[RESENHA] Firebird #3: Um Milhão De Mundos Com Você - Paraíso Literário

9 de janeiro de 2018

[RESENHA] Firebird #3: Um Milhão De Mundos Com Você


Oi gente! Hoje vim contar para vocês a minha opinião sobre o último livro da trilogia Firebird da Claudia Gray e que foi lançada aqui pela HarperCollins Brasil, os dois primeiros volumes já foram resenhados e você pode conferir a minha opinião clicando aqui. Já aviso logo que esta resenha possui spoilers do livro anterior e que por isso caso queira saber o que achei do livro pule direto para a minha opinião.
Depois de viajar para várias dimensões afim de reunir os pedaços da consciência de Paul, Marguerite Caine também descobriu os planos e motivações da Tríade da dimensão chamada de Escritório Central, eles querem destruir incontáveis universos apenas para ter recuperar um viajante perfeito que se fragmentou.

Sabendo disso ela retorna para a sua dimensão de origem, pretendendo contar todo o plano aos pais e Theo, mas não consegue pois uma versão do mal dela acaba invadindo-a e tomando o controle com a ajuda de uma droga, o Furtanoite, o que torna Marguerite uma prisioneira em seu próprio corpo. Sem poder alertar a mais ninguém sobre a impostora, ela tem que torcer para que alguém a reconheça.

Para a sua sorte, Paul acaba fazendo-o e quando a versão do mal pula para a próxima dimensão afim de salvar-se, Marguerite recobra a consciência. Sem nenhum plano melhor só resta à jovem ir atrás de sua cópia maligna e tentar impedir seus planos, mas é claro que não seria nada fácil. A cada mundo há um novo perigo e a Magg do mal não pretende facilitar nada, deixando as versões de si mesma em grande perigo antes de pular para a próxima dimensão.

Paralelo a tudo isso, a nossa protagonista ainda tem que lidar com a questão de que Paul não é mais o mesmo desde sua própria fragmentação o que pode colocar um ponto final em seu relacionamento com o físico brilhante. Com uma aliança improvável entre dimensões, Marguerite pode ser capaz de salvar as dimensões do extermínio, mas quantas vidas serão perdidas neste caminho? E o que será preciso para salvar seu relacionamento?

Eu vinha gostando bastante da trilogia, como vocês podem conferir na resenha dos dois últimos livros, mas Um Milhão de Mundos Com Você foi uma total e completa decepção para mim. Eu não consegui me conectar a história ou à personagem, que vinha gostando (apesar das ressalvas!) nos livros anteriores.

Várias coisas me irritaram muito no tocante à construção da narrativa neste livro. O primeiro é que a autora resolveu rápido demais a questão da Marguerite impostora. Esse foi um gancho muito interessante do último livro e que Gray decidiu finalizar em um capítulo e meio (no máximo!) de uma forma um tanto boba e absolutamente frustrante. Gostaria que ela tivesse buscado um caminho menos óbvio e mais interessante para esta questão.

Claudia Gray possuía em mãos um caminho bem claro para resolver todo o problema do livro e, a partir daí traçar novos rumos para o conflito, mas ela parece ter levado um século para chegar a esta conclusão (que estava na cara!) o que faz com que a obra tenha páginas e mais páginas de uma enrolação quase sem fim e que foi torrando a minha paciência enquanto lia. Tive uma vontade real de sair pulado alguns capítulos.

Outro problema do enredo pra mim foi, sem dúvida alguma, o foco no casal. Já tinha falado antes que o amor de Paul e Marguerite não me convencia de jeito nenhum. Aquela coisa de "nós nos encontramos e nos apaixonamos em todos os universos" na qual a autora insistiu durante os três livros era uma bela teoria furada já que em vários mundos eles sequer se conheciam sem a interferência dos viajantes. Enfim, aí o Multiverso inteiro está correndo perigo e Gray decide focar no "ai meu Deus será que vamos conseguir superar isso?" O TEMPO TODO???? Foi muito pra mim e se já não gostava do casal antes, depois do papo "você ficará mais segura longe de mim" eu quis de verdade estapear alguém.

A capa é maravilhosa e o trabalho de diagramação da HarperCollins Brasil continua primoroso, mas a revisão deixou a desejar. Voltaram para o original em inglês termos que foram traduzidos antes e havia também vários erros de português, algo que me incomodou bastante na leitura.

Achei o livro todo bem fraco, mas quando me deparei (finalmente!) com a resolução do conflito quase morri de raiva porque a autora buscou não apenas a forma mais rápida como aquela que menos faz sentido e que não poderia achar mais vazia e boba. O livro todo foi uma decepção, mas as últimas páginas? Essas foram bem irritantes. Quando ela podia ter encerrado tudo ainda criou um ponto de tensão bobo que foi resolvido em duas páginas.  Algo que foi TOTALMENTE DESNECESSÁRIO! Tive que me obrigar a continuar lendo as últimas 20 páginas quando minha vontade era só abandonar a obra. Enfim, achei um livro medíocre para finalizar uma trilogia que eu estava adorando.

Para não falar que o livro é totalmente desprovido de mérito vou reconhecer que, apesar de ter me estressado, a construção de narrativa da autora é sim muito gostosa e talvez apenas por isso tenha conseguido finalizar a leitura. Ademais, a cena onde a o encontro de várias Marguerites rendeu-me boas risas e foi de fato interessante.









