[RESENHA] Os Sedutores de Havisham #2: O Segredo do Conde


Oiiii seus lindos, seguimos no nosso mês especial Romances de Época (se não sabem do que eu estou falando é só clicar AQUI) hoje nos vamos falar sobre o livro que eu estava mais ansiosa para ler este ano, que é o segundo volume de Os Sedutores de Havisham (a minha opinião sobre o primeiro vocês podem conferir AQUI) e eu não sei nem explicar a altura em que estavam as minhas expectativas depois de ler Codinome Lady V, e fico mais do que feliz em dizer que tudo o que eu esperava foi grandemente surpreendido, de uma forma incrível e totalmente avassaladora por O Segredo do Conde! Então bora lá conferir um pouquinho do que me deixou tão apaixonada.

Em Codinome Lady V fomos apresentados aos quatro sedutores de Havishan, e ao irreverente, alcoólatra e conquistador Edward Alcott, mas principalmente fomos levados à noite em que Edward acabou cedendo a tentação e beijou Lady Julia Kenney em um jardim escuro. O fato não seria nada de mais se não fosse por pequenos detalhes como por exemplo o  beijo ter mexido com ele, e o alvo de sua paixão ser a noiva apaixonada de seu irmão gêmeo, o Conde Greyling. 

Anos mais tarde uma tragédia recai sobre os irmãos e Edward se vê prometendo ao gêmeo, Albert, que está a beira da morte que tomará seu lugar e fingirá ser o Conde de Greyling, até que a condessa tenha o bebê que está esperando. O que não pode ser uma tarefa das mais fáceis uma vez que Edward ainda nutre sentimentos por ela.

Assim depois de uma viagem de dois meses, o marido de Julia retorna para casa mudado. Ousado, atrevido e mais perverso do que ela jamais imaginou ser possível já que o homem era um exemplo ao seguir as regras e bons costumes limita. Albert (na verdade Edward fingindo ser ele) também limita ao máximo seu contato com Julia e seus beijos são cada vez mais escassos, e ela não entende, afinal de contas uns beijos não podem prejudicar o bebê. A cada dia que passa ela vê acontecer algo que não imaginava ser possível: Julia se apaixona mais a cada dia pelo marido.

A cada contato que Edward tem com Julia, ele sente que o desejo provocado por aquela noite a muito tempo atras é rapidamente reavivado. Ele deseja de todo o coração ser o marido dela de verdade. Mas sabe que se ela descobrir sua mentira, ela o desprezará para sempre e ainda que ela o perdoe e deseje ficar com ele a lei inglesa o impede de se casar com a viúva de seu irmão o que torna este, um amor condenado.

Gente do céu! GENTE DO CÉU!! Que livro, que romance, que enredo, que tudo!!! Eu já começo dizendo que se vocês não conhecem ou nunca quiseram ler esta obra, vocês PRECISAM LER, é sério. A muito tempo eu não me via tão loucamente apaixonada com cada detalhe de uma trama com uma autora trabalhando tão bem nos caminhos que ela desenvolveu de forma a não nos dar outra alternativa que não a de se apaixonar perdidamente.

Em Codinome Lady V eu já tinha suspeitado que o Edward sentia alguma coisa pela cunhada, porque a relação dele com ela era de um ódio tão absoluto, que beirava a premissa de "onde há ódio, há amor", mas ao mesmo tempo achava a Julia tão antipática que agradeci aos céus por ela ser casada com o Albert, o que na minha tola cabecinha iria abrir caminho para o Edward conhecesse uma mulher muito legal e se apaixonasse verdadeiramente por ela.

E o que a Lorraine Heath fez? Destruiu qualquer preconceito que eu tinha contra a Julia, fez com que eu me apaixonasse mais ainda pelo Edward (mais do que eu me apaixonei pelo Ash, e olha que eu realmente amo ele!) e que a partir disto eu desejasse com todas as minhas forças que o casal desse certo, que o Edward achasse um caminho para eles ficassem juntos e para que ele mostrasse pro mundo que o amor deles era incrível de mais para não ser possível.

A maneira como a autora cria cada personagem e trabalha com os principais dá um tom completamente envolvente para a obra, o mundo sob aquele ponto de vista faz todo sentido e me fez querer saber detalhes mais daquilo a cada página. Todos os personagens são bem trabalhados, assim como os relacionamentos de amizade e família que nos foram apresentados no primeiro volume da série, e cada vez que eles são utilizados ou sequer mencionados neste, me fizeram suspirar e amar mais a autora pelo presente que é este livro.

O trabalho da Editora Gutenberg é outra coisa que merece total destaque, a começar por está capa que é maravilhosa, tem umas texturinhas que me fizeram ficar passando a mão no livro e talvez abraçada com ele por um tempo (fiz bastante isto quando acabei de ler). As folhas são amareladas o que facilita a leitura, a fonte é de um tamanho confortável e a diagramação ficou muito linda, simples com alguns detalhes no inicio do capítulo e no meio quando ia trocar a voz do personagem.

E agora entramos nos pontos finais: a obra é narrada sob o ponto de vista do Edward e da Julia, o que eu realmente gosto porque da uma visão mais ampla do enredo. Existem cenas de sexo que são parte do contexto do casal, não são muitas, mas quando elas aparecem são realmente maravilhosas, muito bem escritas e da a sensação de que você está sentindo na pele a emoção do casal.

Por fim eu preciso dizer que chorei muito no decorrer da leitura, ri bastante também porque o Edward é realmente uma peça rara, mas principalmente no fim do livro eu chorei de alegria pura (que acompanha o IG viu nos stories que falei do livro chorando ainda), chorei de gratidão por ter tido a oportunidade de apreciar uma obra tão rica, e chorei porque não é sempre que se tem  oportunidade de ler algo com sentimentos tão verdadeiros, que me fizeram sentir como se fosse eu mesma vivendo o romance.






Título: O Segredo do CondeSérie: Os Sedutores de Havisham Páginas: 284| Autora: Lorraine Heath 
Tradutora:  A. C. Reis  | Editora: Gutenberg | Ano: 2018
Comentários
17 Comentários

17 comentários :

  1. Aninha, que resenha mais amor! Eu, quando vi foto desse livro e sinopse, já tinha ficado com um pé atrás, porque eu já fico imaginando o que pode acontecer quando os segredos são descobertos. Mas, depois de ler sua resenha, estou muito curiosa! (será que é errado procurar o pdf ou ebook? haha)
    Parabéns pela resenha, sério mesmo!
    E a sensação de quando terminamos de ler um livro que nos faz ter mais esperanças no amor entre casais e, claro, aquela sensação massa no coração é de deixar na ressaca hahahaha <3
    Beeijos

    asemfim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Aninha! Ai que delícia de resenha! Me apaixonei e já quero muito ler! Achei bem interessante o fato do cunhado assumir o papel de marido da mocinha e ficar cada dia mais tentado por ela e por esse amor que vai crescendo dentro dele. O fato de serem gêmeos também deixa mais interessante! Fiquei encantada e quero já ler esta história! Obrigada pela dica!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  3. Meu deussssss hahahahaha eu amei a sua resenha, parece que você estava do meu lado contando como se sentiu lendo, empolgação contagiante!
    Nunca li romances de época (nem eu entendo pq :/), mas me parece que a série Os Sedutores de Havisham é sensacional e com certeza vou incluir na minha meta de leitura.
    A capa é maravilhosa e estou empolgada para ler. Obrigada pela dica sensacional!

    beijos - Anne and Cia
    http://anneandcia.blogspot.com/2018/06/a-rainha-vermelha-de-victoria-aveyard.html

    ResponderExcluir
  4. Oi tudo bem? Estou com esse livro aqui,mas não li ainda,li o primeiro e adorei, estou ansiosa para ler depois da sua resenha amei mais ainda, parabéns pela resenha, obrigado pela dica.

    ResponderExcluir
  5. Oie! Não conhecia o livro.
    Mas sua empolgação ao falar sobre ele me deixou curiosa.
    Gosto demais quando os relatos de uma relação sexual entre o casal do livro, é bem escrita conforme você citou.
    Quero conhecer Edward e Julia, sim!
    Grata pela sugestão!
    Beijinhos!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  6. Eu li Codinome Lady V e desde então estava doida por esse segundo volume, preciso de uma oportunidade de comprá-lo logo. Fiquei super contente ao ber na sua resenha o quanto você curtir essa leitura, super complicada a situação desse casal.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Parabéns pela resenha, sua empolgação é bem visivel!
    venho percebendo que esse mercado de livros com enredos de época esta ganhando público, acho isso bem valido pois é um incetivo a leitura, mas esse tipo de literatura não me atrai, sei lá é algo que não despertar minha atenção já tentei ler mas não conseguir terminar rsrs'. espero que no futuro isso mude, e quem sabe leio esse que você indicou (tem a descrição de da relação sexual do casal <3, hahahahaha).

    abraços.

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Só plea sinopse eu não sei se leria o livro, pois já fiquei com o coração apertado. Previ tempos tortuosos para o casal e não consegui enxergar um final feliz. O que não é ruim, mas tira um pouco da leveza que procuro no gênero.
    Mas sua resenha tão empolgada me deixou curiosa para conferir, o que pretendo fazer em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que resenha!!!
    Li "Codinome Lady V" hoje, e já estava louca para ler o segundo livro, mas agora que li sua resenha, meio que entrei em desespero! Necessito ler esse livro, vou correndo atrás de um amanhã...kkkk

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu já estava curiosa com o primeiro livro da série e agora lendo sua resenha fiquei encantada com o desenrolar da trama e com certeza vou me apaixonar por esses personagens.
    Adoro livros que mexem com nosso imaginário e esse romance de época parece ser diferente de tudo que já li.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler Codinome Lady V, mas até hoje não achei uma promoção que valesse a pena, mas ainda vou comprar. Adoro quando os autores desmontam todas as nossas convicções a respeito dos personagens. Gostei de saber que o livro é narrado pelos protagonistas, geralmente os autores utizam a terceira pessoa e achei um diferencial bacana.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, como vai?
    Sou um apaixonado por romances de epoca, e não conhecia a sibopssdesta serie. Os protagonistas e a forma como a história e contada conseguiu me chamar atenção e acredito que eu gostaria deste romance. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  13. Oii.
    Estou louca para ler esses livros da Lorraine Heath, ainda não li nenhum livro dela , vc acredita?
    Falam que essa série é maravilhosa, já está na listinha de futuras compras.
    Adorei a resenha.
    Bjs, Mary.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Eu tenho muuuuuitaaaaa vontade de ler romances de época, sou totalmente apaixonada nessas capas e nas sinopses envolventes que cada uma tem. Mas sei lá, acho que falta dar um primeiro passo, sabe? Como eu nunca li algo desse gênero acho que poderia acabar não gostando tanto, não sei. Mas enfim!
    Amei a resenha e o modo como você conseguiu explicar cada acontecimento.

    Beijos!

    www.resenhasetudomaisbr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Eu realmente PRECISO ler esse livro, como você realmente disse na resenha. A editora Gutenberg sempre arrasa nos livros, além de terem uma ótima qualidade as histórias são ótimas! Já coloquei na minha listinha esse livro, pois eu realmente quero ler ele (só falta tempo e dinheiro kkkk). Obrigada pela dica. Obs: seu blog é lindo!

    Beijos!

    www.resenhasetudomaisbr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu acabei de ler esse livro e simplesmente AMEI. A autora prendeu minha atenção do início ao fim. Eu vibrei, me emocionei. Uma coisa que a autora falou sobre a obra foi: que ela não queria que nos apaixonassemos pelo Albert pq sofreríamos quando ele morresse, tão pouco ela queria que ele fosse um canalha. Romance leve e lindo. Vou ler de novo... Bela resenha

    ResponderExcluir
  17. Outra coisa, esperando ansiosamente pelo livro três.

    ResponderExcluir