[RESENHA] Escândalos e Canalhas #2: Amor Para Um Escocês

fevereiro 06, 2018 Jessie 14 COMENTÁRIOS

Oi gente! Hoje eu vim aqui contar para vocês as minhas impressões sobre Amor Para Um Escocês, segundo volume da série de romances de época Escândalos e Canalhas escrita pela Sarah MacLean e publicada pela Editora Gutenberg!

Lilian Hargrove é a mulher mais bela de toda Londres. Isto é um fato reconhecido por todos os homens e invejado por todas as mulheres. O problema é que a jovem é órfã e está sob os cuidados do ducato de Warnick, mas aparentemente a jovem não possui uma sorte muito boa com seus Guardiões uma vez que os primeiros dezessete morreram em muito pouco tempo.

Então Lily acaba se tornando responsabilidade de Alec Stuart, um escocês de dois metros de altura e também o atual Duque de Warnick, que aparentemente despreza o título e não quer ter relações com nada que seja inglês o que, por consequência, acaba fazendo com que não saiba da existência de uma pupila em Londres e que, por sua vez, faça a vida da jovem se tornar um tanto solitária. Sem um homem para apresenta-la à sociedade, como Lily terá um futuro? 


Sem esperanças de um futuro na sociedade londrina, Lily se vê imensamente feliz quando um pintor de grande talento da época, Derek Hawkins, demonstra interesse por ela. Um homem absolutamente sem escrúpulos e, depois de engala-la para que Lily pose nua para ele e prometer que o tal quadro jamais seria visto por mais ninguém, Hawkins decide expor seu trabalho em um evento grandioso que está para acontecer em Londres. Antes mesmo de ser visto, o tal quadro já acaba com a reputação da pobre garota.


Devastada e sem qualquer esperança ou expectativa de que consiga realizar o sonho de se casar com um homem que ama, depois de ter sido tão terrivelmente enganada, Lily começa a pensar em maneiras de sobreviver ao grande escândalo e apenas uma coisa lhe ocorre: ela deve herdar cinco mil libras no dia de seu aniversário de vinte e quatro anos e com esse dinheiro pretende fugir.


Sem muitas explicações ou esclarecimentos, Alec é convocado até a Inglaterra para tentar salvar a honra de sua pupila, antes esquecida e agora arruinada para a Sociedade. E, claro, ele já possui um plano: casa-la com um homem antes que a Exposição Real aconteça e todos vejam o escandaloso quadro da Linda Lily (como os jornais de fofoca da época a chamam) e ele só tem dez dias para tanto e um problema começa a surgir: quanto mais conhece a jovem pupila, mais Alec se sente irresistivelmente atraído por ela, mas absolutamente indigno de sequer sonhar com a bela Lilian Hargrover. Como casa-la com outro quando ele mesmo começa a se apaixonar tão profundamente por ela?


Eu selecionei esse livro, em dezembro do ano passado, sem nem ao menos ler a sinopse direito (já expliquei como escolho meus livros num post no IG do blog que você pode ver clicando aqui.) e para ser bem honesta não esperava algo leve e divertido, que até onde eu sei é o que a leitura de um romance de época costuma ser (esse é o segundo que leio na vida!) e que talvez me agradasse. O que, de forma alguma, esperava é que a história de Amor Para Um Escocês me arrebatasse!


Um dos pontos mais interessantes para mim é como a autora decidiu abordar um tema tão atual em uma época passada. Veja se a história lhe soa vagamente familiar: a mulher se vê apaixonada, confia ao objeto de seu sentimento uma imagem dela nua, a imagem é vista por todo mundo. Já ouviu isso antes? Pois é, mas aqui não é uma fotografia e sim uma pintura que é revelada!

Em vários momentos Lilian é criticada e apontada, rechaçada e humilhada, rotulada e excluída da Sociedade de Londres apenas por ter acreditado em um homem que não devia (isso antes mesmo da obra ser exposta!). Fiquei pensando que quando o assunto é a mulher e sua sexualidade pouco se modificou nos últimos séculos, ainda somos julgadas por nossas escolhas muito mais do que qualquer homem jamais será. Nosso corpo não pode ser mostrado demais ou somos rotuladas e temos o caráter questionado. 

Eu fiquei completamente apaixonada pela história e muito disso se deve ao casal protagonista. Lilian começa o livro com certa ingenuidade e morrendo de vergonha pelo que aconteceu e se culpando pelo escândalo, mas conforme a história vai deslanchando ela consegue encontrar sua força e se reerguer e passa a entender que tudo que aconteceu é culpa de Hawkins por ter abusado da confiança que ela tinha nele. 

Alec não é menos importante na história, além de também ter sua própria evolução, ele também é fundamental para que a jovem encontre (ou talvez reencontre!) a confiança que lhe foi arrancada com a exposição de seu nu. Eu realmente torci pelo casal e fiquei bastante feliz com como a autora acabou tomando decisões acertadas em se tratando da relação dos dois.

Por fim preciso dizer que fiquei pra lá de satisfeita com o que Sarah MacLean decidiu dar ao patife do Hawkins e só não vou falar qual é porque vocês precisam ler. Ele é um narcisista então acredito que o melhor castigo que poderia ter conseguido era este!

Encontrei pouquíssimos erros na edição, nada que tenha me incomodado durante a leitura e a edição da Gutenberg está belíssima com cada capítulo começando como se fosse uma manchete de tabloide o que, aliás, tem absolutamente tudo a ver com a história. Também tive a curiosidade de procurar a capa original do livro e fiquei ainda mais apaixonada pela brasileira porque, sério gente, a americana é muito ruim.

No final do livro a autora fala que se inspirou nos escândalos atuais para compor a série e que é uma consumidora desse tipo de notícia. Para ser bem sincera gosto da premissa de Escândalos e Canalhas principalmente por isso, porque aponta a futilidade que é acompanhar a vida de outras pessoas através de sites de fofoca e coisas do tipo, mas isto é a minha opinião, e eu aplico à minha vida. Se você gosta, então não deve parar de consumir este tipo de coisa!

Tem um vídeo no canal sobre uma duologia que fala de divulgação de fotos íntimas e para vê-lo basta clicar aqui, mas acho sempre válido reforçar que divulgar ou compartilhar fotos íntimas de uma pessoa sem o seu consentimento é crime segundo a Lei 12.737/12.









Título: Amor Para Um Escocês Série: Escândalos e Canalhas Páginas: 330
Autora: Sarah MacLean  Tradutora:  A.C. Reis  Editora: Gutenberg

14 comentários:

Felipe Cunha disse...

Oi, tudo bom?
Não sou o maior leitor de romances de época e é difícil me interessar por livros do gênero. Mas esse aqui me agradou. Primeiro que, como assim os 17 primeiros guardiões morreram? Que loucura. Segundo que gostei bastante da premissa, a pintura exposta e todos os julgamentos que vêm depois disso é algo interessante de se ler. Adorei a resenha.
Até mais o/

Olá! Menina, eu comecei a ler esse livro no comecinho de janeiro, mas parei. Acontece que eu tinha acabado de ler o primeiro dessa série (Cilada para um marquês), e não gostei nadinha. Aí, ainda irritada com a história do primeiro livro, tive a impressão de que esse pudesse ser a mesma coisa hahaah Só que eu acho que nem é, é só que eu tava incomodada demais com o livro anterior e precisava de leituras diferentes. Vou tentar ler "Amor para um escocês" em breve, espero gostar tanto quanto vc gostou!

Um beijo, Pri :*

Neyla Suzart disse...

Oi Jessie!
Adoro a Sarah MacLean!!! Suas histórias trazem mocinhas sempre a frente do seu tempo e as tramas são bem divertidas.
Dessa série eu só li o primeiro, Cilada Para um Marquês, que por sinal é o meu preferido da autora. Estou doida para ler Amor Para um Escocês, todo mundo que leu diz que ele é melhor que o primeiro e como eu amei o Cilada fico imaginando o quão bom esse deve ser.
Espero fazer a leitura em breve. <3
Beijos

Fernanda Kelly disse...

Oi!

Eu tenho um amor muito grande por romances de época, nunca tinha ouvido falar nesse e já adicionei na lista dos que eu quero comprar <3

Bjoo

Olá!
Eu ando numa vibe: romances de época, romances de época... haha
Então, antes de ler sua resenha apaixonada, já soube que anotaria essa dica.
Eu me imagino como deve ser estar na pele de Lilian e acho que, nessa situação, também seria insegura, mas foi muito legal ela ter amadurecido ao longo da trama, sabe?
Vou super anotar a dica e espero me apaixonar como você se apaixonou.
Beijos

Gosto muito desta série, e este livro já tem um bom tempo que li. Esta ideia de fazer como um folhetim de fofoca foi bem inteligente e sabiamente usada. Um diferencial que nos leva a algumas reflexões.
Bjs, Rose

Marijleite disse...

Olá, amei sua resenha. Tenho esse livro mas ainda não li. Muito bacana a autora tratar de temas que são importantes também nos dias atuais, ótimo para diminuir o preconceito com os romances de época que muita gente julga como "bobinhos".

petalasdeliberdade.blogspot.com

Olá! Amei a sua resenha, quase nao percebi que estava lendo por estar ocupada demais imaginando o livro que você contou! Confesso que me interessei bastante pelo livro e deu muita vontade de conhecer a história desses personagens e ver a evolução da protagonista! Ótima dica!

Beijos,
Conta-se um Livro

Luma Lage disse...

Oi, tudo bem?
Gostei bastante de sua resenha, mas eu não sou muito chegada em romance de época, por mais que tenha tentado gostar, não rolou ainda :/

Oie
Ainda não tive oportunidade de ler nada dessa autora, mas já ouvi falar muito bem dos livros dela e quero muito ler essa série, principalmente pelas capas. Ainda não tinha parado para ler a sinopse e me interessei ainda mais por essa leitura. Bacana saber que ela aborda um tema atual em um romance de época, realmente é familiar essa coisa de uma foto ser revelada. Já quero saber como ela vai passar por essa situação complicada. Espero gostar do livro tanto quanto vc. Amei a resenha.
Bjos, Bya! 💋

Oi, tudo bem?
Eu ainda não li nada da autora e não conhecia essa série, porém, depois de ler sua resenha é impossível não querer ler esse livro para ontem. Amei a premissa da história e os personagens parecem ser muito cativantes. Admito que quando vi do que se tratava o livro não associei imediatamente com esse problema que tem se tornado tão comum no dia de hoje, que é o vazamento de fotos íntimas, mas depois que você falou fiquei ainda mais interessada em ler o livro.
Adorei a resenha e já anotei a dica. Espero poder ler em breve.
Beijos!

HAISE disse...

Muito interessante, esse paralelo que a autora conseguiu fazer com algo que acontece tanto atualmente, isso até me instigou a ler a história e conhecer a escrita da Sarah. Eu não li tantos romances de época, mas fiquei bem curiosa, já procurei o primeiro pra comprar e fazer a leitura.

Abraços!

Eu já estava curiosa para ler esse livro, mas com certeza depois dessa postagem estou muito mais! Adorei. Parabéns, ficou ótima! E o blog é maravilhoso <3
Florescer Palavras

Catharina M. disse...

Oie
poxa, eu ainda sou leiga nesse gênero e não tenho tanta vontade assim de romances de época mas vejo tanto elogio que me da vontade as vezes, gostei muito dessa capa e da sua resenha tão completa e detalhista, parabéns, parece uma boa pedida

beijos
http://www.prismaliterario.com.br/

© 2018. Tema alterado parcialmente para Paraíso Literário. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.