todas foram muito positivas embora haja um conflito de senso entre os leitores quanto ao rumo que a série tomou no terceiro livro embora o segundo tenha sido igualmente alvo de controvérsias, mas, não posso opinar com acuidade por não ter lido, ainda. Excelente que a leitura foi boa contigo.
Abraços e beijos da Lady Trotsky...
http://rillismo.blogspot.com

Aninha Goulart disse...

Oiii,

Eu sou louca para ler esta serie, e a cada resenha que eu leio fico com mais vontade ainda de ler. Sua resenha esta incrível e me fez querer passar essa leitura na frente das outras. Adorei a maneira como você transmitiu os fatos e como eles te envolveram.

Beijinhos...

Francine Nunes disse...

Olá!
Eu já vi muito a capa desse livro por aí, mas incrivelmente nunca tinha lido a sinopse e nem um resenha!
Julguei o livro pela capa e pelo lido perdi uma ótima oportunidade de leitura.
Me interessei por tudo nesse livro, desde a premissa até os pontos positivos que você levantou da obra: narrativa, tratamento de segregação social, ambientação medieval, protagonista forte...
Enfim, quero a obra para ontem!
Abs e obrigada pela dica ^^