[RESENHA] Filhos do Acordo #2: Dairus


Oiii seus lindos, hoje vamos falar um pouquinho sobre Dairus, segundo livro da série Filhos do Acordo, da nossa parceira Thais Lopes. E para ser bem honesta com vocês (já começamos assim para dar um tom de drama pra situação) eu não sei porque demorei tanto tempo para ler este livro, mas sei que se vocês forem pegar para ler, que seja em um período de férias, ou um fim de semana que vocês tirem para a leitura, ou seja, peguem nestes livros quando vocês puderem ler desesperadamente e não largar mais! Então se quiserem saber o que eu achei da história é só continuar lendo, mas já aviso que está resenha contém alguns SPOILERS do primeiro livro.

Assim como Gabi (personagem principal do primeiro livro), Tatiana foi sequestrada da Terra e levada para uma nave no Acordo, mas ela não foi para o mercado de mulheres terráqueas (como no primeiro livro) ela foi levada para uma das naves de pesquisa de Arcen (esse cretino mesmo, que já é um velho conhecido traficante de mulheres lá do primeiro livro) o que significa que eles estavam fazendo experiências com ela, até que Dairus a resgata da nave de pesquisa e juntos eles começam a enfrentar uma jornada fugindo dos seguidores de Arcen e ao mesmo tempo tentando descobrir o que eles fizeram com o corpo de Tatiana.

Vou começar contando para vocês o que me irritou nos personagens, apesar de eu entender perfeitamente que foram pontos necessários para o andamento do enredo: até certo ponto Tati é uma chorona dramática e o Dairus sofre da síndrome do macho alfa que acredita precisar fazer de tudo pra proteger a mocinha sem se incomodar em perguntar à ela o que pode vir a ser melhor para ela. Dito isto, agora vem a parte que eu mais gosto quando há personagens assim: a evolução! Porque eles passam a ser pessoas mais confiantes (ela mais confiante em si mesma e ele confiante de que ela sabe o que fazer com a própria vida) e ai a história para de ter metade das brigas imbecis que eles tinham.

Eu gostei muito da construção do relacionamento deles, porque quando o relacionamento pega uma base boa e o diálogo começa a reinar (não que a Tati tivesse muitas opções neste sentido, porque assim como com a Gabi e o Kernos, eles não têm muitas opções quanto a não se comunicar- e você só irá entender isto se ler o primeiro livro kkkk) e ai as coisas fluem de uma maneira maravilhosa e apesar de a Tati não ser minha personagem preferida da Thais, o Dairus com certeza se tornou o meu preferido, o que faz deles um casal incrível e com uma química e conexão absurdas (literalmente das para sentir a química entre eles) e é esta conexão, juntamente com a escrita fluida da autora que torna impossível largar o livro.

O universo do Acordo é simplesmente extraordinário e a trama que gira em torno do tráfico de mulheres começa a se esclarecer mais a cada volume, com novas pistas e tentativas de acabar com este mercado, e é muito interessante como este busca aliada ao romance deixa tudo muito viciante.

Mas admito que a cada livro que eu leio, mais eu fico assustada com a mente da Thais e com como ela consegue criar mundos e personagens tão extraordinários! Em alguns momentos o Dairus foi completamente babaca, mas ainda assim eu consegui ver além da babaquice, porque os motivos pelos quais ele agiu daquele jeito foram bem óbvios, e embora não justifiquem a atitude, eram bem compreensíveis. A Tati por mais dramática que seja, tem um espírito livre e uma mente muito aberta, e eu amei isto nela, a junção de receios e surtos completamente normais (afinal de contas não é sempre que alguém é abduzido né?) e ao mesmo tempo as tentativas dela de lidar com as coisas de forma a não piorar a situação foram bem encantadoras.

É um livro com uma pegada hot, então obviamente temos algumas (muitas) cenas de sexo, mas em momento algum fica aquela coisa de “nossa esse livro só tem essas cenas”, nós temos uma trama e as coisas ocorrem de acordo com ela, as cenas aparecem nos momentos certos e como é normal no relacionamento de qualquer casal na situação deles (apesar de eles não serem um casal muito normal) e as cenas são tão bem escritas e trabalhadas que a leitura fica extremamente fácil e quando percebemos já acabamos o livro.

Eu tenho este livro físico, então posso falar que a edição está lindíssima com esta capa maravilhosa, com folhas amareladas e as diagramações sensacionais que os livros da autora sempre tem, e que sempre são adequados ao enredo. Encontrei pouquíssimos erros de revisão, o que sempre me deixa muito feliz.

Não é um livro grande, mas é uma história fluida e repleta de novas ideias que podem muito bem bagunçar a cabeça da gente ou atiçar absurdamente nossa imaginação (eu pertenço ao segundo grupo), então se vocês gostam de um romance hot, de história com aventuras, alienígenas e com uma dose interessante de humor, esta é uma serie mais do que recomendada.



Título: Dairus Série: Filhos do Acordo Páginas: 00 | Autor(a): Thais Lopes  
  | Editora: Senhor da Lenda | Ano: 2017




Comentários
16 Comentários

16 comentários :

  1. Hello.
    O que mais achei interessante foi a protagonista ter sido levada da Terra. Achei essa premissa da Tatiana muito boa, e claro a história é bem original.
    Só não curto essa pegada hot sabe? Mas por se tratar de trágico de mulheres, isso acaba meio que sendo aceitável na trama. Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  2. Puxa, Aninha, é tanta coisa nesse enredo que tem tudo pra dar errado, pois misturar vários assuntos/temas geralmente faz a história se perder, mas pela sua descrição não é o caso da obra. A autora pelo visto soube trabalhar muito bem, tanto que fiquei entusiasmada com sua empolgação e desejo conferir de perto as obras.

    ResponderExcluir
  3. Sindrome de macho alfa. hahahahahaahah. Tive que rir nesta parte! Parece ser um livro que vai amadurecendo mesmo, acho que isto faz parte da autora com a sua história, ela mesmo vai percebendo os acontecimentos. Já parei na questão de muitas cenas de sexo, pois quando leio livros assim vou pulando para não se tornar muito cansativo.

    ResponderExcluir
  4. Depois que li a resenha e os comentários acima, perdi totalmente o interesse, portanto passo a dica.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que esse livro tem a dose certa pra eu gostar ahahah. Pulei grande parte da sua resenha para evitar spoilers porque são livros que tenho grande interesse em ler, principalmente pelos comentários positivos que a autora vem recebendo. Obrigada pela resenha sincera!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Quando comecei a ler os pontos negativos da trama eu já torci os lábios em desgosto, mas vendo o restante da trama e dele ter finalizado te agradando tanto que tornou-se favorito me deixou animada, ainda mais se tratando de um segundo livro.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Olá Aninha, eu tenho bastante curiosidade de ler os livros dessa autora *-* pelos seus comentário esse segundo livro da série parece estar com um enredo bem legal e com um casal bem construído, além de ser bacana acompanhar essa evolução dos protagonistas *-* Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem? Não conhecia essa série! Sem medo dos spoilers, li sua resenha inteira e fico feliz que tenha gostado tanto da obra, assim como gostou do primeiro livro. Ma pareceu um romance bem inventivo e interessante, e apesar de não ler tanto livros hot fiquei curiosa e anotei a dica.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. É uma série bem diferente mesmo. Nunca tinha ouvido falar de uma trama assim e fiquei bastante curiosa.

    Embora eu também não goste de personagens muito choronas, a verdade é que eu própria choro fácil.kkkkkkkk... Tudo é motivo de drama e no lugar da Tati eu teria surtado sem retorno. Entraria em pane.kkkkkkk... Por isso, compreendo a situação dela e fico feliz que ela consiga evoluir e se tornar mais forte.

    Gosto de mocinhos protetores, mas também não aprecio quando eles querem decidir tudo pelas mocinhas. Todavia, é bom que a autora mostre o crescimento dele e o torne melhor ao longo da leitura.

    Acredito que um dia darei uma chance ao livro porque ele acabou por despertar meu interesse e olha que não curto muito este lado da ficção científica.

    ResponderExcluir
  10. Oi Aninha!

    Eu adoro essa série, adorei o livro do Darius, a escrita da Thais é bem viciante e leve, fácil de devorar. Eu preciso voltar a ler os livros dessa série, pois já tem alguns que não li ainda. Sua resenha me deixou com saudades desse universo!

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Tenho uma amiga que é doida na escrita da Thaís. Confesso que não tenho problema algum em respeito a parte hot e nem em relação a síndrome do macho alfa, porem, o meu problema esta relacionado na ficção científica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Nunca ouvi falar desse livro, mas sua resenha me deixou muito curiosa. A premissa é bem diferente do que costumo ler, mas de alguma forma a história me instigou. Confesso que não gosto de livros com excesso de cenas de sexo, mas relevaria para conferir essa narrativa. Dica anotada!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa série e nem a autora. Confesso que não me pareceu o estilo de leitura que me agrada muito. O enredo não me agradou muito e acho que me irritaria muito a relação da Tatiana com o Dairus (mesmo você falando que eles evoluem, acho que até chegar lá eu já teria perdido a paciência). Além disso, ainda tem o fato de ser série e eu andar bem desanimada para começar novas.
    Enfim, vou passar a dica desta vez, mas fico feliz que você tenha gostado tanto da leitura. Adorei conhecer sua opinião sobre o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Eu amo romances mais hots com esse toque de ficção científica! Adorei saber que temos uma autora nacional escrevendo-os, ainda mais se o casal desse tem química, são leituras que me prendem.

    ResponderExcluir
  15. Olá Aninha!!!
    Eu conheço os enredos da Thais mas pelo lado sobrenatural da mesma e ela acabou por se tornar uma das minhas autoras preferidas.
    Eu sou curiosa em conhecer essa série, pois me pergunto seriamente o que a autora traz com povos aliens e bem outro mundo.
    Acho as capas dessa série linda e claro que a Thais é uma autora que sempre espero coisa boa.
    Que bom que o protagonista se tornou um dos teus crushes e compensou a protagonista ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    ainda não tive oportunidade de ler nada da autora, mas fiquei bem curioso pelo enredo desta série e essa capa é magnifica.
    Thais parece ter uma escrita clara e encantadora, o que me deixou bastante curioso pela leitura do mesmo. Anotei a dica e espero conferir em breve

    ResponderExcluir