[RESENHA] A Escola do Bem e do Mal #2: Um Mundo Sem Príncipes


Oiii seus lindos, hoje vamos falar de Um Mundo Sem Príncipes, segundo volume da série A Escola do Bem e do Mal (o primeiro vocês podem conferir AQUI) que foi lançamento do ano passado da Gutenberg e que eu estava extremamente ansiosa para ler! Esta resenha contém alguns SPOILERS do primeiro livro, e sem mais delongas vamos ver o que achei desta obra.

Um Mundo Sem Príncipes começa com Agatha e Sophie realizando aquilo que Agatha sonhou desde que elas foram levadas para A Escola do Bem e do Mal: Voltar para Gavaldon, e lá ter o seu final feliz, com a certeza de que todos os seus problemas terminaram. Mas como a vida dela não é o conto de fadas que elas esperaram, as coisas começam a desandar.
O Storian tinha um final que as garotas não faziam ideia para seu conto de fadas, mas quando Agatha escolhe um final diferente do esperado para a história delas, ela acidentalmente abre os portões da Escola do Bem e do Mal, e assim ela e Sophie são levadas de volta para o mundo dos contos de fadas, mas ele está completamente modificado.

Agora bruxas e princesas vivem juntas na Escola para Meninas e são inspiradas a viverem sem príncipes Tedros e os meninos, príncipes e vilões, vivem nas antigas Torres do Mal, e uma guerra está se instaurando entre as escolas e a única forma de Agatha e Sophie se salvarem é trazendo a paz de volta.

Neste segundo volume temos a volta das leitoras para o mundo dos contos de fadas, com surpresas que elas nunca poderiam imaginar. Sophie segue na busca por ser do bem e a Agatha segue como uma fiel e amorosa amiga que fará de tudo para ter seu final tranquilo ao lado de Sophie. E aqui temos um ponto que vinha me incomodando desde o primeiro livro e que se tornou insistentemente irritante neste segundo livro: QUAL A RAZÃO DE TENTAR MANTER ALGO QUE ESTÁ FADADO AO FRACASSO?

Sério gente, a amizade das duas nunca foi uma mão dupla, era SEMPRE, desde as primeiras páginas do livro 1 a Sophie usando a Agatha para conseguir algo (primeiro como um projeto para parecer boa o suficiente e ser levada pelo diretor da Escola, depois para mostras que a Agatha era má e que as duas estavam trocadas, e por ai vai), e eu entendo que o sonho dela de ser uma princesa sempre foi maior e isto meio que a deixou cega, mas essencialmente a Sophie é má, só o tamanho do egoísmo dela já mostra isto.

Então entramos em outro ponto: eu queria entender qual a necessidade que o Soman tem começar os livros mostrando uma Sophie total e completamente fútil (não que ela não seja, porque ela realmente é movida pela futilidade) e uma Agatha completamente submissa as vontades fúteis da Sophie (e sabemos que a Agatha não é assim, e esta necessidade doentia de deixar ela submissa me irrita muito) porque estas situações me fazem pensar que o autor queria muito tornar a Sophie a personagem principal e para que isto aconteça ele precisa apagar a Agatha, caso contrario ela irá sobressair completamente aquela que sempre desejou ser a princesa.

E aqui entramos em outro ponto: Amizades Toxicas! Serio gente não é só relacionamentos amorosos que são abusivos não, amizades também podem ser e aqui temo uma Sophie completamente manipuladora, obcecada por seus próprios desejos e sentimentos sem se importar em nenhum momento com o que os outros estão sentindo no processo de busca dela pelas realizações. A Agatha passa a maior parte do tempo preocupada com a Sophie, querendo que ela se torne uma pessoa boa (quando ela realmente não é! 95% do ser dela é mal) e ai ela se apaga e se submete as vontades e planos da Sophie só porque ela acha que a amiga vai ficar feliz assim! A Agatha é uma ótima amiga e realmente uma pessoa boa, mas ela é burra e deixa a Sophie fazer o que quiser e isso me mata!

A história é completamente instigante, porque tem elementos que a todo o momento te fazem querer ler desesperadamente as próximas páginas para saber o que virá a seguir, e tem umas reviravoltas que sinceramente me deixaram com o queixo caído! Principalmente algo que eu tinha certeza (sim fui iludida) de havia sido resolvido no final do primeiro livro, e ai simplesmente me apareceu como uma reviravolta desesperadora neste volume.

Vamos falar um pouquinho sobre está capa pela qual me apaixona! Serio gente é uma arte muito linda, e reflete de uma forma assustadora as coisas que decorrem nas páginas do livro. E por falar nas páginas a diagramação segue lindíssima com os desenhos (e que mão maravilhosa a do ilustrador) no inicio de cada capitulo, seguindo o mesmo padrão do primeiro (que eu falei AQUI), e realmente com um trabalho primoroso da editora quando a composição e a revisão da obra.P

Por fim é um livro bom, mas os pontos referentes a amizade da Agatha e da Sophie me incomodaram muito, e eu sempre enxerguei um grande potencial na princesa para ver simplesmente ela ser sugada por uma amizade que só ela vê. E ai no meio deste livro eu já estava tão irritada com tudo que disse a mim mesma que não leria o terceiro volume, e ai o Soman vem e me põe uma situação completamente surreal nas ultimas páginas e eu preciso mesmo ler o ultimo livro agora para saber o que ai acontecer. Mas principalmente eu espero que o terceiro livro explore todo o potencial da Agatha, e que para além de perceber que ela é realmente uma princesa, que ela seja tão incrivelmente foda como eu acho que ela pode ser.





Título: Um Mundo Sem Príncipes Série: A Escola do Bem e do Mal Páginas: 318 | Autor(a): Soman Chainani 
Tradutor(a):  Alice Klesck  | Editora: Gutenberg | Ano: 2017
Comentários
15 Comentários

15 comentários :

  1. Não conhecia essa série, mas depois de ler sua resenha, fiquei muito curioso para ler.

    Gustavo
    http://www.leituraenigmatica.com

    ResponderExcluir
  2. Olá. Eu curti muito o primeiro livro, comecei a ler o segundo, mas não terminei. Quero o terceiro.
    É o tipo de livro que me atrai.
    Apesar de ser fantasia e muitos dizer que é para um público mais jovem. Curto essa premissa, e soltar a imaginação na ambientação criada.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?

    O primeiro livro está na minha estante há tempos, mas não consegui começar a leitura. Gostei de saber que mesmo não gostando de algumas coisinhas o livro conseguiu vir com uma surpresa que te segurou... odeio parar séries na metade kkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiiii

    Essas amizades tóxicas tb me deixam bem desconfortável, mesmo quando é em livros. Ainda assim acho a premissa da trilogia bem legal, tenho visto várias resenhas positivas e estou curiosa pra conferir.

    Beijo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Eu curti muito esse livro, mas confesso que essa amizade entre Sophie e Agatha me estressa algumas vezes também.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi.
    Tenho essa trilogia aqui em casa, mas ainda não li. Eu acho que também ficaria incomodada com a pamonhice da Agatha em relação a essa amizade. Mas se quis continuar com a leitura da trilogia, mesmo tão incomodada com esse aspecto, é porque a história deve ser realmente boa.
    Pretendo ler em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem? Não conhecia o livro e nem o autor, mas gostei do enredo, adoro trilogias, me deixa bem empolgada kkk, sua resenha detalhada me deixou curiosa sobre a amizade das duas, mas não gostei por ser de uma mão só, isso não dá muito certo, parabéns pela sua sinceridade na a resenha, obrigado pela dica estou anotando aqui. Bjs!
    livrosetalgroup.blogspot.com.

    ResponderExcluir
  8. Poxa, a história parece ser legal, mas não faz muito meu estilo... Fantasia não é minha praia, mas sua resenha está muito boaaaaaaa!
    Obrigada pela indicação!
    Beijos <3


    https://porvarioslugares.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Aninha!
    O primeiro livro dessa série já entrou e saiu tantas vezes da minha lista de futuras leituras que já até cansei de tentar ler, rsrs.
    Acho a ideia dos livros bem interessante e até divertida. Mas o meu hype por eles passaram um pouco.
    Achei bem importante o seu comentários sobre amizades tóxicas, pois elas existem sim. Quando falamos do assunto, parece que existe só namoro/casamento tóxico, mas não. Realmente bem importante e espero que no terceiro livro o autor consiga mudar isso.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oiiiii!
    Ainda não conhecia a trilogia, mas gostei bastante, adoro fantasias♡
    Achei importante você ressaltar que amizades são tão tóxicas quanto relacionamentos amorosos.
    Achei a capa linda e amei a resenha! Vou adicionar a minha Wishlist.
    Beijos - anne and cia

    ResponderExcluir
  11. Oi Ana!

    Já vi essa série por ai mas nem tenho estado no clima de ler fantasias. Achei as capas maravilhosas mas como disse estou sem ler fantasia a muito tempo, ai nem me interessei de saber mais sobre eles.

    Ótima resenha!

    Beijos
    Carol
    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oii tudo bem?
    Me lembro de ter lido sobre o primeiro livro dessa trilogia faz um tempinho já, mas não conhecia esse segundo. Achei a capa bem interessante, chama a atenção né. O que você falou sobre a amizade, me incomodou um pouco, mas para mudar isso sempre temos o terceiro livro né?
    Achava que essa história era muito juvenil, mas hoje, acredito que eu possa ler sem problemas que eu vou gostar.

    beijos
    http://www.livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, amei conferir sua opinião sobre esse segundo livro. Até tinha vontade de ler ele por ser uma fantasia que envolve vilões e mocinhos. É interessante falar sobre amizades tóxicas, mas talvez não tenha sido mesmo a intenção do autor.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá ♥
    Confesso que assim que eu li que poderia ter spoiler do livro anterior eu já corri para suas impressões sobre o livro, por que eu quero muito ler esses livros e não quero estragar a minha surpresa. Fiquei um pouco perdida sobre os personagens, mas creio que tudo vai ficar mais claro quando eu ler. Sobre a reviravolta já quero saber o que é. Amizades toxicas como você citou no enredo talvez é algo que realmente algo que pode me irritar ao longo do enredo, mas isso é o de menos.

    Parabéns pela resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  15. Nossa, adorei sua sinceridade! Já li resenhas que eram só flores a respeito da história, mas que quando eu lia, não era nada daquilo. E odeio quando isso acontece: vc passa raiva com a leitura, mas TEM que ler a continuação porque o autor colocou na história um fator que pode ser decisivo para vc gostar ou desgostar de vez da leitura. Que raiva! rsrs
    Em todo o caso, tenho curiosidade de ler a série, mas não é a minha prioridade. Bom saber o que esperar da história dessa amizade.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir