[RESENHA] Diário Secreto de Ana Luísa


Oii seus lindos, hoje trouxe para vocês a resenha de Diário Secreto de Ana Luísa, do autor nacional Marcos Well, e lançado de forma independente pela Amazon. Eu fiquei curiosa para ler o livro porque sigo o autor no Facebook e na época do lançamento eu fiquei bem curiosa para ler, e eis que um dia o livro estava gratuito na Amazon e eu corri para adquirir, mas demorei um pouquinho para ler, e agora estou aqui para falar para vocês sobre uma história que para mim foi inovadora no universo Hot e que me surpreendeu bastante e de uma forma positiva, e sem mais delongas vamos conferir o que eu achei da história.

Ana Luísa é uma advogada muito bem sucedida, com um escritório de sucesso e completamente independente, pelo ou menos no que diz respeito ao seu lado profissional, porque no pessoal ela é aquele clássico: esposa e mãe de família que dedica todo o seu tempo livre para o marido e a filha, fazendo todas as suas vontades e em essência agindo como a empregada da própria casa. Mas ela possui um segredo: é apaixonada por um motoqueiro misterioso, ela não sabe seu nome, nem quem ele é, mas todos os dias ela vai para um mesmo local, em um mesmo horário só para vê-lo próximo a um galpão (temos uma Stalker por aqui? Temos sim meus amigos), ela não sabe nem o que ele faz por lá, mas fica por ali alguns minutos todos os dias a admirá-lo e fomentando sua paixão secreta.

No casamento já não existe mais amor, sequer existe uma fagulha de paixão, mas o comodismo fez com que Ana Luísa deixasse de lado as coisas que realmente a deixavam felizes, ignorou os próprios desejos em detrimento de um casamento falido. Mas as coisas sempre podem ter uma reviravolta, e é a partir do inacreditável que a vida de Ana começa a mudar: ela recebe um diário de presente de um deus, chamado Himeros (o deus do desejo sexual) e neste diário ela irá narrar as experiências (sexuais obviamente, já que estamos falando do deus destes desejos) que surgirem em seu caminho, de forma que agora ela irá vivenciar as situações que lhe são apresentadas e não mais negar seus próprios desejos.

E a partir deste momento sua vida monótona e rotineira de advogada e mãe de família vira de pernas pro ar e o caos causado pela luxuria se instaura de maneiras irreversíveis em sua vida, mas é graças a isto que ela irá redescobrir suas paixões, seus desejos e vivendo intensamente ela redescobre a si mesma.

Admito que mesmo lendo a sinopse e todos os comentários no facebook do autor eu acreditava que seria um romance hot, com cenas realmente picantes e nada mais do que isto, então peguei ele para ler despretensiosamente e fui muito bem surpreendida. O enredo criado para a história foi maravilhoso pelo fato de ele ser inteiramente comum: é uma mulher refém dos estereótipos sociais, presa a um marido que insiste em reproduzir os simbolismos de dominação masculina, assim dentro de casa ela não é uma mulher é tão somente a pessoa que cozinha, arruma as coisas e cuida do marido e da filha, ela se apaga em detrimento do matrimônio.

Eu já vi tantas mulheres neste tipo de situação, sendo nada mais do que aquilo que se espera delas dentro de casa, que chegou a doer ler este livro porque fiquei me perguntando: quantas mulheres não tem um Himeros na vida delas e vivem presa nesta realidade de sobrevida? Porque elas não vivem, abrem mão de quem são e o que desejam para serem escravas de suas realidades, então grande parte (e conheço algumas) não são capazes de terem as atitudes que a Ana teve e conseguir sair desta inundação que acaba se tornando a própria vida delas.

O início do livro é meio confuso (porque já começa com Ana Luísa stalkeando o motoqueiro e eu fiquei pensando muito que ela seria uma louca psicopata), mas não desistam, porque é uma leitura que vale muito a pena. A escrita do autor é muito gostosinha e o enredo criado por ele é sensacional, e também temos o melhor personagem de todos os tempos: Himeros.

Sabem aquele amigo que fala na sua cabeça assim “o não você já tem, tem que tentar o sim!” ou “Você nunca vai saber se não tentar, vai lá” e que em geral acaba te jogando em roubada? Em alguns momentos o Himeros é este amigo, e eu dei umas boas risadas com algumas das cenas de conversa dele com a Ana, em que ele demonstrava para a Ana porque ela deveria explorar a luxuria que existia dentro dela, mas em contra partida ele foi aquele amigo (porque para mim ele foi um Sr. Amigo para a Ana) que tinha os melhores conselhos, que fez com que a Ana Luísa colocasse sua vida em perspectiva e começasse a ver tudo por um novo ângulo.

Eu adorei alguns dos personagens e odiei outros (um em especial não gostei dele desde o momento em que ele apareceu bajulando tudo, e depois meu ranço por ele só se firmou mais) e a Íris, filha da Ana Luísa, que no início do livro eu só achava uma mimada chata que junto com o pai sugava tudo o que podia sugar, mas com o decorrer da história eu comecei até a gostar um pouco dela, ela e a mãe protagonizaram uns diálogos interessantes.

Sabem aquele homem incrivelmente maravilhoso? Que você olha para ele e pensa "Meu Senhor, que homem!" este é o motoqueiro e eu fiquei com muito receio de que no fim das contas ele fosse um babaca, porque a Ana era tão apaixonada por ele, sem saber absolutamente nada além de que ele era lindo e tinha um corpo maravilhoso, que fiquei com receio de que quando  chegasse o momento do encontro entre eles, desse errado. Mas para alegria de todos eu estava errada, e para ser bem honesta estou completamente apaixonada por ele e espero agora que Himeros apareça na minha vida e coloque um exemplar destes no meu caminho.

Quanto a Ana Luísa eu oscilei de momentos de completo amor para raiva intensa, porque eu entendo que certas coisas eram necessárias para que ela crescesse e tal, mas para ser bem honesta em certos momentos ela foi tão covarde que eu queria entrar no livro e sacudir ela para que ela tomasse uma atitude, mas eu compreendo completamente que este traço é para mostrar que ela é uma pessoa realmente acomodada na própria vida e que possui receio de mudar, por isto eu relevei este fato e aproveitei bem a leitura.

O que eu achei de diferente, foi que este poderia ser um livro sobre uma mulher que tem aventuras sexuais e pronto, com cenas hot bem quentes e nada muito profundo, mas ele contém um aprendizado tão grande que em diversos trechos eu precisei parar e absorver o aprendizado.

Eu li em e-book, então posso falar da edição deste que é bem simples e que possui poucos erros de revisão, o que não atrapalha a leitura e que foram bem poucos, o para minha experiência com e-books é uma coisa maravilhosa porque em geral este tipo de formato possui alguns tantos erros.

Então não esperem somente mais um romance hot com cenas quentes (obviamente nós temos este tipo de cena, faz parte do gênero), este livro é sobre aprendermos a nos enxergar, a olhar para dentro de nós mesmos e ver o que irá nos fazer felizes, se a situação em que estamos é o que desejamos para nossa vida ou se precisamos nos reinventar,  e se for preciso mudanças que não tenhamos medo, porque a mudança chega uma hora ou outra, cabe a cada um decidir se ela será bem-vinda, ou se chegará como uma avalanche modificando tudo ao redor na marra.









Título: Diário Secreto de Ana Luísa  Páginas: 279 | Autor(a): Marcos Well
  | Editora: Independente | Ano: 2018


Comentários
3 Comentários

3 comentários :

  1. Oiii Aninha

    Apesar de não ser meu tipo de livro, acho que é uma boa dica pra quem curte romances, especialmente por ser mais que um livro hot, apresentando uma história que te prendeu e te fez sentir amor e ódio por todos os personagens (é bem legal quando nenhum perosnagem nos deixa indiferentes). Legal saber que apesar do começo confuso, logo a história ganha forma e impressiona o leitor com uma boa narrativa.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma bosa dica, eu tô me aventurando um pouco nesse tipo de livro, tô lendo um que eu não dava um centavo pra ele, mas eu até tô gostando, o amadurecimento dos personagens é bem legal e não foca só no sexo, como eu vejo tantos livros hypados por ai sabe?! Gostei da resenha, ficou linda!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Esse realmente não é o gênero de livro que eu costumo ler, mas para quem curte obras hot - com conteúdo - deve ser uma ótima pedida. Adorei tua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir