[RESENHA] Irmãos McCabe #1: Atraída Por Um Hughlander


Oi gente! A resenha de hoje é sobre o primeiro livro da trilogia Irmãos McCabe, Atraída Por Um Highlander, da Maya Banks e lançado a algum tempo pela Editora Universo Dos Livros. Então para saber o que achei da obra continue lendo este texto.


Mairin é a filha ilegítima de um rei da Escócia, o qual faleceu a alguns anos, e viveu escondida de homens que cobiçavam sua imensa herança durante a maior parte de sua vida, mas nada dura para sempre. Ducan Camaron, um homem perverso e ambicioso, está mais do que disposto em encontrá-la e não demora muito a achar o convento no qual a moça esteve por tanto tempo e arrancá-la de lá para se casarem.

Os homens de Camaron são tão cruéis quanto seu laird, por isso quando um garotinho de oito anos que ela nunca viu na vida está em perigo ela não pensa duas vezes antes de se colocar em perigo para salvá-lo. Instantaneamente Crispen, filho do laird do Clã McCabe, e a jovem criam um laço muito forte e depois de uma ajuda inesperada conseguem fugir das garras de Camaron e seus homens.

Quando finalmente Ewan McCabe reencontra seu filho é tomado por uma felicidade incomparável, mas também há suspeitas afinal a mulher que Crispen jura tê-lo salvado prefere continuar em total anonimato fazendo inclusive a criança prometer sequer revelar seu nome. Quando finalmente descobre quem a moça realmente é, Ewan entende que ela pode se tornar não apenas a salvadora de seu Clã, o qual passa por dificuldades desde o ataque do inescrupuloso Ducan Cameron oito anos antes, como também lhe dá os meios para se vingar dele.

Mas ele não contava com o fato de Mairin ser absolutamente resistente ao casamento, especialmente porque ela tem medo de ser descartada depois de gerar um herdeiro. Mas a jovem não tem muita escolha e, na verdade parece que Ewan é o menor de dois males, mas será que ela vai conseguir se sentir em casa? E como é que o casamento com aquele homem poderia dar certo quando ele sequer aceita a forma com que ela age?

Eu tô lendo essa trilogia toda fora de ordem, então algumas coisas que aconteceram aqui nesse livro eu já sabia (porque eu sou meio sem noção e li o terceiro antes inclusive a resenha tá bem aqui), mas confesso que isso não atrapalhou o andamento da leitura para mim. Por outro lado nem de longe gostei tanto quanto de Apaixonada Por Um Highlander.

Mairin é uma personagem muito interessante, mas confesso que a Maya Banks enrolou um bocado na hora de apresentar a história dela. Algumas coisas ficaram confusas e eu fiquei me perguntando se estava entendendo certo, especialmente a sua ligação com o outro filho ilegítimo do Rei da Escócia e pai dela, o atual monarca. Se entendi corretamente ela tem um meio-irmão e o rei David parece ser um primo ou algo assim, o descendente mais próximo e legítimo da linhagem do pai da moça.

Confesso que ela me estressou bastante com sua ingenuidade e falta de bom senso em algumas passagens, mas compensou bastante com sua determinação e a forma como foi extremamente protetora com Crispen. Por falar nele, o garotinho realmente conquistou meu coração de forma avassaladora. Ele é tão fofo que foi impossível não me sentir protetora em relação a ele, ainda mais tendo em vista sua história de vida (a qual eu não irei mencionar pra não spoliar ninguém).

Ewan McCabe e seus irmãos são uma questão à parte pra mim. Eu sempre relevo personagens machistas em romances de época porque era uma realidade daquele período, mas por outro lado eu já notei que Maia Banks adora romantizar um personagem babaca e machista em suas obras independente do período em que se passa e isso me irrita um bocado viu. Por isso eu posso dizer que gosto desse livro apesar do Ewan.

Uma outra coisa que preciso mencionar é a quantidade de reviravoltas e quebra de expectativas que esse livro possui. No final acontece algo que realmente deixou meu coração na mão, mesmo eu já tendo lido o terceiro volume e sabendo como as coisas terminariam. Realmente a Maya Banks soube abalar o meu psicológico nesta passagem.

A arte a capa é linda, na minha humilde opinião, e combina completamente com o ambiente em que a história se passa. A diagramação é simples, algo que me agrada muito, e bem confortável, mas encontrei vários erros de revisão durante a leitura, o que me irritou um pouco.

Apesar de não ter sido tão espetacular quanto o terceiro volume da trilogia, Atraída Por Um Highlander trouxe uma história interessante e divertida, cheia de reviravoltas, mas sobre a qual tenho algumas ressalvas.









Título: Atraída por um Hughlander Série: Irmãos McCabe Páginas: 336 | Autor(a): Maya Banks   | Editora: Universo dos Livros | Ano: 2017
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário