[RESENHA] As Irmãs Cynster #1: Conquistada Por Um Visconde

10/24/2017 Paraíso Literário 1 COMENTÁRIOS

Oi gente hoje vou contar para vocês um pouco desse livro que descobri por acaso durante a divulgação do segundo volume da série. Conquistada Por Um Visconde conta a história de Heather Cynster, uma jovem dama da alta sociedade, que cansada de esperar seu verdadeiro amor aparecer a sua porta já que não tem mais tempo a perder, afinal ela já esta com vinte e cinco anos e seu próximo ano será fadado a virar uma solteirona, ela então decide que irá procura-lo, nem que tenha que bater de porta em porta até sentir o que deveria sentir quando encontrasse sua outra metade, afinal ela é uma Cynster e todas se casam por amor. 

E é assim que encontramos Heather, em um salão de baile não muito respeitado, para sua condição de jovem dama solteira, tentando a todo custo chamar atenção de algum jovem que a faça sentir o que verdadeiras metades devem sentir uma pela outra, mas o que ela só não contava com o fato de encontrar neste mesmo salão de baile o Visconde de Breckenridge, um grande amigo de sua família. Este é o primeiro contato que temos com os personagens centrais desse primeiro livro, e logo de cara já conseguimos perceber que nada como um pouquinho de clareza e conversa não resolvesse o caso deles.

Mas voltando, ao encontra-la Breckenridge corre em seu socorro para retira-la daquele ambiente nada favorável a sua respeitada reputação, e a acompanha até a saída da casa de Lady Herford, e é assim que ele presencia Heather sendo sequestrada. Ao vê-la sendo levada pelos sequestradores Breckenridge não tem outra reação a não ser de segui-los. Ficando no encalço dos sequestradores quando os mesmos fazem uma parada ele consegue se comunicar com Heather, mas eis que surge um contratempo: graças ao senso de proteção a sua família, jovem se recusa a ser resgatada sem antes saber mais sobre a natureza de seu sequestro.

Ela ela já havia conseguido descobrir que a ordem era sequestrar uma das Cynster, o que implica que poderia ter acontecido uma de suas irmãs ou primas, e por isso Heather , com uma decisão já tomada e motivada por sentimentos nobres, nosso visconde se vê praticamente obrigado a concordar com o "plano" a jovem, e continuar a perseguição aos sequestradores de forma cautelosa, deixando combinando com ela o próximo encontro para a noite seguinte para poderem compartilhar o que Heather por ventura descobrisse.

O nosso mocinho decide seguir os vilões da trama usando um disfarce, para poder ter uma chance de investigar e é assim que acaba descobrindo a ligação de um aristocrata das terras altas da Escócia. Assim que chegam ao país, os dois percebem que estão sem tempo pois a qualquer momento o mandante do crime pode vir reivindicar sua encomenda, no caso Heather, e assim Breckenridge planeja a fuga dos dois de uma forma bem inusitada.

Este é um romance de época (como dá para ver pelo nome e pela capa!) e como tal é um livro é super divertido, e mesmo com este tom conforme fui evoluindo na leitura percebi também como os personagens vão mudando. Outro ponto que adorei é que mesmo cada livro sendo um casal diferente, o "vilão" (por assim dizer) é o mesmo que nos próximos volume (aparentemente é um dos pontos de ligação da trama!), e não vejo a hora de ler os outros dois volumes para descobrir mais sobre o que esse Aristocrata quer com as Cynster!

Então gente, depois que li o livro e comecei a resenha-lo para vocês fui fazer umas pesquisas e descobri que ele 'faz parte' de uma série de livros que já quero (E PRECISO!) ler todos, mas estremeço só de pensar que já estamos no livro 26 da série lá fora! Explicando melhor: a trilogia das irmãs são exatamente os livros 16, 17 e 18, acredito que eles devem ser escritos em ordem cronológica, logo muitos dos casais que conhecemos ao ler esse livro e provavelmente irei conhecer nos próximos, já tiveram suas histórias contadas em livros anteriores <3 











Título: Conquistada por um Visconde | Série: As Irmãs Cynster | Páginas: 368
Autora: Stephanie Laurens | Tradutora: Mariana MouraEditora: HaperCollins Brasil



RESENHA POR: Caroline Oliveira

1 comentários:

Oi Carol, tudo bem? Eu não sabia que tinha 26 livros da série! Chocada! eu li os três, acho o segundo o mais morno, mas o primeiro é bem legal, cheio de ação e o terceiro é meu preferido!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante