[AUTOR DO MÊS] Conteúdo Exclusivo por Vinícius Grossos


Reticências

“Oi, quanto tempo. Como vai? Como está a sua família? Às vezes eu vejo as fotos dos eventos em que eu deveria estar... Vejo fotos dos sorrisos em que o meu, aquele tímido, aquele que você gostava tanto, deveria aparecer. Mas então eu pisco, e a realidade está estampada ali, na minha cara, me fazendo enxergar. Eu não estou mais na sua rotina. Nem você na minha.

Muita coisa tem acontecido na sua vida, não é? Eu acabei sabendo... Novo emprego. Novas amizades. Novos amores. Novas viagens. Novos beijos. E não, por favor, não pense que eu fico triste por você. Eu me sinto feliz de ver que você está vivendo, mesmo que, quando estávamos juntos, uma ida ao cinema talvez se tornasse uma DR de dois dias.

As coisas acabaram meio complicadas. Meio emboladas. Não sei onde começou sua dor e terminou a minha. Não sei se o gosto salgado que senti na boca era da minha lágrima ou da sua. Ao invés de um ponto final, foram inseridos três pontos, a contragosto, na nossa história... Tem uma reticência ali, meio torta, meio feia. Mas você admitindo ou não, uma reticência.

Às vezes, nossa história está destinada a realmente não ter fim. Ficaremos condenados a imaginar tudo o que poderíamos ter sido, se tivéssemos tentado outra vez. Se tivéssemos nos arriscado mais uma vez. Mas por ora, cada um segue um caminho. Cada um carregando sua culpa, sua mágoa, sua saudade.

‘Moço, aqui está o seu café’.

Pego, sinto o gosto forte, e agradeço.

Lembro que você costumava me admirar pela persistência em correr atrás dos sonhos. Eu ainda mantenho isso aceso. Minha bússola ainda aponta para a direção em que eu sempre me imaginei feliz (pulando, obviamente, a direção da sua casa). Não sei ao certo como chegar lá, mas vou tentando. Quem sabe a gente não se esbarra em alguma esquina? Quem sabe.

As reticências ainda vão rir da nossa cara.”


Comentários
17 Comentários

17 comentários :

  1. Deixa eu só dizer que o Vinícius e maravilhoso! Nossa 💙💙💙

    ResponderExcluir
  2. Breve Adeus...
    Mais um texto/crônica do Vinícius que sempre nos deixa pensativos em relação a tudo, principalmente à vida!
    E viver é isso: Seguir cada dia!
    Perfeito!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Não sei nem como falar do que eu achei desta crônica!! O Vinicius é maravilhoso!! Que escrita gostosa, que texto reflexivo! Achei que não tinha como ficar mais apaixonada por ele, mas esta crônica é realente encantadora.

    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  4. Gente é a primeira vez que leio algo do Vinícius e achei essa crônica com uma escrita super fluída. Já quero ler um livro completo.
    Bjs
    Tell me a Book

    ResponderExcluir
  5. Amei o texto Vinícius, me fez recordar muito momentos de minha vida. Meu relacionamento com meu esposo começou por conta de uma postagem com a legenda de três pontinhos rsrs. Depois de 6 anos juntos tivemos que usar novamente esses pontinhos para nos divorciar, mas um ano e meio depois retomamos de onde paramos e estamos juntos novamente rsrs. Uffa, desabafei.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Primeiro texto que leio do Vinícius e já fiquei encantada pela escrita dele, amei essa ideia do conteúdo extra pro blog.

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu já tive a oportunidade de ler os livros do autor, e a narrativa dele é ótima, assim como as histórias. Com certeza, um dos meus autores favoritos.
    Adorei esse conteúdo!
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto e o estilo do Vinícius. É tão bom acompanhar algo que em poucas linhas consegue ser tão intenso e completo. Simplesmente apaixonado!

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  9. Que lindo! Tão próximo da gente, que conseguimos reconhecer muitos sentimentos.
    Tão legal ler algo assim, simples e que entra na cabeça de forma tão leve.. Adorei!
    Bjoxx - http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  10. Esse é o meu primeiro contato com a escrita do Vinicius e to achando que não poderia ter se dado de melhor maneira porque eu adoro o seu blog e amei o texto!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Nossa que lindo, gostei muito expressa muitos sentimentos, não tinha ouvido falar no autor ainda, mais só com essa obra dele eu posso falar que já tô amando, acho que vou procurar saber mais.

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Tenho que confessar que infelizmente eu não conhecia o Vinícius, mas conforme lia essa crônica, ia ficando cada vez mais encantada. Muito intensa e escrita de forma fluída, bem gostosa de ler.
    Parabéns!

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  13. "Muita coisa tem acontecido na sua vida, não é? Eu acabei sabendo... Novo emprego. Novas amizades. Novos amores. Novas viagens. Novos beijos. E não, por favor, não pense que eu fico triste por você. Eu me sinto feliz de ver que você está vivendo, mesmo que, quando estávamos juntos, uma ida ao cinema talvez se tornasse uma DR de dois dias." MEU DEUS! Parece que esse parágrafo foi escrito pra mim! Tive um relacionamento que era exatamente assim! Só que ao contrário do texto, não acabou em reticências. Acabou em um firme e grosso ponto final que me permitiu ter um relacionamento mais feliz e saudável depois, haha. Adorei o texto, tanto sentimento em poucas linhas... amei.

    https://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Vou dizer que "As reticências ainda vão rir da nossa cara." bateu forte aqui hein? O Vinicius conseguiu colocar em poucas linhas uma carga emocional bem forte, que de uma forma ou de outra consegue falar com quem está lendo. Acho que todo mundo tem suas próprias reticências né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?
    Não conhecia o autor ou sua escrita, mas após ler sua crônica eu fiquei super curiosa para conhecer mais obras dele! O texto é tão curto, mas nos passa tanto! Como já disseram acima: muitos sentimentos em poucas linhas! Amei isso ♥
    Parabéns por essa iniciativa de ceder espaço para os escritores ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá! Tudo bom?

    Ainda não tinha ouvido falar do autor, mas que texto mais incrível! Estou apaixonada, sério. O primeiro trecho e o terceiro foram os meus favoritos de todos! "Não sei onde começou sua dor e terminou a minha" PALMAS gente. AMEI ♥

    Um beijo

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Estou adorando esse seu projeto de autor do mês, já tem algns posts que consigo acompanhar e fico feliz em ter a oportunidade de conhecer mais sobre o Vinicius. Adorei o conto, foi a primeira leitura da sua escrita e espero poder ler mais! Beijos

    ResponderExcluir