[RESENHA] As Sobreviventes - Paraíso Literário

19 de abril de 2018

[RESENHA] As Sobreviventes


Oi gente! Hoje vim falar com vocês sobre o thriller psicológico As Sobreviventes do autor Riley Sager e lançado no ano passado pela Editora Gutemberg. Então para conferir a minha opinião continue lendo este post!



As Sobreviventes conta a história de Quincey Carpenter, uma das três Garotas Remanescentes, nome dado pela mídia as mulheres que sobreviveram a massacres em anos diferentes, mas que possuem em comum o fato de só estarem vivas por pura força de vontade. Há apenas uma diferença entre Quincey e as outras duas vítimas anteriores: ela não se lembra dos acontecimentos daquela terrível noite. Existe apenas um branco em sua memória quando o assunto é o Massacre do Chalé Pine.

Quincey tenta levar a vida normalmente, ou pelo menos tão normal como alguém com o seu passado consegue: vive em um apartamento em Nova Iorque, tem um blog sobre confeitaria e um namorado, Jeff, que pode ou não pedi-la em casamento em breve. Tudo parece incrivelmente mundano na sua vida, mas quando Coop, o policial que a salvou liga e fala que eles precisam se encontrar, Quinn sabe que tem algo errado.

É assim que ela descobre que Lisa, a primeira mulher a ganhar o apelido de Garota Remanescente, cometeu suicídio. Mas isso não faz sentido, não com a postura de Lisa perante ao que aconteceu e definitivamente ela não faria aquilo usando uma faca (objeto com o qual seu agressor quase a matou anos antes!). Tudo faz ainda menos sentido quando, ao checar seu e-mail, Quincey encontra uma mensagem da mulher dizendo que precisava muito conversar com ela. Apenas uma hora antes do suicídio.

Mesmo não sendo mais tão próxima de Lisa, Quinn sente muito a morte dela, mas não há tempo para reagir a isto pois Samantha, outra Garota Remanescente, que havia desaparecido há anos, simplesmente aparece na sua porta sem qualquer explicação aparente. As coisas são bastante estranhas, mas a presença de Sam promete perturbar as coisas para Quincey e Jeff e agitar memórias perturbadoras para a jovem mulher. Quanto a aproximação das duas pode revelar coisas enterradas no passado?

Não sei se já li um thriller do qual gostasse tanto, que me surpreendesse desde o início. Talvez seja por que eu não leia tanta coisa dentro do gênero? Talvez, mas tenho para mim que As Sobreviventes me agradaria ainda que já tivesse lido incontáveis outras obras de suspense/thriller psicológico porque o que me deixou vidrada no livro foi a forma como a Riley Sager conduziu a trama até chegar em um final absolutamente impensável.

A narrativa é bem interessante e oscila entre o ponto de vista em primeira pessoa de Quincey que acontece no presente e a noite do Massacre no Chalé Pine, narrado em terceira pessoa e de acordo com a marcação das horas que se passam desde que eles chegaram ao local. É bem interessante ter a perspectiva daquela noite porque vamos entendendo um pouco melhor os rumos da história e como a comemoração de um aniversário de uma amiga acaba se tornando a pior noite da vida da Quinn. 

Infelizmente eu não posso dizer que o final foi surpreendente para mim porque levei um lindo, enorme e desnecessário spoiler quando estava lendo e não tive aquela sensação (que deve ser maravilhosa!) de finalmente saber o que realmente tinha acontecido naquela noite, mas posso dizer que se não fosse isso eu jamais teria descoberto o final do livro. Mesmo assim o livro foi memorável e os "caminhos" até a conclusão (mesmo sabendo qual seria) foram absolutamente incríveis para mim.

O livro tem folhas amarelas e uma diagramação bem simples, o que eu honestamente prefiro. Não gosto de artes muito complexas na parte interna do livro porque acabam me incomodando. A capa é incrível e tem tudo a ver com a história, logo que se entende um pouco o que aconteceu no Chalé Pine ela faz total sentido.

Por fim preciso dizer que Riley Sager criou personagens bem complexas, com personalidades e caráteres únicos. Mesmo personagens que aparentemente são secundários são absolutamente bem desenvolvidos e relevantes para o desenvolvimento da trama. Isso realmente me conquista em uma obra e é por este motivo que As Sobreviventes já figura como uma das melhores leituras deste ano para mim!




Título: As Sobreviventes  Páginas: 336 | Autor: Riley Sager  
Tradutor:  Marcelo Hauck  | Editora: Gutemberg | Ano: 2017

16 comentários:

  1. Oi Jessie! Menina adoro livros assim!! Sou a louca dos assassinatos! Já me deparei com uma ou outra matéria sobre este livro, mas ainda não tinha de fato lido nada, mas lendo sua resenha agora, acrescentei ele na bendita infinita lista de desejados. Adorei a criação da autora, de mulheres que sobreviveram a este 'massacre' e que depois algo de ruim retorna devagar pra vida delas. Estou curiosíssima pra saber o que aconteceu na noite do massacre, quem fez o que, e agora, o que estará acontecendo? Uma sobrevivente se mata e outra aparece de surpresa.. Aaaahhhh, quero!!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Meu primeiro pensamento foi "não leio o gênero, mas a Camila vai adorar" termei a resenha pensando "será rola comprar ainda esse mês?" . Preciso real saber o que aconteceu, quem é quem e se minha desconfiança da tal Sam é infundada ou não. Enfim, você me ganhou por completo e eu espero curtir muito a leitura. Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem? Esse é o tipo de livro que eu adoro.
    Tenho esse e curti muito a leitura. Toda trama me surpreendeu e me trouxe uma leitura superior ao que esperava.

    Bjs.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Oiieee

    Eu li sse livro há alguns meses e amei. Consegui escapar do spoiler que andou rolando sobre o final em vários lugares e pra mim surpreendeu, pois não esperava algumas coisas que aconteceram. É um livro bem tenso, eu amei ler.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Sou fascinada por um bom suspense, ainda mais se este suspense for misturado com assassinatos ou coisas sem explicações!
    Quando este livro foi lançado, fiquei maluca para conhecer a história das sobreviventes, mas confesso que tinha dado uma esquecida até ler a resenha aqui.
    Novamente quero muito ler!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Eu ando doida para ler mais thrilers psicológicos, mas ainda não conhecia este o.O já quero! kkkk'
    Uma pena que tenham estragado a surpresa do final para você :/
    Saber que o livro se tornou um dos melhores que você leu este ano me deixou animadíssima para lê-lo, ando doida para ler histórias que me envolvam completamente e que tenham personagens bem desenvolvidos.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Achei a proposta da obra muito interessante, mas por enquanto vou passar a dica, pois lendo sua resenha acredito que irei me estressar muito com a leitura, e estou a procura de algo mais leve para ler!

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Olá! Já havia lido algumas recomendações sobre esse livro e o adquiri em e-book. Só leio coisas positivas dele e por isso quero fazê-lo uma das minhas próximas leituras. Adorei a sua resenha e lamento que tenham soltado spoilers pra vc. Eu geralmente faço isso também, sem querer... rsrs Mas tenho me controlado ultimamente.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. ooi a historia eu achei muito interessante e algo que prende a gente na leitura o genero é bem diferente do que costumo ler mais gostei da proposta que o livro tras dica mais que anotada bjs
    BLOG♥ Coisas da bueno

    ResponderExcluir
  10. Heiii, tudo bem?
    Eu sou apaixonada thriller psicológico!!
    Eu já estava de olho no livro As Sobreviventes do autor Riley Sager, achei a capa bem intrigante e a premissa me deixou curiosa demais.
    Uma pena que vc tenha levado um mega spoiler, realmente faz diferença isso no final, aquela surpresa boa.
    Ainda quero mto ler, achei incrivel a história.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  11. Olá! Eu sou apaixonada por suspense, então é claro que já li esse, e gostei muito assim como você e entrou para as minhas leituras favoritas até então, rs. Super o indico também!

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Histórias bem desenvolvidas são sempre boas leituras, ainda não tive a oportunidade de ler este, mas por ser de um gênero que amo e por ter lido criticas tão boas que me fazem querer ler esse livro para ontem, já está adicionado na wishlist.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, amei a sua resenha, que pena ter recebido esse spoiler. Gosto muito de livros nesse estilo, com segredos do passado e crimes, então estou curiosíssima para ler As sobreviventes.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Amei demais sua resenha, me deixou super intrigada! Curti muito essa premissa das remanescentes e ainda mais essa questão do suposto suicídio que tem várias pontas soltas. Outro ponto que curti foi essa alternância entre passado e presente. Simplesmente amo isso em thrillers. Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Andei vendo algumas resenha sobre essa obra por aí, e todas elas muito positivas, assim que nem a sua.
    Não sou leitora assídua de policial, mas gostei dos poucos que li, e essa história anda me deixando bem curiosa!
    Vou anotar a dica com certeza!!
    parabéns pela resenha!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Hey,
    Que legal que esse livro te encantou tanto assim. Eu sou a louca dos Thrillers, mas ainda não li esse livro, apesar de tê-lo na lista de futuras leituras. Eu acho muito legal quando um livro nos surpreende do início ao fim e fiquei curiosa para conhecer a Quincey, achei muito legal a forma como ela parece ter uma história complexa por trás de tudo, sabe?
    Vou anotar a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir

© 2018. Tema alterado parcialmente para Paraíso Literário. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.