[RESENHA] Especial Nacionais: Dominados

7/28/2017 Aninha Goulart 21 COMENTÁRIOS


Oiii seus lindos, dando sequência a Semana de Nacionais (os outros posts vocês podem conferir AQUI) hoje vou contar para vocês o que achei de Dominados da Mila Wander, e já vou começar dizendo que tive muita dificuldade de escrever esta resenha, porque fiquei com medo de acabar falando demais e soltar algum spoiler sem querer, mas vamos ao que interessa e descobrir um pouquinho desta história maravilhosa.


Laura Diniz é uma dominatrix, acostumada a dar o melhor de si e batalhar em busca de seus desejos, sem se importar com quem está em seu caminho, mas sempre promovendo um desafio justo, ela agora buscará um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox (CMD). Um cargo que é o princípio do que ela deseja para sua vida e para que este sonho se concretize há apenas um empecilho: Henrique Farias.

Henrique é um dominador, ambicioso, poderoso e com paixão pelo desafio, tal como Laura, e assim como ela busca o cargo de Diretor Geral da CMD. Como o desafio não pode ser somente em busca do cargo, eles precisam apostar ainda mais para tornar tudo ainda mais atraente para ambos. É neste cenário que o jogo de poder e sedução começa.

A primeira coisa que vocês precisam entender é que eu fiquei um tanto quanto receosa de ler. E por quê? Ele é um livro grande e por conta da experiência que tive com O Safado do 105 (confira  a resenha AQUI), fiquei temerosa de esta narrativa também tivesse mais paginas do que era necessário, mas decidi ler e embora adore a escrita da Mila Wander, a maneira como ela interliga os fatos que geram os conflitos principais da história, Dominados, tal qual O Safado do 105, poderia facilmente ter umas 100 páginas a menos. De uma forma geral a história é muito bem escrita, com personagens ótimos e com temáticas mais relevantes que ambos serem dominadores.

Henrique não é o típico playboy que se acha de mais e faz o que quer por ser um filhinho de papai ou coisas do tipo, ele é um homem lindo (branco, alto e forte!) que tem noção de sua beleza, mas que principalmente usa sua inteligência para buscar seus sonhos, sem no entanto pisar em ninguém para chegar onde deseja. Laura não é mocinha doce e abalada, ela é forte e determinada, não é gentil (com ninguém mesmo!) e sempre busca novos desafios que demonstrem sua capacidade, seu problema? É que ela sempre precisa mostrar mais do que os outros (ela é mulher e negra, em uma sociedade machista!) e são os questionamentos apresentados pela personagem e a maneira como ela lida com tudo que trazem o diferencial para está história.

Foi absolutamente maravilhosa a maneira como a Mila intercalou cada problema e mostrou uma solução, assim como o fato de a história ser narrada pelo ponto de vista da Laura e do Henrique, deixando claro o que cada um fez para chegar aquele ponto, fazendo assim que o leitor entenda cada uma das motivações da personagens.

Tenham em mente que a Laura tem problemas graves sim (para além daqueles gerados pelo preconceito e o racismo!) e que muitas das vezes ela não lida bem com eles, mas eu achei ela tão humana  e me senti tão próxima dela (apesar de algumas atitudes que eu não consigo me imaginar fazendo rs), ela é muito gente como a gente, enquanto o Henrique passa a ser aquele sonho de consumo com ressalvas, porque embora ele realmente seja encantador eu me vi incomodada com vários traços de sua personalidade.

Todos os personagens que tem um mínimo de foco que seja na história são muito bem descritos e tem seus papéis muito bem demarcados. Embora tenha achado que umas 100 páginas a menos seria perfeito (porque algumas partes da história eu achei desnecessariamente enroladas!), consegui fluir a leitura de uma maneira bacana e me vi desesperada para descobrir o desenrolar da história deles.

A edição está muito linda, não encontrei erros gramaticais, só alguns de digitação que devem ter passado despercebido pela revisão do livro. Achei a capa muito linda e principalmente não é apelativa (o que é algo que me incomoda profundamente em romances eróticos!) e a diagramação está impecável, com as demarcações de capítulos e de mudança de ponto de vista muito bem estruturadas.

Não sei se a Mila tem planos de fazer algum livro ou um conto a respeito de alguns dos personagens, mas eu ficaria muito feliz de saber mais sobre o antes do Henrique e da Laura em detalhes, mas gostaria muito de conhecer também a história da Jane (irmã da Laura) e do Luis (irmão do Henrique) porque foram dois personagens que conseguiram conquistar meu amor.


Para aqueles que gostam do gênero é um leitura que recomendo bastante e que digo que embora algumas partes possam te fazer querer desistir, persista pois posso garantir que no final quem acabará dominado serão vocês






Título: Dominados Páginas: 489Autor(a): Mila Wander  | Editora: Qualis

21 comentários:

RUDYNALVA disse...

Oi!
Gosto muito do estilo romance hot e pelo visto, esse fala de relacionamento BDSM.
Uma pena a autora ter se estendido muito e o livro merecer menos páginas do que o necessário e o bom é ver que os conflitos e preconceitos são abordados e enfrentados.
Desejo uma ótima semana!
“Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
Cheirinhos
Rudy

Lana Silva disse...

Tenho muita vontade de ler este livro, mesmo abordando um gênero que não costumo ler, como por exemplo dominação, uma trama mais sensual, ainda sim, me parece que a estória vai além disto e aborda muitos outros tema, como o racismo. Enfim, sua escrita me pareceu envolvente, e cativante, com personagens bem descritos, super me interessei por este livro.

Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

Tais Burigo disse...

Oi tudo bem?
Mila Wander é minha escrito nacional favorita juro! Já tinha visto esse livro por aí mas não tinha parado para ler nada sobre e confesso que adorei a premissa do livro e a sua resenha gosto de livros onde tem um lado sensual mas também que fale de temas um pouco pesados.

Beijos

F disse...

Ola
Eu gosto desse genero sim, por isso posso afirmar que adorei poder conferir a sua recomendação, ainda mais por ser um nacional e eu não sei como ainda não tinha lido nada a respeito anteriormente. De qualquer maneira, adorei poder conferir as suas impressçoes e com certeza gostaria de poder fazer essa leitura.
Beijos, F

Olá, tudo bem?

Eu já li Dominados, mas não gostei muito como outros livros que ela já publicou. Achei o enredo mais fraco, então preferi deixá-lo de lado, rs.

beijos

Oie, tudo bom?
Realmente, capas apelativas também me incomodam demais, achei que era só eu!
Adorei a resenha, parece ser um hot bacana de se ler, apesar de eu não curtir muito o gênero. Por mim passo a dica, mas pra quem gosta é uma ótima recomendação ^^

Paloma Machado disse...

Oiee, tudo bem?

AMO livros HOT's, mas nunca li nenhum livro da Mila Wander, ela está na minha lista há tempos, preciso ler urgente ♥ Adorei o que você contou da trama, acho que vou ter que ler ele logo kkkkkk

Beijos.

Ivi Campos disse...

Nunca li nada da autora por que não curto romance hot, mas gostei da sua opinião sobre o livro e acredito que seria um presente ótimo para a s amigas que gostam deste estilo. Achei a capa bem caprichada.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Livros & Café disse...

Oi.

Ainda não conhecia este livro. Até gosto do gênero e adorei poder conhecer o livro através da sua resenha. Acho que lembro do nome da autora, mas não sei se já vi algum livro dela por aí. Vou procurar por ele no Skoob. Será que tem e-book dele? Vou procurar!

Thiana Santana disse...

Oie.
Já li um livro da Mila e gostei muito, mas fui tentar O Safado e não conseguir finalizar.
Gosto de livros hots por isso sempre gosto de pegar algo do gênero e sendo nacional para ler.
Já tinha visto o livro por ai, mas nunca parei para saber do que realmente se tratava, acho que por não ter uma capa apelativa passou até despercebido por mim. rsrsrsrs
Acho que esse livro irá me agradar muito mais que o último dela que li.
Dica anotada.

Bjs,
Garotas de Papel

Finalmente alguem que me entende! Odeio capas apelativas em livros eróticos, acho tão desnecessário! Tenho visto muitos comentários positivos sobre esse livro e pela sua resenha percebi que vai alem de um romance erótico, aborda temas importantes, espero poder ler em breve, sei que vou amar.

Oie, tudo bem?
Eu não conhecia o livro, até porque não leio romances, nem hot nem de espécie alguma haha
Já li resenha sobre O safado do 105 e também vi muita coisa negativa que o pessoal estava falando.
Acho bacana que você tenha gostado da leitura, porque nada mais frustrante que terminar um livro meia boca né uashiudha
Parabéns pela resenha e pelo blog.
Beijocas <3

LUCIA SANTOS disse...

Ola, Eu adoro livros Nacionais e gosto muito dos livros da Mila Wander, já li Dominados ha bastante tempo, não foi o que eu esperava, achei ele meio enrolado, mas é um bom livro para quem gosta de livros hot!!!

Alessandra disse...

Não sou muito fã deste gênero literário, são poucos os livros com pegada erótica que conseguem me deixar interessada e envolvida pela história.

Já li algumas resenhas a respeito desta história antes e admito que não tenho nutrido curiosidade a respeito, sinto como se não fosse me conectar aos personagens, que não chamam a minha atenção.

Mas como a sua resenha foi tão empolgante, pelo menos me senti contagiada, vou colocá-lo novamente na lista de possíveis leituras.

Nay Sartor disse...

Oie! Tudo bem?

Eu amo livros nacionais, mas essa temática faz anos que não desperta meu interesse, acho que saturei tanto de ler tanto resenhas quanto os livros em si com esse tema, mas não posso negar que a proposta da autora é diferente até certo ponto, e com certeza se eu ainda lesse esse tipo de livro, daria uma chance para a obra sim!

BJss

Olá!
Nossa, odeio essa ideia de que um livro parece ter mais páginas do que necessário. Já fiz algumas leituras assim e achei muuito cansativas!
Não conhecia esse título ainda e mesmo não sendo um gênero que eu leia com frequência, fiquei curiosa para saber como a autora conduziu a leitura.
Vou anotar a dica e a sua recomendação de que, por mais que dê vontade de parar, não devo desistir.
beijos

Polly.webs disse...

Olá, tudo bom?
Apesar de você falar que o livro ter muito mais a mostrar que ambos serem dominadores, o fato de envolver dominador e dominatrix já me deixa totalmente desanimada da leitura. Outro ponto que faz com que não tenha vontade de ler é essa questão de que o livro facilmente poderia ter umas cem páginas a menos. Enfim! Vou passar a sugestão da vez, mas gostei muito da clareza e sinceridade da resenha.
Beijos!

Delmara Silva disse...

Oi,
gostei bastante da proposta dois personagens fortes atraídos um pelo outro não é muito comum em livros do gênero, acho que essa premissa trás uma evolução importante aos livros do gênero que tem trazido enredos que de tão batidos estão se tornando massantes. Eu já havia visto esse livro por ai mas nunca tinha lido nenhuma resenha e gostei bastante do que li na sua, mesmo o fato do livro poder ter sido mais enxuto não chega a me desanimar.

Beijos!

Sabrina Finoti disse...

Oi!
Eu gosto muito dos livros da MIla, esse é um dos únicos que ainda não li e que morro de vontade pois sempre vejo ótimos elogios como os seus à obra.
O mais legal é que ela constroi uma história bem diferente e marcante, que com certeza prende o leitor

Tamires Marins disse...

Nunca li nada da autora e nem conhecia esse livro em questão. Eu li a resenha e não sei bem se curti ou não o enredo... gostei que os personagens são fortes, que a personagem feminina e decidida e que ainda tem essa questão racial, mas eu meio que fiquei indiferente, sabe?
Vamos ver mais pra frente...

Beijos

Isadora Gazote disse...

Adorei a indicação nacional! Estou sempre em busca de nacionais e Mila é uma que sempre é indicada! Nunca li nada dela, apesar de querer ler O Safado do 105 faz anos mas nunca li e sempre vejo críticas sobre a história. Adorei a indicação e certeza lerei!