[RESENHA] Os Dipiazzi #2: Noivos Para Sempre


Oiii seus lindos! Novembro é o mês da nossa parceira Clara de Assim (ou Clara Maravilhosa, ela também atende assim), este mês de conteúdos sensacionais fornecidos pela Clara, e que não poderia terminar de outro jeito que não com a resenha do lançamento mais aguardado dela (pelo ou menos para mim) Noivos Para Sempre, segundo volume de Os Di Piazzi, e que eu estou aguardando ansiosamente desde 2016!! (A primeira resenha de Aluga-se um noivo vocês podem conferir AQUI e a segunda AQUI) então vocês já podem imaginar como eu estava ansiosa para saber a história do Enzo, e se quiserem saber o que eu achei deste livro é só continuar lendo.

Giovana tem passado por situações muito complicadas e complexas, derivadas de diversas atitudes que ela tomou de forma errada, e tudo o que ela mais queria era fugir destes problemas. É quando surge no momento mais oportuno o convite de casamento de uma de suas amigas, e o detalhe? Ela irá se casar na Itália, o que torna a melhor chance da nossa menina fugir de seus problemas e dar um tempo para poder decidir o que fará a seguir.

O único problema de ir para a Itália é que existe uma pequena (porém sincera e bem honesta) chance de ela encontrar Enzo Di Piazzi. Mas o casamento é de uma amiga importante e é a melhor chance que ela tem de fugir das coisas no Brasil, então vale o risco do encontro.

Já Enzo é o tipo de pessoa que não foge dos problemas, ele os causa! E é dai que vem toda sua fama de mulherengo, canalha e egocêntrico. Características que Giovana quer longe dela, mas os traços ruins vem em um pacote irresistível, e este belo exemplar faz uma proposta direta e completamente arriscada para nossa menina durante o período em que ela se encontrar em terras italianas, a questão é: até que ponto ela consegue agir racionalmente?

O que falar desta PERFEIÇÃO em forma de livro? Quando o livro estava para ser lançado eu conversei muito com a Clara e ela me disse “acho que você vai se apaixonar pelo Enzo, porque ele é bem o tipo de mocinho pelo qual eu vejo você se derretendo”, eu realmente já esperava gostar dele, mas eu terminei a leitura completamente apaixonada por ele. E principalmente eu AMEI  a Giovana, porque eu me enxerguei demais nela e aí foi impossível não viver a história junto com eles.

O Enzo é aquele tipo encantador, com fama de galinha e que de início achamos que é bem babaca (não que ele não seja, porque ele realmente é), mas aí descobrimos que ele é bem mais do que só o que as pessoas dizem dele. Ele é doce, inteligente e completamente envolvente.

A Giovana é uma mulher forte, inteligente e muitas vezes tida como fria e racional demais, mas isso não significa que ela não sente, ela sente e até demais as coisas e as situações, mas ela é controlada (embora algumas vezes minha vontade era de socar a cara dela) e ai racionaliza até mesmo situações nas quais ela só deveria sentir e deixar o coração guiar. Eu me identifiquei demais com ela porque parece muito comigo, e foi muito gratificante a ver desabrochar e parar de racionalizar tudo, começar a tomar as rédeas de sua própria vida e deixar o coração falar.

Ao final de Aluga-se Um Noivo eu fiquei me perguntando muito como uma determinada situação aconteceu e esperava um sppin off que me contasse como as coisas aconteceram, e aí a Clara e toda sua genialidade me faz a história do Enzo e da Giovana acontecer no exato momento que eu queria saber como foi, e eu achei isto maravilhoso demais!

Outro ponto que eu amei foi que embora o desejo dos dois tenha sido instantâneo, o sentimento romântico em si foi sendo despertado no decorrer da história e eu adoro isto, me passa mais verdade quando o sentimento se desenvolve com o tempo, mas principalmente a gente consegue acompanhar o momento em que deixa de ser só desejo e passa a ser algo mais profundo.

A história é toda muito bem construída, tem situações hilárias e na mesma proporção situações muito sérias, que eu amei a forma como foram tratadas. Como o fato de você abrir mão de quem você é ou do que você quer em detrimento do que a sua família quer e espera de você, e principalmente como a vida pode ser maravilhosa e libertadora depois que nos desprendemos das amarras.

Outro ponto importante, que também diz respeito a família que eu achei interessante é mostrar que nem toda mãe é realmente uma mãe, algumas são só genitoras e nada mais, e que não é preciso julgar o relacionamento da pessoa com a mãe para saber como ela é, porque o fato de ela ter gerado aquele ser não significa que ela mereça o respeito e a consideração que uma mãe tem que ter.

Nós somos apresentados de uma forma mais aprofundada a família Di Piazzi e todo aquele sangue quente italiano. Eu fiquei completamente encantada pela família inteira (embora admita que alguns são babacas, mas daqueles babacas que amamos) e também ao círculo de amizades da Debby (mocinha do primeiro livro) e consequentemente da Giovana, e amei as meninas.

Temos novamente a Carol, que eu já gostava do primeiro livro, a Sara, que é um tanto quanto mais neutra, mas que ainda assim gostei muito dela, e a Amelinha, que é total e completamente destrambelhada e que sofre de graves problemas psicológicos (pelo ou menos eu acho, porque ela faz uns comentários muito de gente problemática rs) e claro que temos um pouco mais de Pietro e Theo, e o relacionamento deles com o Enzo.

No primeiro livro percebemos que o relacionamento entre Enzo e os primos é bem abalado e neste livro nós entendemos o porque (e que é bem coisa de homem mesmo) mas também somos contemplados com uma leve, porém sincera, mudança para melhor no relacionamento deles e foi muito legal acompanhar isto.

A edição está lindíssima, com esta capa maravilhosa (e eu realmente desenvolvi um crush fortíssimo pelo modelo da capa, porque na minha cabeça ele é o Enzo purinho), com uma diagramação fofíssima que inicia cada capítulo com um feitinho fofo, com páginas amareladas e uma fonte extremamente confortável, que aliada com a escrita fluida da autora me fizeram terminar a história em dois dias.

Eu queria ter aproveitado mais lentamente a leitura, mas foi impossível, e não me arrependo porque a história é apaixonante e sensacional! É um romance com cenas hot sim, mas são tão bem escritas que se tornam só uma consequência do que está por vir na história, e altamente recomendado para quem gosta de um romance leve, ainda que tenha temas importantes, com cenas cômicas e totalmente viciante.








Título: Noivos Para Sempre Série: Os Di Piazzi Páginas: 364 | Autor(a): Clara de Assis    | Editora: Charme | Ano: 2018


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário