[RESENHA] Meu Doce Azar


Oiiii seus lindos, hoje iremos finalizar o autor do mês de uma forma diferente! Como julho teve 5 domingos, nos preferimos concluir o autor do mês então com a resenha do ultimo lançamento da Bhya! Está história SENSACIONAL chamada Meu Doce Azar, lançada pela Novo Século, e que teve como único intuito arrebatar de vez meu pequeno coraçãozinho. Então sem mais delongas bora conferir este ultimo post deste mês maravilhoso com a Bhya.

Alice é uma bela e bem sucedida engenheira, que tem a sorte como uma doce e velha inimiga, e agora além desta carga chamada falta de sorte, ela também carrega na cabeça um lindo par de chifres. Assim temos uma mulher que não se conforma com este novo enfeite na cabeça e decide abandonar seu passado e seguir um novo caminho.

Ela só não imaginava que em seu novo caminho ela iria acabar tropeçando em um ruivo que causa nela sentimentos que ela jamais conheceu em seus 25 anos. E para conseguir chamar a atenção do “Ed Sheeran” brasileiro, ela será ajudada pela melhor amiga encalhada e pelo irmão gêmeo desajeitado.

Não sei nem por onde começar a falar deste livro! Se pela escrita encantadora da Bhya (já falei sobre isto AQUI), se pelo mundo da Alice ou pelos personagens apaixonantes! Gente é tudo muito encantador, e uma leitura tão gostosa e empolgante que eu acabei o livro em um dia e meio, e fiquei com aquela sensação desesperadora de que precisava de mais da Alice e do Rafael, mas principalmente eu preciso de mais do Henri!!

Todos os personagens são muito bem trabalhados, a família da Alice é apaixonante (mas o irmão dela foi quem realmente ganhou meu coração) os amigos dela são uma peça, e salvo uma exceção são realmente amigos mesmo, os personagens que trabalham com ela são ótimos e o Rafael é realmente um príncipe (quando ele não está andando de mão dada com o azar e metendo os pés pelas mãos).

Eu gostei muito de a Alice ser uma mulher forte e divertida, e mesmo com as duvidas dela, ela consegue seguir em frente e provar para si mesma que ela é capaz e que é merecedora daquilo, mas principalmente eu gostei muito de ver uma personagens que é fiel a seus ideais e que não se perde por conta de um amor, ela é a mesma do inicio ao fim, com algumas mudanças que são trazidas pelo tempo, mas sem mudar sua base, então ela foi realmente apaixonante.

O Rafael é um mocinho lindo de mais para ser verdade, e eu amei ele não por tudo o que ele tem de principesco (como o rosto lindo e as boas maneiras), mas amei ele porque ele é falho de mais! Ele erra muito, mas principalmente ele admite seus erros e aprende com eles, e ainda que ele acabe prejudicando alguém no caminho, ele faz de tudo para concertar as coisas e melhorar. Então em resumo eu amei o Rafael não porque ele é o “Ed Sheeran” brasileiro, amei ele porque ele é irrevogavelmente HUMANO.

Os outros personagens secundários são muito bem escritos e bem trabalhados e não da pra falar o quanto eu gostei deles e achei-os importantes para o decorrer da trama, mas eu preciso falar com detalhes sobre o Henri, o irmão gêmeo da Alice e meu maior e incrível amor nesta história toda (desculpa Rafael, também te amo, mas amo o Henri mais), ele é engraçado, espirituoso, um super irmão mesmo! Daqueles que se preocupam e ameaçam quebrar a cara de todo mundo que machucar a irmã, mas ele me ganhou mesmo quando eu vi a fraqueza dele, quando vi que ele tinha receios e medos que se assemelham muito aos meus, foi ai que eu tive vontade de pegar ele no colo e trazer para casa.

A narrativa da Bhya continua encantadora, revezando os pontos de vista da Alice e do Rafael (a maior parte é da Alice) e em alguns momentos também mostram o ponto de vista de outros personagens (como meu amado Henri <3).

Com o final de Meu Doce Azar eu fiquei mais apaixonada ainda por cada um destes personagens e fiquei extremamente ansiosa para o lançamento de Minha Amarga Sorte (e vocês podem conferir um trechinho dele AQUI que a Bhya disponibilizou pra gente <3) e tenho certeza de que irei me apaixonar mais uma vez.

A edição é um outro trabalho lindo a parte, a capa ficou muito linda e me remeteu muito a descrição da Alice (Glorias aos céus porque isto é algo importante de mais para mim, falei sobre isto AQUI) e nas costas do livro tem um modelo que me fez ver muito mais o Rafael do que o Ed Sheeran (desculpa Bhya kkkk) e realmente me agradou muito mais rs. A diagramação é a coisa mais fofineeaaa que vocês vão ver (postei no Instagram do PL) com um trevo de quatro folhas no inicio de alguns capítulos, e um trevo também para separar os momentos no decorrer do capitulo. A fonte é muito agradável com um tamanho de letra bom e com folhas amareladas.

Em resumo a história vale mais do que a pena ser conhecida, porque como sempre a Bhya nos traz grandes ensinamentos e pontos para reflexão, assim como temas delicados tratados de uma maneira tranquila para que nos possamos mesmo pensar a respeito.

Este é o ultimo post do Autor do Mês de Julho com a Bhya Cortes e se vocês perderam os posts dela durante este mês vocês podem conferir AQUI, lembrando que para descobrir quem será nosso autor do mês de Agosto, vocês devem escutar o Book Talk até o final! Até o Mês que vêm.







Título: Meu Doce Azar Páginas: 382| Autor(a): Beatriz Cortes  
| Editora: Novo Século | Ano: 2018
Comentários
18 Comentários

18 comentários :

  1. ahhh que amor! Amei essa resenha linda! Obrigada pelo carinho <3

    ResponderExcluir
  2. Que livro amor.
    É um livro divertido , apesar de ter ali o drama de chifres da Alice o bom humor da história acaba deixando livro gostoso.
    E assim o trio formado ali parece tirar risadas gostosas.

    ResponderExcluir
  3. Ah adoro qdo a gente ama tanto um livro que é difícil começar a falar dele. É um bom sinal!
    Ainda nao conhecia o trabalho da autora e já estou impressionada com o romance q ela desenvolveu cheio de emoção e reflexões.
    Adorei a indicação e espero ler no futuro. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ah adoro qdo a gente ama tanto um livro que é difícil começar a falar dele. É um bom sinal!
    Ainda nao conhecia o trabalho da autora e já estou impressionada com o romance q ela desenvolveu cheio de emoção e reflexões.
    Adorei a indicação e espero ler no futuro. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Já salvei os posts sobre a autora porque quero conferir mais detalhes, eu nao a conhecia, muito menos a história, mas fiquei curiosa para conferir um pouquinho mais sobre o enredo, me parece ter os elementos certos pra me conquista, sabe? Espero poder conferir o quanto antes! Parabéns pela resenha, me aguçou a curiosidade.

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha lido uma resenha desse livro e gostei muito pelo fato dos personagens serem muitos presentes na trama, nada superficial e também passarem um certo carisma (é apenas uma impressão, preciso ler a trama) e o livro parece ter um enredo bem marcado e intenso, o que me despertou muito a curiosidade. Espero ler logo.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Eu não me interessei pela história. Achei bem fraca e os personagens pouco desenvolvidos e superficiais. Não gosto desse tipo de romance onde a garota tem que tomar um chifre ou um pé na bunda pra acordar pra vida, e achei meio forçado o fato dela já ser uma mulher de 25 anos bem sucedida e realizada agir de maneira infantil e imatura. Mesmo que haja personagens que salvem o lado engraçado da trama, eu dispenso. Obrigada pela resenha!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa!
    Amei sua empolgação nessa resenha! Me senti super contagiada e agora é claro que estou curiosa para ler o livro. Ainda não conheço o trabalho da autora e essa parece uma ótima chance!! Ainda nessa semana eu volto na Bienal do Livro e vou procurar por ele lá!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Que leitura mais interessante.. Não conhecia a obra e adorei saber mais dos pontos que te deixou encantada ao longo da leitura.
    Se olhasse somente a capa certamente não me chamaria atenção, mas vou querer conhecer mais dos personagens e conferir o que a autora destinou para eles nesse romance.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Olá, a capa desse livro já tinha chamado a minha atenção. Gostei muito de conferir sua opinião sobre a história. Amo essas tramas que envolvam pessoas azaradas, rsrs. Preciso ler logo algo da autora.

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Eu li essa obra, achei a história bacana gostei de alguns personagens mas não curti a escrita da autora. Achei a Alice muito infantil para a idade dela e a repetição de Ed Sheeran e Advogato bem chata e sem graça. Fora isso a história flui muito bem e meu preferido é o Henri também.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia a obra, mas gostei de conhecer. Parece realmente um bom livro para se ler em um fim de semana. Gosto de livros do tipo para ajudar a curar ressaca literária. Vou anotar a dica para poder ler ele em um momento oportuno. Bexus @prefirolercomcalma

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Amei, amei, amei a proposta desse livro e seu carinho por ele. Fiquei muito curiosa para conhecer esse "Ed Sheeran" brasileiro e a história. Também achei muito legal o fato de a mocinha ser forte, vou super anotar a dica.
    PS: vi o lay agora e ficou MARAVILHOSO.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  14. Essa é a primeira resenha que leio do livro e já fiquei encantada. primeiro porque o enredo parece ser bem envolvente e também porque eu adoro bons personagens secundários. Acho isso fundamental, inclusive.
    Adorei a indicação
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Ahhhh, que capa linda!! E essa sua animação me deixou com vontade de ler! Imagimo que seja uma leitura muito gostosa e leve de se fazer, que é meu tipo favorito! Hahaha

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Não conhecia a autora e seu livro, mas adorei a premissa! Parece ser um daqueles clichês que enchem nosso coração de sentimentos bons, o tipo de leitura que amo, e saber o quanto você gostou só me deixou ainda mais curiosa para conferir o livro.
    Amei a resenha! ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Gente, como eu amo ler uma resenha apaixonada assim, nos dá um estimulo maior pra procurar saber mais sobre a obra e até coloca-la em nossa lista de leitura!
    Ja te disse uma vez, mas não conheço a escrita da autora e estou a conhecendo atraves do seu blog. Porem..., amei a sua resenha sobre esse livro e curti muito a premissa da historia

    Dica anotada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá
    A premissa parece ser ate legal, apesar de ser bem clichê, os personagens me parecem que se destacam e deixam o enredo mais gostoso de se acompanhar. A capa e a diagramação é outro show a parte, bem linda. Anotei a dica é sei que vou amar.

    ResponderExcluir