[RESENHA] Especial Nacionais: 8 Segundos

7/24/2017 Jessie 3 COMENTÁRIOS


Hoje damos início ao projeto especial Semana dos Nacionais aqui no blog. Vamos ter posts todos os dias para falar um pouco sobre algumas obras de autores nacionais que amamos! E para começar trago a resenha de 8 Segundos da Camila Moreira, uma das minhas autoras favoritas no mundo! Provavelmente quem segue o blog já percebeu que gosto de romances eróticos, mas ando um tanto decepcionada com o gênero porque ou as personagens criadas são doentes demais para o meu gosto, ou o enredo deixa muito a desejar (já que os dramas e segredos não são lá tão interessantes quanto fantasio durante a leitura), mas a Camila consegue dosar bem e, dos livros dela que li, tenho muito pouco a reclamar. 

Pietra e Lucas são de dois mundos completamente diferentes: ela uma pessoa mimada que não cresceu e vive às custas do pai, tem tudo que quer e na hora que quer. Ele um cara simples do interior, foi criado pelo tio e é completamente apaixonado pela natureza e por tudo que ela pode proporcionar. O maior sonho de Lucas é conseguir chegar a Barretos, o de Pietra ir morar em Paris.

Para a jovem conseguir o seu tão almejado apartamento na Cidade Luz ela fez um acordo com o pai de ficar trinta dias na Fazenda Girassol e só depois ela poderia partir. Lucas por outro lado decidiu voltar a montar e por isso precisa retomar os treinos, afinal ficar oito segundos em cima de um touro bravo não é a tarefa mais fácil de todas.

Quando eles se encontram, logo que Pietra chega à fazenda, ambos logo percebem duas coisas: não se suportam e há uma química avassaladora entre eles. Depois disso, por mais que tentem não se envolver, isso acaba sendo impossível. E as diferenças entre eles, apesar de gritantes, escondem um passado doloroso e que nenhum dos dois tem ciência no começo da história.

Apesar de ela ser o esteriótipo da pessoa mimada e insuportável que cria caso por tudo, Pietra já sofreu muito por causa da mãe, sem nunca ter superado. Por outro lado, Lucas não é o cara mais sortudo do mundo, seu passado guarda uma trágica história envolvendo seus pais. Será que isso vai funcionar? O que o futuro reserva para o peão e a patricinha? Eles vão conseguir superar o passado para construir uma relação?

Bom, como havia dito, mesmo adorando o gênero estou realmente cansada da mesmice que andam sendo os livros eróticos ─ assim como muita gente ─, mas a Camila parece saber disso e, por e traz algumas coisas novas para sua narrativa. A primeira delas é que os dramas e segredos de cada personagem não são bobos, eles realmente afetam e chegam a chocar o leitor. A segunda ─ e pra mim o grande acerto dela ─ é colocar o ponto de vista tanto da mocinha quanto do herói da história, assim nós enxergamos os dois lados da história e tudo fica muito mais emocionante.

Durante uma boa parte do livro a personalidade da  Pietra me incomodou, mas acredito que a Mila tenha feito isso de propósito, porque a personagem da uma virada em sua vida muito grande depois de alguns acontecimentos. O que não gostei foi do fato de que em poucos meses a Pietra muda completamente de uma jovem mimada e egoísta para alguém altruísta e que aprendeu a amar a vida no campo. Essas mudanças radicais de personagens em pouco tempo realmente não me convencem, acredito que por mais que o amor transforme a pessoa leva um tempo para deixar de lado tudo que você foi durante toda a sua vida para se tornar alguém melhor. Por outro lado é interessante que no  fim ela tenha tentando seguir seu caminho e feito suas próprias escolhas independentemente do  que sentia pelo Lucas.

Lucas por outro lado foi um encanto e realmente é difícil não se encantar pelo jeito que ele olha a vida e quando estamos vendo a história sob sua perspectiva fica tudo mais leve e bonito. Fiquei de fato encanta pela construção desta personagem e sobre tudo com a forma maravilhosa que a Camila conseguiu apresenta-lo no livro sem ficar caricato.

Diferente de muita gente, eu adorei essa capa desde o dia que a Suma de Letras a divulgou, gosto dos tons usados. O único probleminha na capa é o material usado no título. Mesmo mantendo meu livro bem quietinho no canto dele 8 Segundos começou a desbotar e por isso acredito que poderiam ter pensado nisso.

Uma coisa realmente engraçada que preciso compartilhar com vocês é que, no começo da leitura fiquei um pouco desconfortável porque toda vez que lia o nome “Lucas” associava ao meu irmão ─ que, aliás, é dois anos mais novo que eu ─, uma experiência não muito legal, podem acreditar em mim. Minha mãe (que é super fã da Mila) também teve o mesmo problema. Mas conseguimos, depois de um número considerável de páginas, não lembrar dele e assim a leitura correu maravilhosamente bem para nós duas.









Título: 8 Segundos | Páginas: 280Autor(a): Camila Moreira  | Editora: Suma de Letras

3 comentários:

Laura disse...

Amo a Pietra e o Lucas mesmo ela sendo mimada e ele sendo da roça e q engraçado a história com seu irmão. ñ sei o q faria se fosse uma história com o nome do meu

Quando vi a capa do livro imediatamente a associei ao filme Pure Country, que é baseado no cara que quer se tornar campeão de rodeios cujo tempo para ficar em cima do touro é 8 segundos. Mas colocando isso à parte, as histórias são diferentes e eu gostaria muito de ler o livro. Parece-me ser uma leitura gostosa e leve.

Lana Silva disse...

Li este livro ano passado, e a premissa da estória apesar de ser clichê, a autora soube complementa-la, com muitas revira voltas, que me surpreenderam em vários momentos. Uma pena que a trama seja tão erótica, que em alguns momentos tornaram a minha leitura cansativa, mas de modo geral uma leitura bastante envolvente.

Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/