[RESENHA] Tronos & Ossos #1: Jornada No Gelo - Paraíso Literário

10 de maio de 2018

[RESENHA] Tronos & Ossos #1: Jornada No Gelo


Oiii seus lindos, ando meio sumida não é mesmo? Mas agora estou de volta e com uma resenha maravilhosa! Vou falar sobre Jornada no Gelo, primeiro volume da trilogia Tronos & Ossos, e eu não sei nem explicar direito o que  achei deste livro que no princípio era só uma premissa interessante, mas que não apenas me conquistou de uma maneira inacreditável como fez com que devorasse a história deixando-me encantar por cada nuance desta trama. Então bora lá conferir um pouco mais desta aventura!

Em um mundo de Trolls fedorentos, Zumbis ameaçadores e um Dragão terrível cuspidor de fogo que são capazes de assustar a maioria das pessoas (não só pessoas, na verdade!), mas que não são páreos para Karn e Thianna, dois heróis improváveis, dotados de muita coragem, inteligência e, para ser bem honesta, uma dupla bem improvável.

Karn é um garoto que vive em um mundo repleto de magia e coisas fantásticas, mas que tem uma cultura semelhante a Viking, mas diferente do que se espera, ele não é um lutador, na verdade é um jogados compulsivo e excepcional (na mesma proporção), já Thianna é uma mestiça, metade gigante e metade humana, que vive junto com os gigantes e é sensacional em esportes agressivos. Em um festival que reúne diversos comerciantes, Karn e Thianna se conhecem, pois seus pais tem o costume de negociarem um com o outro.

E falando em família, é por conta de desavenças e intrigas neste campo, que Thianna e Karn acabam fugindo (cada um há seu tempo, mas acabam se encontrando) e embarcando numa aventura repleta de situações apavorantes e para supera-las será necessário uma união de forças e assim conseguir vencer seus inimigos e desvendar os segredos e traições que possivelmente mudaram suas vidas para sempre!!

Estou tentando contar para vocês o que eu achei sem soltar nenhum spoiler! Então vamos lá, primeiro de tudo eu preciso dizer Tronos & Ossos é um jogo em que Karn é viciado e realmente muito bom (e que tem uma história absurdamente interessante por trás). Segundo que no fim do livro ensina a fazer um tabuleiro e a como jogar Tronos & Ossos, o que eu achei simplesmente sensacional e que não vejo a hora de tentar fazer e começar a jogar (fiquem ligados no nosso canal, que se eu conseguir fazer vou gravar e postar lá um DIY!).

Agora vamos à história de fato, no inicio eu me senti meio perdida e achei que o Karn era só um desses “nerds” em uma versão de época, chato e que não se importava com mais nada além do jogo, e realmente até determinado ponto do enredo ele é tão somente isto, até que o caminho dele se cruza com o de Thianna, uma garota que no começo era só uma chata que só sabia se fazer de vítima da condição de nascimento (ser mestiça pra ela é um fardo imensooooo), mas quando os dois se unem surge uma amizade interessante que faz total diferença na vida deles e para o amadurecimento de ambos os personagens.

Então de uma maneira surpreendente eu passei de achar os dois chatos e imaturos para simplesmente me apaixonar pela dupla! Eles são fortes e inteligentes, mas principalmente tem um senso de família e de amizade maravilhosos que fizeram com que me rendesse completamente a eles.

Cada personagem tem seu papel especifico,  e a alguns me afeiçoei mais, como a gigante Eggthoda. Já outros eu pura e simplesmente tenho o orgulho de dizer que odiei desde o primeiro instante! Tem um personagem  em especial que me irritou desde o início, daquele tipo que vejo e penso “esse cara é um maldito” ou que sinto que vai fazer algo realmente ruim e que agora passarei o resto da minha vida nutrindo um ódio incalculável por ele.

E aqui entra o talento do autor: a trama é tão bem escrita que não tem como deixar de sentir o que os personagens sentem, as angustias e os medos, as dores e tudo o que eles conquistam. É aquele tipo de narrativa em que nas cenas de ação o coração palpita e a gente fica com vontade de entrar no livro para ajudar.

A única coisa que atrapalhou no começo da leitura foram os nomes estranhos que eu não tinha a menor ideia de como pronunciar e ai acabava pronunciando de qualquer jeito, o que acabou sendo uma imbecilidade porque no fim do livro tem um glossário que ensina como devem ser pronunciados (não cometam o mesmo erro que eu por gentileza!) então quando aparecer um novo nome é só ir lá atrás para poder ver como se fala.

O enredo como um todo é apaixonante, desde a maneira como o jogo se liga a lenda do mundo deles, a meiraira que a magia opera para cada um e, claro, a forma como as criaturas fantásticas se portam. Há muito tempo não lia uma fantasia que me encantasse tanto e me deixasse tão apaixonada e tão envolvida.

A capa do livro é meio estranha, mas também achei muito linda e completamente de acordo com a história. A diagramação é simples e ao mesmo tempo maravilhosa com diversos detalhes no início de cada capítulo que revelam um elemento que está por vir e achei isto sensacional! As folhas são amareladas e não encontrei erros de revisão o que realmente me agradou muito.

Como um todo é uma obra extremamente recomendada e não vejo a hora de conferir o segundo volume e saber como alguns dos mistérios que ficaram em aberto e algumas descobertas a serem realizadas vão correr.





Título: Jornada no Gelo Série: Tronos & Ossos Páginas: 340 | Autor(a): Lou Anders  
Tradutor(a):  Jacqueline Damásio Valpassos | Editora: Jangada | Ano: 2016

14 comentários:

  1. Olá Aninha, tudo bem? Eu vi esse livro e fiquei com muita vontade de ler.. Mas deixei passar e cedi a leitura para uma amiga parceira. Sabe quando você não aguenta mais séries, trilogias e afins? Estou tentando priorizar as que já leio e tentando fortemente não começar uma nova.

    Essa trilogia está mexendo com minha escolha.. Pois é de um gênero que eu adoro e que não tenho lido com tanta frequência. Depois de uma resenha maravilhosa dessas eu fiquei tentada.. E estou te xingando aqui. rsrs

    Vamos ver se resisto a essa dica ou não?!

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Não costumo muito ler livros com essa temática, apesar de amar os que li no gênero. Fiquei curiosa em saber dessa mistura de criaturas fantásticas em um jogo, me lembra bastante os RPGs que jogava quando mais nova. Saber que você passou a amar Karn e Thianna é intrigante, nem preciso dizer que o glossário é ainda mais impressionante, todos livros deviam ter algo assim. Um enredo apaixonante assim não pode passar batido, então anoto a sua dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sua resenha está incrível. Me parece uma leitura bem instigante e cheia de aventuras.
    A capa é linda, mas apesar de todos os pontos que te deixaram empolgada com a leitura, não sei se pegaria pra ler no momento justamente por ser uma série, estou atolada com outras séries que já comecei, então guardo a dica pra ler em outro momento.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Eu acompanhei o lançamento deste livro mas, apesar de uma premissa bem interessante, acho que ele não está dentro das minhas pretensões de leituras atuais. Além disso, não ouvi mais falar sobre o resto da série. Já foi publicada? Porque a gente tá vivendo num mundo que: não fez sucesso, não publica o resto. O que é difícil pros leitores engolirem :/

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Acho que é a primeira vez que ouço falar do livro, embora o título não me seja estranho. Ainda que você tenha gostado tanto da história e que os personagens tenham deixado de ser chatos e tenham crescido, não me despertou interesse. Talvez um dia eu até leia, mas isso de jogos também não me atrai.

    ResponderExcluir
  6. Eu achei a capa bem estranha mesmo, mas estou levando em consideração todos os elogios que você fez ao livor e acho que a leitura me agradaria demais. Valeu pela dica.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie,tudo bom? ME LEMBROU JUMANJI! Talvez pela ambientação, talvez? Só sei que amei e quero ler, pois parece uma leitura bem bacana!

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que não fiquei curiosa para ler. Apesar de gostar da fantasia, achei esse enredo bastante confuso e não gostei muito de saber que a trama ainda envolve zumbis.
    Mesmo tendo percebido o quanto você gostou da leitura e que o autor tem uma escrita tão envolvente, conseguindo fazer com que o leitor sentir o que os personagens sentem. Infelizmente, não é uma leitura que me atraia, mas adorei conferir sua resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Aninha!
    É a primeira vez que leio a respeito desse livro, mas sei que a editora tem fama de publicar ótimas aventuras. A sua resenha não deixou dúvidas de que é uma história que deve ser lida. Inclusive, seu entusiasmo foi bem contagiante, estou morrendo de curiosidade sobre o livro. rsrs
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro e confesso que não fiquei muito interessada em fazer a leitura, pois não gosto muito dessas obras gammers, mas não posso deixar de dizer que o livro parece ser surpreendente e que o personagem principal me surpreendeu por sua resenha.
    Fico contente que tenha gostado, mas vou passar a dica nesse momento.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oii.
    Eu sei como é difícil se conter para não contar spoilers de um livro que a gente amou, fico me roendo por dentro. Mas é tão bom quando um livro nos surpreende assim, a gente fica com aquele sensação de viver em um mundo melhor kkk, tudo na paz e amor.
    Ainda não conhecia esse livro, mas já estou de olho em todos.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Sou um eterno apaixonado por fantasia, e este livro super me chamou atenção. Apesar de no início você ter tropeçado com alguns Personagens as histórias me pareceram bem amarradas e cada personagem realmente é necessário. O mundo criado é fantástico, e espero poder ler logo.

    ResponderExcluir
  13. Olá Ana!!!
    Realmente, é muito difícil não contar spoiler de um livro que amamos e que o queremos mais é conversar sobre alguém sobre o mesmo.
    Fiquei feliz que os personagens vão crescendo na história e que param de ser aqueles personagens que a gente acaba detestando.
    Quero ver se sai essa DIY, pois fiquei curiosa sobre o tabuleiro do jogo rsrsrs
    Parabéns pela resenha, eu não conhecia o livro até você falar dele.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi.

    Acho que ainda nao tinha visto esse livro antes, mas agora, já estou querendo ler. A obra tem tudo o que me atrai em um livro e estou bem animada e já sabendo que vou amar a leitura. Anotado a dica, obrigada!

    ResponderExcluir

© 2018. Tema alterado parcialmente para Paraíso Literário. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.