Título: Um Milhão de Mundos com Você | Série: Firebird | Páginas: 320
Autor(a): Claudia Gray | Editora: HarperCollins Brasil

FIREBIRD
Mil Pedaços de Você | Dez Mil Céus Sobre Você| Um Milhão de Mundos com Você 

15 comentários:

  1. Oi Jessie! Que coisa mulher! Não conhecia a autora, ou os livros, e depois dessa resenha dificilmente lerei, porque se tem uma coisa que me mata são as continuações mal escritas e acabadas. Foi uma pena você ter lido os 2 primeiros livros e gostado pra chegar numa conclusão que não foi de nem longe o esperado. As vezes parece que o autor ficou meio preguiçoso e pra não deixar a história sem final faz um de qualquer jeito.
    Obrigada pela resenha!
    Bjoxx ♥ ~ Aline ~

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Eu já tinha visto capas parecidas com essa, mas não fazia ideia de que eram uma trilogia...hehe'
    Tinha curiosidade de ler os livros, mas ver que o casal fica nessa frescurice toda (ODEIO!) e que a autora praticamente jogou o final na lama - isso me deixou desanimada. É tão ruim quando a gente tem que se obrigar a terminar um livro, né? Não o leria, uma pena :/
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2018/01/lancamentos-de-janeiro-editora-arqueiro.html

    ResponderExcluir
  3. Oi tdo bem? Antes de mais nada confesso que pulei partes da sua resenha por causa do alerta de spoiler vai que leio o livro ne...nunca podemos dizer nunca kkkk mas li sua opinião e é tao chato qdo o livro acaba sem mal escrito de alguma forma, principalmente quando esperando algo do mesmo. Mas parabéns pela sinceridade :)

    Bruna
    https://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Não conhecia essa trilogia, pelo menos não lembro de conhecê-la. Uma pena essa último livro ter sido tão ruim, eu acredito que, justamente por ser o último, tem que ser o melhor ou, no mínimo, no último nível dos outros. Uma pena ele não ser tão bom. Adorei sua resenha.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jessie! Nossa, já tinha lido vários elogios referentes aos livros anteriores, mas se o último livro é essa decepção toda, dificilmente lerei. É tão frustrante quando você gosta de uma série e no final fica insatisfeito com o curso dos acontecimentos que sei bem o que vc deve estar sentindo.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Conhecia o livro, mas não sabia ser uma trilogia e que pena que o livro foi uma decepção, essa é a primeira resenha que leio assim, enrolação ninguém merece, tenho certeza que também iria querer pular partes.
    Gostei da resenha e toda sinceridade em dar sua opinião, show.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, você realmente não curtiu este livro, e olha que eu nem comecei esta saga porque eu li a primeira resenha em algum lugar e não curti muito. Mas acho que você tem razão nas suas argumentações porque quando uma autora deixa tudo para o fim e acaba correndo deixa a desejar e dá uma raiva imensa.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Já conhecia essa trilogia mas até então não sabia nada do que se tratava pois nunca me interessei em ir atrás pra conhecer de fato do que o livro se tratava.
    A editora arrasou nas capas isso tenho que reconhecer mas quando logo no último livro a autora dar essa derrapada na jaca... me desestimulou total em realizar essa leitura.. então dessa vez irei passar!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2018/01/resenha-o-silencio-das-aguas-brittainy.html#comment-form

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Nossa! Só 2 estrelas? Ainda não li o primeiro e quero muito. Mas vou sem expectativa para não dar de cara no chão, né? Vou mentalizar antes de ler. rsrs...
    Beijão!
    https://www.instagram.com/juntodoslivros/
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  10. Oii
    Só vi resenhas negativas dessa trilogia até hoje kkkkk resolvi ler a sinopse pra ver se e me interessava, mas não me chamou atenção não kk então por enquanto não lerei. Adorei tua resenha e sua opinião sincera.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Estou com os dois primeiros livros na estante aguardando leitura, até que estou animada. Gostei de conferir suas impressões mesmo a leitura não tendo sido tão proveitosa pra ti.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Olá Jessie!!!
    Eu não me incomodo tanto com spoilers então por isso li a resenha toda.
    Eu não conhecia os livros, muito menos a autora e sinceramente fico muito mal por saber que o livro no seu final não teve aquele desfecho que você esperou.
    Eu sinceramente só sou fã de seriados com viagens no tempo, pois livros pra mim não funcionam muito já que não é muito minha vibe. Porém, acho interessante e corajoso quando o autor tenta trazer este mesmo universo para seus livros.
    Parabéns pela resenha e até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Eu não sou muito de ler nesse genero... Só leio quando a sinopse é muito promissora... Então, lendo suas ressalvas, prefiro passar a dica.
    Bjo

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Que pena que você não curtiu tanto assim esse livro! Eu estava bem curiosa com essa trilogia, mas agora sabendo que o último livro foi assim tão decepcionante eu fiquei com um pé atrás. Que pena que a autora não soube desenvolver bem questões que tinham tudo para dar certo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Detesto quando gostamos de uma série e nos decepcionamos com o final. Eu comecei a leitura do primeiro livro dessa trilogia pegando o livro emprestado, mas precisei devolver e não dei continuidade. Até onde eu tinha lido, tinha sido cativada pela narrativa e pelos personagens, mas agora fiquei com muito medo de retomar essa leitura e tomar essa decepção na cara rs.
    Outro ponto que me desagradou bastante, que você apresentou em sua resenha, foi a resolução da situação problema. Quando um autor procura o mais fácil, eu fico muito p da vida.
    Acho que vou passar a dica da série rs.
    Beijos

    ResponderExcluir

© 2018. Tema alterado parcialmente para Paraíso Literário. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.