[RESENHA] A Court Of Thorns And Roses #2: Corte De Névoa E Fúria - Paraíso Literário

3 de abril de 2018

[RESENHA] A Court Of Thorns And Roses #2: Corte De Névoa E Fúria

Oi gente! Hoje vamos continuar a nossa conversa sobre a série da Sarah J. Maas, A Court of Thorns and Roses que vem sendo lançada pela Galera Record. Se você ainda não sabe o que eu achei de Corte de Espinhos e Rosas clica aqui, mas fique atento pois vou falar sobre Corte de Névoa e Fúria e esta resenha contém spoilers do livro anterior.


Três meses depois de Amarantha ser derrotada e as sete Cortes de Prythian ficarem livres de seu domínio cruel, os Feéricos tentam reconstruir tudo aquilo que foi destruído por ela durante os últimos cinquenta anos em que esteve reinando sobre o território e seus Grão-Senhores, mas não é apenas as cidades e vilas que eles precisam consertar, muitos dos próprios Feéricos inferiores ficaram presos e foram torturados ao longo dos anos.

Feyre, a Quebradora da Maldição, por sua vez tenta lidar com seus próprios demônios. Toda a tortura, cárcere e, principalmente, a morte dos dois inocentes em Sob a Montanha a atormentam diariamente em forma de pesadelos. Aos poucos vai ficando claro que ela não sabe como superar o que aconteceu naquele lugar e Tamlin não sabe como ajuda-la. Ele nunca a deixa sair ou ajudar, sempre mantém guardas vigiando-a e não conta absolutamente nada sobre quaisquer problemas que tenha. 

Enquanto isso, Feyre ainda precisa lidar com os preparativos para o casamento (ah sim, ela vai se casar!) com a ajuda da sacerdotisa Ianthe, e amiga de longa data de seu futuro marido, as coisas vão tomando certo rumo e nem sempre é aquele que a jovem noiva deseja, mas ela está tão sem ânimo para nada que não tem energia suficiente para impor a sua vontade, algo impensável anteriormente, já que foi a sua vontade de ferro que quebrou a maldição.

Quado finalmente chega o dia do seu casamento ela começa a ter um ataque de pânico. Tamlin não sabe o quanto ela está destruída e prendê-lo a ela não seria certo (pelo menos é o que Feyre imagina!). Quando quase se vê saindo correndo e deixando seu noivo no altar quem aparece? Sim, Rhysand! Ele, que nunca havia aparecido antes, escolheu este momento para cobrar o acordo, Feyre deve passar uma semana com ele na Corte Noturna uma vez por mês. Sem poder se recusar a ir por causa das consequências, ela vai com Rhys e deixa um Tamlin furioso para trás.

Ao chegar na Corte Noturna, ela começa a ter aulas de leitura e descobre o laço do acordo uni a mente dos dois e que, junto com a vida que lhe foi dada de volta, Feyre também recebeu poderes dos sete Grão-Senhores, o que faz dela uma Grã-Feérica absolutamente diferente dos demais. Em sua estadia a jovem também conhece Morringan, prima de Rhys, e uma pessoa que vai se tornar fundamental para a história.

O tempo se passa e ela está de volta à Corte Primaveril e conta para Tamlin e Lucien tudo o que sabe. A relação entre o casal se complica, uma vez que o Grão-Senhor se torna ainda mais protetor e ela se sente sufocada. Depois de voltar da Corte Noturna uma segunda vez, Tamlin a prende em casa, o que a faz ser resgatada por Mor e levada até Rhysand, diretamente para a Corte Noturna mais uma vez.

Sem saber o que fazer, ou como se superar (aliás, ela nem sabe se quer superar!) dos traumas, Feyre começa a entender que possui duas escolhas à sua frente: a primeira delas é voltar para a Corte Primaveril e se tornar sua Senhora. Ela terá conforto e nada lhe faltará, mesmo que isso não lhe pareça mais o suficiente. A segunda é seguir com Rhys e os integrantes da Corte Noturna e enfrentar uma terrível ameaça que chegará em breve a Prythian. Qualquer uma das escolhas que faça será definitiva.

Eu sei que essa resenha está enorme e que parece que contei um monte de coisas do livro, mas sério gente, por mais que tenha escrito horrores (parece que não sei quando parar!) eu simplesmente preciso dizer que: Corte de Névoa e Fúria reserva muitas surpresas em suas páginas!

A trama é muito mais elaborada que o volume anterior da série. O caminho que Feyre percorre é sofrido e, apesar de uma boa parte do livro estar focada em como (e se!) ela vai conseguir se reerguer,  (algo fundamental!), isso não tornou a narrativa lenta ou arrastada. Aqui a jornada da nossa protagonista foi muito bem escrita, Sarah J Maas não pulou nada, o que fez o processo de recuperação da sua personagem algo muito mais interessante do que eu podia imaginar.

Diferente de Corte de Espinhos e Rosas, aqui eu não fiquei pensando "miga, deixa de ser burra!". A forma como tudo foi contextualizado fez com que  entendesse e até concordasse com as decisões (mesmo aquelas ruins!) que Feyre tomou em todo o livro e isso foi fundamental para que me sentisse ainda mais ligada a ela o que, por sua vez, fez com que amasse ainda mais a leitura.

E o que eu mais gostei? Com certeza a forma como o relacionamento abusivo foi retratado aqui. Tamlin já tinha atitudes que me desagradavam no primeiro livro, mas o que ele fez aqui foi algo mil vezes pior e o fato de a Sarah J Maas não romantizar este tipo de relacionamento (como eu vejo muito na literatura contemporânea!) me fez ficar ainda mais apaixonada pela autora. 

Finalmente podemos conhecer mais da Corte Noturna e seu Grão-Senhor e, se você ainda não leu, escute o que estou falando: Rhysand vai roubar seu coração. Ele é fundamental para a recuperação de Feyre, sempre deixando com que ela tomasse as próprias decisões, o que é apenas aquilo que se é esperado de uma pessoa decente, mas que em contraste com as atitudes de Tamlin, vira algo quase que mágico.

Outros personagens são apresentados neste livro: Morringan (prima de Rhys), Amren (a segunda no comando da Corte Noturna), Azriel (espião e Mestre de Sombras) e Cassian (General dos Exércitos) e posso dizer sem sombra de dúvida que amei cada um deles e que são peças fundamentais para como as coisas acontecerem no livro. Aliás, nenhum livro da minha estante tem tanta personagem feminina empodera (ponto pra Sarah!).

O final de Corte de Névoa e Fúria é de arrancar os cabelos e feito pra deixar qualquer um no chão, por isso eu recomendo que já tenha Corte de Asas e Ruína em mãos para não morrer de desespero. Por fim, gostaria de dizer que daria uma constelação para o segundo volume de A Court Of Thorns And Roses, mas como o máximo que o blog tem são cinco estrelas e favorito, então esta é a minha nota.




Título: Corte de Névoa e Fúeria Série: A Court Of Thorns And Rores Páginas: 658 
Autora: Sarah J Maas | Tradutor(a):  Mariana Kohnert  Editora: Galera Record | Ano: 2016

A COURT OF THORNS AND ROSES 
Corte de Espinhos e Rosas | Corte de Névoa e Fúria | Corte de Asas e Ruína | A Court of Frost and Starlight

TRONO DE VIDRO

Trono de Vidro | Coroa da Meia-Noite | Herdeira do Fogo | A Lâmina Assassina (0.1 e 0.5) | Império de Tempestades - Tomo 1 | Império de Tempestades - Tomo 2 | Tower of Dawn

17 comentários:

  1. Como estou no blog há pouco tempo, fui conferir a resenha que você fez do primeiro livro, pois apesar de lido inúmeras resenhas desta trilogia, com certeza, ela funcionou de modos diferentes a cada um!
    Eu ainda não tive oportunidade de conferir os livros, mas já estão devidamente desejados na listinha que não tem fim..rs
    O que pude perceber nitidamente em tudo que li até agora, é este amadurecimento de Feyre. Que parece tão pequena no primeiro livro e ganha mais vida e personalidade neste segundo volume!
    Gosto também da forma como a autora inseriu todos os personagens no enredo. Aliás, é um dos pontos que mais gosto quando um autor faz!
    Com certeza, pretendo ler!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Oi!

      Eu recomendo muito mesmo que leia. É uma fantasia incrível e que me arrebatou. Se chegar mesmo a ler, volta aqui e me conta o que achou :D

      Excluir
  2. Tudo bem? Sou suspeita, pois amo essa série de livros.. Tenho que concordar que o final é de arrancar os cabelos.. Todo o livro é intenso e prende o leitor.
    A ambientação é perfeita, os personagens críveis!

    Amo!

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Miga, deixa de ser burra. Quem nunca falou isto né? Mas eu não gosto das capas desta saga e muita gente ama elas. Só li coisas boas a respeito da saga mas não tenho vontade de ler acho que mais pelo teor de fantasia que é envolvida mesmo.

    ResponderExcluir
  4. NO primeiro livro eu já falava: Miga deixa de ser burra!!! hahahahahahahaha
    Parei no primeiro livro da trilogia, mesmo todo mundo falando que tudo melhora no segundo volume. Ainda não me animei para seguir neste universo.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi! Quero muito ler essa série! Tenho lidos só resenhas positivas, e por se tratar de fantasia , a vontade só aumenta! Li sua resenha correndo, porque quero me poupar dos spoilers da vida, mas mesmo com as pessoas dizendo sobre tudo ficar mais empolgante nesse segundo volume, quero ter o gostinho de conhecer esse mundo que a Sarah criou, cheio de criaturas e lugares incríveis. Tirando toda a trama que parece ser tão legal!

    Bjoxx – http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, a escrita da autora é muito boa, mas confesso que ainda não li essa série, porem ela com certeza construiu um belo universo em Trono de Vidro. Estou com essa serie na minha lista e devo começar em breve irei conferir a resenha do vol. 1.
    Bjs, Tell me a Book

    ResponderExcluir
  7. Oi Jessie, tudo bem? Eu ainda não li os livros dessa série, mas todo mundo parece adorar a narrativa a Sarah! Que bom que este volume foi melhor que o anterior, a autora parece trabalhar muito bem a trama e espero que você curta também o próximo!

    Bjs, Mi

    ResponderExcluir
  8. Não tenho nenhuma opinião formada sobre a escrita da autora, porque ainda não li nenhum livro dela. Gostei de ver seu entusiasmo pela leitura, parece que vale a pena conhecê-la!!

    Bjos,

    Cidália.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cidália!

      Então, o negócio é que pra mim a escrita da Sarah só funcionou de verdade em Corte, a outra série dela (Trono de Vidro) não foi tão legal assim pra mim, então a minha dica é que se decidir começar a ler que seja por esta.

      Beijinhos

      Excluir
  9. Olá!
    Eu estou com o primeiro livro aqui na estante e pretendo ler nas minhas férias, pois ainda não conheço a escrita da autora.
    Só vejo resenhas falando bem de suas obras, então eu tenho certeza de que não vou me decepcionar, ainda mais sendo de um gênero que eu adoro!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Eu já me apaixonei só de ler sua resenha, adoro livros assim, a maioria que tenho tem essa pegada de fantasia é uma das leituras que mais gosto. Já quero pra mim, já anotei aqui na minha lista. Sucesso

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    O que dizer desse livro que ainda não tive a oportunidade de ler e já o considero tanto?
    É incrível como eu não me deparei com nenhuma, nenhuma resenha negativa sobre essa trilogia e eu estou alucinada para ler! Parece que a autora evolui de um livro para o outro e não tem nada ruim! Jesus!
    Sua resenha está incrível e igualmente empolgante!
    Prometo que irei ler, comprei o box ano passado haha

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  12. Oiii tudo bem??

    Gosto quando o segundo surpreende mais que o primeiro. Ainda não peguei pra ler essa serie, mas gostaria bastante de ler e sua resenha me animou.
    Adorei conhecer um pouco mais da história e ver os pontos relevantes.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  13. Não posso mais ler resenhas desses livros, pois cada vez que leio sinto que PRECISO ler o livro para ontem. Eu gosto muito da escrita da Sarah e dos temas que ela trabalha em seus livros, confesso que achei muito interessante essa questão do relacionamento abusivo que você falou que foi trabalhada no livro. Já sei que, quando começar a ler, vou ter que ter todos à mão rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Infelizmente ainda não comecei a ler a trilogia, mas pelo que conheço da Sarah (uma das minhas autoras preferidas) não da para esperar menos que perfeição. Sou apaixonada por suas personagens fortes e decididas, que mesmo tomando decisões erradas ao longo do caminho arcam com as consequências sem choramingo. Sua resenha só me deixou mais louca para conhecer essa história, escuto muito que o segundo livro é arrebatador e parece ser mesmo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Fiquei receoso de ler a resenha por completo, pelos spoilers do Primeiro livro, que comprei e está esperando minha leitura, mas que bom que o livro dois traz ainda mais surpresas e momentos marcantes para os leitores. Espero poder me encantar pela série como você.

    ResponderExcluir

© 2018. Tema alterado parcialmente para Paraíso Literário. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.