[RESENHA] Através dos Teus Olhos


Oiii seus lindos, estou aqui mais uma vez para falar de uma obra desta autora maravilhosa chamada Beatriz Cortes (e que vocês podem conferir as outras resenhas dela AQUI), e que tem um dom sensacional de me deixar apaixonada! Com um novíssimo Crush literário para minha pequena imensa lista! Então bora conferir o que eu achei dessa história APAIXONANTE, chamada Através dos Teus Olhos.

Manuela é uma jovem que após a morte de seus pais encontrou refugio na medicina, ao contrario de Benjamin, um jovem dentista que mantém uma rotina monótona com o intuito de esquecer os infortúnios de seu destino. Ainda que suas histórias sejam diferentes, seus destinos acabam se cruzando, e eles se veem em uma jornada em busca de autoconhecimento e principalmente de superação. Fazendo-nos pensar nas possibilidades que o amor reserva, será que ele é capaz de superar tudo?

Não sei nem por onde começar a falar deste livro! Eu já me apaixonei por muitas obras da Bhya, mas para ser bem honesta, nenhuma me tocou tanto como Através dos Teus Olhos, porque é mais do que um romance com questões importantes, é mais do que a forma como o caminho de dois jovens se une para que eles descubram o amor um no outro, é uma obra simples, que nos fala sobre como podemos nos curar e curar o outro só por abrirmos nossos corações para as oportunidades, é sobre como podemos encontrar a força de que precisamos no outro ao mesmo tempo em que somos a força dele.

É uma história tão linda, um mundo tão bem construído que fica difícil contar para vocês sem acabar falando de mais. Mas o contexto em que a Manu e o Bem vivem faz toda a diferença para que tudo ocorra de forma a cativar, a prender e a nos deixar tão completamente envolvidos, que fica difícil para a leitura para qualquer coisa (tive que para muitas vezes, porque chorei tanto que acabava embaçando os óculos e ai eu tinha que parar para limpar!!) o que com certeza foi facilitado não só por todo o mundo criado e os personagens maravilhosos, mas principalmente porque a escrita a Bhya é apaixonante.

Sabem quando a autora é tão profissional, e emprega tanto sentimento na escrita dela que enquanto estamos lendo nos sentimos exatamente o que o personagem esta sentindo? Foi assim que eu me sentia! Quando a Manu dizia que a frequência cardíaca dela estava acelerada com a situação, eu sentia meu coração vindo na boca de tão acelerado que ele ficava, quando ela ou o Ben choravam, eu chorava junto, eu ria junto com eles e por assim vai.

A Manu é uma mulher forte, cheia de vida e de objetivos, inteligente e determinada, que fez medicina pelo prazer de ajudar aos outros, e quando ela perde seus pais é na medicina que ela irá se refugiar. É difícil para ela ficar no Rio e conviver com todas as lembranças dos pais, é por isto que ela vai para o Canadá e fica lá por 3 longos anos, sem tirar férias e sem voltar para sua terra natal. Não interpretem mal, ela não abandonou o irmão e o sobrinho no Rio e simplesmente fugiu, mas fazer residência no exterior foi a forma que ela encontrou de lidar com a própria dor, ou melhor dizendo, a forma que ela encontrou para se esconder da própria dor, porque no Canadá ela podia fingir que só estava longe da família, e não que perdeu os pais amados, coisa que ela precisa fazer quando volta para o Brasil. E é aqui que as coisas começaram a fazer diferença para mim, a Manu deixa de forma muito clara o ensinamento de que toda dor deve ser sentida, não importa qual seja ela, em algum momento nos precisamos lidar com a dor para poder seguir em frente.

E por falar em seguir em frente, temos o incrivelmente maravilhoso Benjamin, lindo de morrer, inteligente e preocupado, desastrado que só ele e ao mesmo tempo cuidadoso com as coisas importantes, serio gente o cara é um príncipe, mas sem todo o lance de perfeição rs. Ele é a própria forma do que o passado pode nos fazer quando decidimos fingir que nada aconteceu, ao invés de lidar com a própria dor para então poder tocar a vida. O Bem joga as coisas trágicas de seu passado para o fundo da mente, aquele clássico “Nunca nem vi!!” sabem? Ele simplesmente finge que nada aconteceu, até que suas lembranças começam a assombra-lo, e em determinando momento ele se vê obrigado a lidar com as próprias lembranças, a por para fora o que lhe faz mal, para então poder viver tudo o que o coração dele implora para que ele viva. Mas mesmo com tudo isto ele é aquele tipo de cara que você quer por no colo e levar para casa!

Gostaram do casal principal? Pois é, mas eles não são o personagem principal kkkk Confuso? Eu sei, mas é que para mim o personagem principal desta trama toda, chama-se Sirius (não o do HP tá? Embora eu o ame profundamente, aqui falamos de alguém cujo nome foi inspirado nele) um labrador cor creme MARAVILHOSO, que para mim foi o grande herói da história, e não só por uma certa participação em algo digno deste titulo, mas principalmente porque ele age quando o Bem não sabe o que fazer, ele é aquele amigo que te da o empurrão quando você emperra sabe? Mas principalmente o fim desta obra me mostrou porque eu não curto muito obras que tenham cachorros, mas não sofram, fica tudo bem, mas só uma mera perspectiva do que poderia acontecer no fim do livro foi o suficiente para fazer com que eu tivesse que lavar os óculos algumas vezes.

Os outros personagens secundários são também muito bem trabalhados e encantadores também, criei um amor especial pela Mica e pelo Pedro (ela melhor amiga da Manu e ele melhor amigo do Ben), e as famílias também são muito legais e dão toda a base para que o enredo em si aconteça. De tudo o que os envolvem alguns dramas realmente me deixaram com o coração em frangalhos, o drama é um toque a Bhya sempre põe (falamos sobre isto AQUI), mas para ser bem sincera a história já estava incrível sem alguns deles, e a Sra. Bhya poderia ter colaborado com meu pobre coração rs 

Bom à capa do livro é esta coisa lindinha que vocês podem ver né? A diagramação do ebook está boa, bem simples e confortável, mas encontrei alguns erros de revisão e algumas palavra que pareciam estar trocadas na frase, mas nada que tenha atrapalhado a leitura.

Um outro ponto que preciso destacar é que nunca foi tão difícil ter uma relação sexual! Sério gente, eu ri muito durante a leitura com diversas cenas e para ser honesta eu acho que a Bhya podia ter tido um pouquinho de bondade no coração dela e cooperado com a Manu e o Ben, eu comecei a ficar com pena dos desastres gente rs, mas antes que vocês perguntem ou fiquem na dúvida, nos não temos cenas de sexo, o que para ser bem honesta, não fez muita diferença porque ficou tudo maravilhoso do jeito que estava.

Por fim posso dizer que vocês precisam ler este livro, ele tem um final bem fechadinho e que deixou meu coração nas nuvens, ainda que eu tenha chorado bastante no final. O livro é totalmente perfeito, não só porque o romance é absolutamente encantador, mas porque é uma lição sobre como ninguém faz nada sozinho, e que quanto maior a nossa dor maior as chances de ela ser curada quando deixamos que alguém faça parte do processo de cura. 







Título: Através dos Teus Olhos  Páginas: 460 Autor(a): Beatriz Cortes
 | Editora: Amazon Ano: 2018
Comentários
9 Comentários

9 comentários :

  1. Ah que amor! Obrigada pelo carinho com meu trabalho! Fico feliz que tenha se apaixonado pela história. Inclusive, me fez chorar também rsrs

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem?Esse ainda não li, mas fiquei bem curiosa.
    Sua resenha está bastante objetiva e clara no que esperar.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Ownt! Que livro mais lindinho! Achei ele um doce mesmo. Também me apaixonei pela história mesmo só tendo a conhecido através da sua resenha. Tenho certeza que vou amar.
    Queria muito que tivesse o livro físico, não tenho costume de ler ebook, mas mesmo assim vou tentar.
    Gratidão pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Oi Aninha,
    Te entendo! Tem histórias que ganham mais brilho com a forma que a autora narra e desenvolve os acontecimentos, por mais comum que possam ser. Amei você dizer que o labrador de cor creme, chamado Sirius, é o personagem principal! Dica anotada!
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  5. Oi! Eu costumo fugir de enredos que fazem chorar, ainda mais com um doguinho na história. Sério, eu fico com uma ressaca muito grande rsrs Mas para quem curte o gênero com certeza vai adorar, pois você passou muito amor em sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oiii.
    Não conhecia esse livro, mas só de saber que foi uma leitura favorita para você, já fiquei bem interessada.
    Vou procurar na Amazon para conferir.
    Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro ainda, mas a sua resenha foi tão incrível que me senti envolvida pela história, imagino como vai ser quando eu finalmente lê-la.
    Amo quando as resenhas me empolgam ao ponto se eu necessitar ir atrás do livro, principalmente quando é algo que me tira um pouco da minha zona de conforto, como é neste caso. Minha preferência de gênero literário é um pouco diferente da desta história, mas você me deixou tão interessada que nem me importo com este detalhe heehhe♥

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Fiquei tão bem envolvida na resenha que me senti lendo e explicando o livro, amei seu jeito de escrever. Me encantou! Não conhecia o livro, estou curiosa demais. Vou anotar na minha lista para comprar assim que puder. Provavelmente vou aproveitar bem a leitura, obrigada por compartilhar a dica! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Adoro conhecer novas histórias e de autores nacionais. Sua resenha está tão convidativa que fiquei morrendo de curiosidade para conhecer mais desses personagens.
    Amo leituras que me emocionam e me fazem ansiar por mais.
    Espero ler em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir