[RESENHA] As Elizas


Oi gente! Para quem não eu ando muito numa vibe de thrillers ultimamente e, como a HarperCollins Brasil acabou de lançar As Elizas da Sara Shepard (a mesma autora de Pretty Little Liars) então meus olhos brilharam com vontade de ler esse livro! Então continue lendo para saber o que achei do livro!

Eliza Fontaine é uma mulher que está superando um câncer e que tentou se matar diversas vezes porque o tumor pressionava uma área de seu cérebro que a fazia ter delírios muito realistas sobre estar sendo perseguida por alguém, então assim que a cirurgia foi feita as tentativas de suicídio deveriam ter cessado e Eliza devia ver sua vida voltar ao normal, mas é claro que não é isso que acontece.

Às vésperas do lançamento de As Dots, livro que marca sua estreia como escritora, a jovem vai se hospedar em um resort, mas acorda em um hospital depois de ser retirada da piscina, todos acreditam que esta é mais uma tentativa de suicídio de Eliza, já que ela sempre tentou se matar se jogando na água. Mesmo não havendo mais tumor. Mesmo ela jurando que sentiu mãos em suas costas lhe empurrando para dentro d'água.

Desacreditada e sem saída, Eliza decide que vai encontrar as respostas por si mesma e é assim que ela acaba envolvendo o misterioso Desmond Wells, o qual também é seu salvador, em sua busca pelo que de fato aconteceu, em quem depois passa a buscar apoio durante a sua jornada. E nenhuma situação é tão ruim que não pode piorar não é verdade? Em certo ponto ela começa a ver os limites entre a história do seu livro e suas lembranças se misturarem e a verdade pode deixá-la ainda mais perdida e trazer de volta fantasmas de seu passado.



Eu estava bastante ansiosa por esse livro e assim que pude solicitei e preciso dizer que Sara Shepard não decepcionou! O livro tem uma premissa interessante, mas o desenrolar da história é absolutamente fantástico, daqueles que onde parar de ler para beber água é difícil. Fiquei seriamente tentada a não sair do quarto até descobrir como é que a história terminaria!

Eliza é uma personagem cercada de ambiguidades e por isso a construção dela foi o ponto forte desse enredo para mim. Sem essa dualidade da personagem (que horas me fez pensar que era doida varrida e em outras que era uma vítima desacreditada!), a trama toda não funcionaria se ela não tivesse essa complexidade. Foi realmente incrível ver o quanto tudo foi se encaminhando para um final nada óbvio, mas que fez todo sentido dentro do que Shepard estava propondo com esse livro.

Um traço da personalidade de Eliza sobre o qual preciso falar porque realmente me impactou bastante é o quanto a personagem é ligada a coisas mórbidas e sombrias. Desde a infância ela conta que sente esse interesse estranho, algo que não é nada comum. Eu fiquei bastante pasma com algumas das coisas que ela fala sobre isso e cogitei várias vezes durante a leitura se o que a personagem escondia com tanto afinco não tinha a ver com isso.

O único "defeito" do livro é que, como a narração da história da protagonista é feita em primeira pessoa, só sabemos o que Eliza sabe, só percebemos aquilo que ela percebe. Então o começo é bem confuso, já que ela não sabe nem onde está ou o que aconteceu. Outras partes também são assim, mas é tudo parte de um cenário muito maior e que funciona muito bem quanto mais avancei na leitura. 



Uma coisa genial desse livro é que há capítulos de As Dots, então conseguimos acompanhar o que a Eliza escreveu em seu romance de estréia e isso traz uma perspectiva absolutamente necessária para a narrativa já que, em certo ponto, a personagem não sabe mais o que é real e o que faz parte do seu romance. Shepard realmente surpreendeu e colocou no seu thriller um componente a mais para intrigar o leitor.

A capa do livro é incrível e devo dizer que conversa muito mais com a trama (além de ser mais bonita mesmo) que a original. A HarperCollins Brasil também caprichou bastante na tradução porque não pude achar qualquer erro de revisão no texto. Isso tudo somado a uma diagramação simples e confortável fez a leitura fluir muito mais rápida.

Se você está procurando um thriller diferente do que normalmente lê, com uma personagem absolutamente bem construída e um final maravilhoso, a minha indicação pra você é, sem dúvida alguma, As Elizas.








Título: As Elizas Páginas: 384 | Autora: Sara Shepard
Tradutora:  Elisa Nazarian  | Editora: HarperCollins Brasil | Ano: 2018



Comentários
10 Comentários

10 comentários :

  1. Já li e aprovei.
    A história é complexa, intrigante e instigante.

    Eu adorei cada página virada. Não posso dizer que Sara Shepard me surpreendeu, pois eu sei o quanto a autora tem uma desenvoltura maravilhosa.. Quem ainda não conhece.. Já passou da hora de conhecer.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Oii Jessie

    Eu tb gostei bastante desse livro, é uma trama mais madura do que a Shepard escrevia e a Eliza foi uma protagonista tão incomum que me manteve presa na trama até o final.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Uma colaboradora do blog fez essa leitura e amou demais, o que mais me chamou a atenção foi a capa e o mistério que cerca a protagonista, as vezes acho que foi coisa da cabeça dela, outras vezes não. Só lendo pra saber né? Hahah adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  4. Oi Jessie!
    Primeiro que preciso comentar sobre essa capa, que como você mesma disse, é linda. E fico mais feliz de saber que faz sentido, que conversa com a história.
    Como adoro livros policiais, quando vi que a Harper Collins estava lançando esse, na hora, fiquei interessada. Bom saber que você gostou da história e tem vários pontos que me intrigam nesse enredo.
    Bjss

    https://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro a escrita dessa autora! Quando eu vi sobre esse lançamento fiquei louca para ler. Essa é a primeira resenha que eu confiro, e adorei saber que esse thriler tem um desenvolvimento tão bom assim. Adoro leituras que não te deixam querer desgrudar do livro.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Jessie, minha lindeza! Que delícia ler essa resenha! Amei a premissa desde o início e saber que a leitura te surpreendeu tanto me deixa animada pra ler também! Amo um bom suspense, e quando os autores conseguem sempre surpreender e pegar a gente de surpresa é muito bom! Quero muito saber o que aconteceu com Eliza, por que ela foi parar dentro daquela piscina e quem está por trás disso.. Amei a dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Jessie!

    Eu estou tão doida para ler esse livro! Esse e o A Boa Filha, ambos lançamentos da editora. Estou aguardando meu exemplar chegar, pois já quero mergulhar na história. Sou apaixonada por thrillers e quando são tão bem construídos assim aí mesmo que me envolvem por completo e como você fico sem querer fazer qualquer outra coisa que não seja ler o livro.kkkkkkkk... Um bom suspense sempre faz isso com a gente!

    Amo protagonistas que são ambíguas, tão cheias de complexidades. Gosto de não poder confiar na protagonista de um suspense, de ficar sempre com um pé atrás sem saber se ela está mentindo, se tudo aconteceu mesmo como ela contou e se não está escondendo coisas importantes. Isso me fascina!

    Esse livro tem tudo para me encantar. Só quero poder ler logo! De preferência ainda este mês!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Jessie tudo bem? Parabéns pela resenha, me surpreendi com essa história e fiquei muito curiosa para saber o final, não conhecia a autora mas já estou anotando aqui para procurar, e saber que é um triller, já estou empolgada para ler, quero também desvendar esse mistério kkk, bjs!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Estou muito curiosa com essa leitura Jessie. Se tem uma coisa que gosto são dos thrillers e como já conheço a escrita da Sara, esse está na minha lista de próximas leituras.
    A capa por si só já chama atenção né e essa mistura da realidade com o imaginário por parte da personagem é bem curioso. Gostei de saber que os capítulos vão alternando, certamente deixa a gente ainda mais mergulhado na trama e louca pra saber o desfecho.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu tenho visto muitas pessoas falando sobre esse livro e estou ficando cada dia mais curiosa para ler. Confesso que esse não é um gênero que leio muito e eu nunca li nada da autora, porém, achei o enredo muito interessante. Além disso, parece ser uma leitura muito envolvente e, mesmo que algumas partes sejam confusas, acredito que não seja algo que chegue a atrapalhar.
    Adorei a resenha e fico feliz que a autora não tenha te decepcionado.
    Beijos!

    ResponderExcluir